Gestão eficiente: saiba como quebrar o Ciclo da Falência

Gestão eficiente - Organizado e eficiente

O fantasma da falência assombra o cenário empresarial brasileiro. Em 2023, segundo o Mapa de Empresas do governo federal, mais de 2,1 milhões de empresas fecharam suas portas, um aumento alarmante de 25% em relação a 2022. Essa estatística fria esconde histórias de sonhos desfeitos, empregos perdidos e prejuízos financeiros. Sua empresa está preparada para enfrentar essa realidade? A pergunta é ainda mais urgente quando olhamos para os números do primeiro trimestre de 2024: mais de 625 mil empresas já encerraram suas atividades, segundo o mesmo Mapa de Empresas. A…

continuar lendo ...

Orçamento é coisa séria

Orçamento é coisa séria - Executivos em reunião em uma mesa

Semana passada, em sessão conjunta, o Congresso aprovou um projeto de lei que autoriza o remanejamento de R$ 2,9 bilhões para recompor emendas de comissão antes bloqueadas. Esses recursos saem de diversas pastas, serão alocados nos ministérios da Saúde e do Desenvolvimento Regional e beneficiarão diversas bancadas de parlamentares, inclusive da oposição. Foi mais uma etapa para derrubar o veto de R$ 5,6 bilhões do presidente Lula a essas emendas — discricionárias — para o orçamento de 2024. No total, os parlamentares já conseguiram reaver R$ 4,3 bilhões. Mas seria…

continuar lendo ...

Escala 6×1, domingos e feriados: como funciona?

Homem de meia idade relaxado descansando no sofá em casa

A gestão de escalas de trabalho é um dos pilares da administração empresarial, fundamental para garantir a eficiência operacional, bem como o gerenciamento da jornada dos colaboradores. Entre os diversos modelos, a escala 6×1 é bastante popular em vários setores, especialmente naqueles que exigem operação contínua, como comércio, indústria e serviços essenciais.

continuar lendo ...

Medida provisória limita compensação de créditos de PIS/Pasep e Cofins

Medida provisória limita compensação de créditos de PIS/Pasep e Cofins - Imagem parcial de uma mão segurando uma caneta fazendo anotações em uma mesa cheia de papeis e calculadora

05/06/2024 – 11:00 Entrou em vigor nesta nesta terça-feira (4) a Medida Provisória 1227/24, que impõe restrições à compensação de créditos das contribuições ao PIS/Pasep e à Cofins. O texto a ser analisado pela Câmara dos Deputados também limita o uso do crédito presumido desses tributos, que incidem sobre pessoas jurídicas. A MP determina que, a partir de 4 de junho de 2024, os créditos do regime de não cumulatividade da contribuição para o PIS/Pasep e da Cofins somente poderão ser usados para compensar esses tributos. Antes, o contribuinte com…

continuar lendo ...