5 passos para começar diversidade e inclusão nas empresas

imagem de equipe conversando

Confira dicas da startup que já colaborou com empresas como como Ambev, Liberty Seguros, Whirlpool, entre outros players

São Paulo, 2022 – Diversidade e inclusão é um assunto que está em alta. E, apesar de se tratar de uma pauta mais do que necessária, muitas empresas não sabem por onde começar.

Para, Hóttmar Loch, CEO da Nohs Somos, startup brasileira de impacto social, as companhias que possuem um alto volume de colaboradores temem por realizar uma abordagem que não contemple a todos. Mas, o caminho pode ser mais simples do que parece, especialmente se houver uma cultura organizacional bem estruturada.

“Para uma empresa se tornar diversa e inclusiva de forma intencional, a primeira etapa é compreender como o assunto é tratado na empresa e vincular ao negócio. É importante construir em colaboração com os diferentes atores (lideranças, diversas áreas, colaboradores) e começar se perguntando: “Por que a diversidade é importante aqui na empresa?”. Encarar esse cenário pode ser doloroso, mas necessário para que as medidas de mudança sejam bem estruturadas”, explica o executivo da Nohs Somos.

A Nohs Somos já trabalhou Diversidade e Inclusão com empresas como Ambev, Liberty Seguros, Whirlpool, entre outros. O passo a passo para efetivar essa mudança nas organizações envolve basicamente 5 passos. Confira!

1. Coleta de Dados internos de Diversidade e Inclusão

Censo sociodemográfico; Pesquisas de clima; Coleta de dados e análise da Inclusão; Pesquisas de forma qualitativa e quantitativa; Oficina de percepção; Coleta de dados e análise da Inclusão.

Veja também:
Ferramenta gratuita: Pesquisa de Clima na prática: Questionário completo

2. Plano de Ação – Construção colaborativa

Coconstrução do plano de ação, com objetivos, metas e indicadores, construído em parceria com as pessoas colaboradoras e lideranças envolvidas no tema de Diversidade e Inclusão da organização.

3. Aprendizagem, treinamento e rodas de conversa

Sensibilização de toda a empresa com palestras; apresentações; grupos minorizados e lugar de fala; vivências diversas; liderança inclusiva, entre outras ações.

4. Acompanhamento contínuo

Direcionamento das ações da empresa com Diversidade e Inclusão como estratégia de negócio.

5. Métricas 

Acompanhamento da evolução dos processos e principais resultados já obtidos. Estes são os principais pilares para estruturar uma ação de Diversidade e Inclusão no ambiente corporativo, no entanto, Loch faz um alerta. “Este é um trabalho contínuo, que precisa ser revisitado e atualizado de forma sistemática”, finaliza.

Pesquisa aponta Diversidade e Inclusão nas empresas brasileiras hoje

A Nohs Somos em parceria com a Pulses, empresa de soluções de clima organizacional, realizou uma pesquisa com mais de 6 mil respondentes que aponta:

  • As empresas brasileiras carecem de políticas bem-estruturadas de Diversidade e Inclusão, enquanto as minorias seguem com baixa representatividade no mercado de trabalho.
  • Menos de 10% dos empregados declararam fazer parte de alguma minoria (negros, LGBTQIA+ e pessoas com deficiência): apenas 8% se declararam pretos; 4% não-binário, pessoas trans e travestis; 8% LGBTI+; e só 3% relataram ter algum tipo de deficiência (visível ou não).
  • O estudo revela ainda que apesar da baixa representatividade de minorias no quadro de funcionários, 73% dos respondentes acreditam que as empresas têm um quadro diverso de funcionários – resultado conflitante com a demografia da pesquisa e que mostra como os conceitos de Diversidade e Inclusão são deturpados.
  • Sobre pessoas com deficiência, 33% dos colaboradores declararam a inexistência de ações para incluir esses profissionais nas empresas, enquanto muitas organizações não estão nem preparadas para receber essa minoria.

E aí, curtiu nosso release sobre Diversidade e Inclusão nas empresas? Então compartilhe em suas redes sociais e se você quer continuar aprendendo sobre o assunto, confira nosso artigo sobre as vantagens da terceira idade no mercado de trabalho!

Fonte: Portal RH

Posts Relacionados

Deixe um comentário