Conta digital no Imposto de Renda, preciso declarar?

Se você já for contribuinte, declaração de conta digital no imposto de renda é necessária mas, é preciso observar se a conta também gera rendimentos automaticamente ou serve apenas para movimentação financeira. Porém se ainda não declarada, precisa verificar os critérios de obrigatoriedade da Receita Federal. Caro contribuinte, ou futuro contribuinte, em 2019 você abriu uma conta digital e está em dúvida se terá de declarar imposto de renda por isso? Te adiantamos que a resposta é não. Porém, se você já declara IR, saiba que cada conta digital tem…

continuar lendo ...

Como funciona a jornada fim de ano

O final do ano está chegando, e com ele as datas especiais como Natal e Ano Novo. Nessa época, muitas empresas costumam entrar em recesso ou conceder férias coletivas para que os colaboradores possam descansar ao lado de suas famílias e amigos, mas em algumas organizações, isso não acontece. Isso porque dependendo do ramo de atuação da instituição, como é o caso de empresas do ramo da saúde ou de comunicação, essas organizações precisam ter funcionários que fiquem em serviço nessas datas, pois o trabalho não pode parar. Quando isso…

continuar lendo ...

O que é previsibilidade financeira?

Vida de empreendedor não é fácil. Além de encarar várias reuniões por dia, coordenar a equipe e contratar novos funcionários, há também o desafio da falta de estabilidade. Quando se está à frente de um negócio, nunca se sabe quanto ele vai faturar no próximo mês. Porém, com o planejamento certo, é possível chegar à previsibilidade financeira. Você já ouviu falar sobre esse assunto? Neste artigo, explicamos tudo o que você precisa saber sobre o conceito e como colocá-lo em prática. Quer saber mais? Confira a seguir! O que é…

continuar lendo ...

Cartão corporativo para empresas: vale a pena aderir?

O cartão corporativo para empresas é uma das principais estratégias para simplificar o controle de despesas nas organizações. Além de facilitar a vida do usuário, ele pode ser uma ferramenta importantíssima para o controle orçamentário do negócio, se usado corretamente. Mas será que vale mesmo a pena aderir ao cartão corporativo? Para responder a esta pergunta, explicamos neste post tudo o que você precisa saber sobre o recurso, desde o conceito até as regras para sua utilização. Se interessou? Confira a seguir! O que é o cartão corporativo para empresas?…

continuar lendo ...

Bens e serviços utilizados como insumos para PIS e COFINS

Por meio da Lei nº 10.637/2002, foi criada a não cumulatividade para o PIS. Da Lei nº 10.833/2003 teve início a não cumulatividade para a COFINS. A não cumulatividade se diferenciou da cumulatividade por várias questões. Uma delas diz respeito aos percentuais. Enquanto na cumulatividade os percentuais permaneceram em 0,65% para o PIS e 3,0% para a COFINS, de outro lado, na não cumulatividade, os percentuais são de 1,65% e 7,6%, respectivamente. A não cumulatividade só atinge, pelas leis acima referidas, as pessoas jurídicas tributadas pelas regras do Lucro Real.…

continuar lendo ...

Saiba o prazo para negociar débitos tributários federais

A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) publicou, nesta quarta-feira (4/12), o Edital de Acordo de Transação por Adesão nº 01/2019, notificando devedores sobre a possibilidade de transacionar seus débitos inscritos em dívida ativa da União em condições especiais. Este primeiro edital beneficia mais de 1 milhão de devedores, que possuem débitos de até R$ 15 milhões e apresenta 4 modalidades distintas: a) Débitos inscritos em dívida ativa da União de pessoas jurídicas baixadas, inaptas ou suspensas no cadastro CNPJ (vide situações específicas no item 1.2. I do Edital), sem anotação atual…

continuar lendo ...

Projeto altera limites do Simples Nacional

A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços aprovou na manhã desta quarta-feira (4) proposta que altera os limites para enquadramento das empresas no Simples Nacional. A proposta também permite que filiais de empresas estrangeiras possam se beneficiar do Simples Nacional. Hoje, isso é vedado pelo Estatuto da Micro e Pequena Empresa. O objetivo é estimular investimentos estrangeiros no segmento empresarial. O Projeto de Lei Complementar (PLP) 558/18 é de autoria do ex-deputado, e atual senador, Jorginho Mello (PL-SC), e recebeu parecer favorável do relator, deputado Tiago Dimas (Solidariedade-TO). O texto promove diversas…

continuar lendo ...

Como pagar menos impostos ao investir em inovação

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações lançou nesta quinta-feira (5) o Guia Prático da Lei do Bem para aumentar o grau de informação de empresários sobre benefícios e detalhar a rotina dos processos de adesão. O guia ilustrado compila toda a legislação e traz instruções sobre o preenchimento eletrônico dos formulários necessários para que as empresas interessadas se beneficiem de incentivos fiscais. Há avaliação no governo de que muitas empresas desconhecem os mecanismos de funcionamento da lei e sentem insegurança para aderir. “Por que a Lei do Bem…

continuar lendo ...

Direitos das pessoas com deficiência: tudo o que você precisa saber

recrutamento misto

Previsto na Constituição da República de 1988, o amparo à pessoa com deficiência também está presente nas relações de trabalho desde a Consolidação de Leis do Trabalho (CLT) e, mais recentemente, foi consolidado no Estatuto da Pessoa com Deficiência (Lei 13.146/2015). De acordo com o estatuto, pessoa com deficiência é “aquela que tem impedimento de longo prazo de natureza física, mental, intelectual ou sensorial, o qual, em interação com uma ou mais barreiras, pode obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade em igualdade de condições com as demais pessoas”.…

continuar lendo ...

eSocial tem alteração no cronograma

Será adiado o calendário de obrigatoriedade do eSocial que estabelece o envio de eventos de folha de pagamento para o Grupo 3 (micro e pequenas empresas, MEI, empregadores pessoas físicas e entidades sem fins lucrativos), eventos de Segurança e Saúde no Trabalho – SST para o Grupo 1 (empresas com faturamento superior a R$ 78 milhões), bem como os eventos dos órgãos públicos e organizações internacionais. O adiamento acontecerá em razão de mudanças decorrentes da simplificação do eSocial que estão em andamento, bem como a adequação à Medida Provisória nº 905/2019 – Emprego…

continuar lendo ...