Assiduidade: guia completo sobre o assunto com as principais dúvidas!

Você já ouviu falar em assiduidade? Esse é um dos indicadores mais importantes do mercado empresarial para medir o engajamento e a produtividade. Afinal, um colaborador assíduo é aquele que apresenta um bom desempenho na sua rotina de trabalho. 

É aquele profissional que se preocupa em honrar com seus compromissos, evitando faltas e atrasos, e que executam suas tarefas com afinco, entregando tudo dentro do prazo solicitado e com qualidade. 

Por estas razões, colaboradores assíduos costumam ser extremamente valorizados na empresa. Muitas organizações inclusive estimulam esses profissionais a se manterem motivados, conferindo-lhes benefícios por meio do adicional de assiduidade. 

Quer saber mais sobre o tema e qual a importância dos funcionários assíduos para o sucesso da empresa? Este artigo vai falar sobre: 

Boa leitura! 

Assiduidade: significado e conceito

Assiduidade é uma palavra que vem do latim assiduus ou assiduitate. Constância e frequência são alguns dos seus principais significados e sinônimos. Para saber o que é a assiduidade, em seu sentido literal, é possível recorrer ao dicionário que a descreve como: 

1 Qualidade ou caráter do que é assíduo

2 Presença habitual

3 Pontualidade no cumprimento de um dever

Pode-se dizer então que, assiduidade é uma palavra que representa pessoas que têm responsabilidade e compromisso com seus deveres.

O que caracteriza a assiduidade no trabalho?

A assiduidade no mercado de trabalho se refere a consistência, comprometimento e engajamento. Colaboradores assíduos são aqueles dedicados, esforçados e que prezam por um trabalho de qualidade. 

Quem se mantém assíduo não falta, nem se atrasa na sua rotina de trabalho e sempre busca entregar suas tarefas no prazo. A assiduidade nas empresas é que mantém a motivação elevada e é um dos fatores mais importantes para que a empresa alcance o sucesso. 

A assiduidade também proporciona um bom desenvolvimento pessoal e profissional dos colaboradores, já que a busca constante por um desempenho satisfatório na execução das tarefas contribui com a sua evolução. 

Quais as características de um funcionário assíduo?

Como vimos, a assiduidade é um fator importantíssimo tanto para o profissional, no sentido de crescimento na carreira, quanto para a empresa, pois terá profissionais mais engajados. 

Mas quais as principais características de um funcionário assíduo? Conheça algumas delas abaixo: 

  • Regular – mantém a qualidade do trabalho; 
  • Preciso – comete poucos erros; 
  • Compromissado – não falta ao trabalho sem justificativa e não se atrasa;
  • Dedicado – se esforça diariamente para entregar bons resultados; 
  • Obstinado –  está sempre em busca de uma evolução profissional;
  • Persistente – não desanime na frente dos obstáculos.

Qual a importância da assiduidade nas empresas?

A assiduidade nas empresas é um fator determinante para os bons resultados. Contar com colaboradores assíduos é ter a disposição um time comprometido e que mantém um alto desempenho na execução das tarefas, com maior motivação e produtividade. 

Por isso, empresas que valorizam a assiduidade geram um impacto positivo diário nas suas rotinas e na produtividade. Uma vez que, a tendência é ter funcionários cada vez mais engajados e comprometidos com os objetivos da organização. 

Quais as vantagens de se ter um colaborador assíduo?

Se a assiduidade nas empresas traz inúmeras vantagens para a organização, não é diferente para os colaboradores que a adotam como uma característica profissional.

Profissionais que investem na assiduidade, mantém uma constância profissional e isso é extremamente benéfico para o seu crescimento. Entre as principais vantagens da assiduidade para o colaborador podemos destacar: 

  • Crescimento profissional; 
  • Reconhecimento;
  • Valorização da carreira; 
  • Maturidade;  
  • Potencialização da produtividade; 
  • Boa imagem profissional no mercado; 
  • Criação de uma rede de contatos por ser um profissional confiável. 

Como o indicador de assiduidade auxilia na gestão de pessoas?

O indicador de assiduidade aponta o nível de motivação e engajamento dos colaboradores, demonstrando, inclusive, se a jornada de trabalho está sendo cumprida corretamente. 

Esse indicador é determinante na gestão de pessoas para definir estratégias e tornar possível a diminuição do absenteísmo

Dado que, quanto maior o nível de absenteísmo, mais chances da empresa fracassar nos resultados e aumentar a rotatividade de funcionários, impactando negativamente no seu sucesso. 

Portanto, ao medir o indicador de assiduidade a empresa está se prevenindo ou até mesmo corrigindo questões relacionadas à gestão de pessoas que impactam na performance dos seus colaboradores.

Assim, é também por meio do indicador de assiduidade, que será possível desenvolver estratégias para evitar a queda de produtividade dos colaboradores e a estagnação. 
O indicador de assiduidade pode dar um norte, servindo de alicerce, para que a gestão de pessoas seja correta e assertiva.

CLT e assiduidade no trabalho

clt e assiduidade

Todos os profissionais, que trabalham pelo regime CLT, também possuem o direito de receber outras vantagens, além do salário, e que estão previstas na lei. São elas: comissões, gratificações, adicionais, horas extras, entre outros. 

Na CLT, a assiduidade, quando vista como adicional, pode entrar nas mesmas regras da gratificação, quando é ajustada de acordo com a lei ou por meio de acordo coletivo. Assim deve-se respeitar o artigo 457 da CLT e seus incisos. 

“Art. 457 – Compreendem-se na remuneração do empregado, para todos os efeitos legais, além do salário devido e pago diretamente pelo empregador, como contraprestação do serviço, as gorjetas que receber.

§ 1o Integram o salário a importância fixa estipulada, as gratificações legais e as comissões pagas pelo empregador. (Redação dada pela Lei nº 13.467, de 2017)

§ 2o As importâncias, ainda que habituais, pagas a título de ajuda de custo, auxílio-alimentação, vedado seu pagamento em dinheiro, diárias para viagem, prêmios e abonos não integram a remuneração do empregado, não se incorporam ao contrato de trabalho e não constituem base de incidência de qualquer encargo trabalhista e previdenciário. (Redação dada pela Lei nº 13.467, de 2017)

Qual a melhor forma de controlar a assiduidade no trabalho?

Sem dúvida nenhuma, a melhor forma para administrar a assiduidade no trabalho é apostando em um bom controle da jornada de trabalho. A partir dessas informações a empresa pode ter em mãos o nível de absenteísmo e medir o número de faltas, pausas, atrasos e etc. 

O controle de jornada deve ser feito por meio de um controle de ponto eficiente, que inclusive é obrigatório em estabelecimentos com mais de 20 colaboradores, como prevê o artigo artigo 74, inciso 2 da CLT. 

“§ 2º Para os estabelecimentos com mais de 20 (vinte) trabalhadores será obrigatória a anotação da hora de entrada e de saída, em registro manual, mecânico ou eletrônico, conforme instruções expedidas pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, permitida a pré-assinalação do período de repouso. (Redação dada pela Lei nº 13.874, de 2019)”. 

Como o controle de ponto da PontoTel ajuda no controle de assiduidade?

O controle de ponto tem um impacto direto para desenvolver estratégias que aumentem a assiduidade na empresa. E não só isso, é a partir dele que os gestores podem ter em mãos dados que facilitam a visualização de atrasos e faltas. 

Mas essa gestão da jornada de trabalho precisa ser feita de forma segura e eficiente, e é aí que a PontoTel entra para ajudar as empresas, com um software de controle de jornada em nuvem, que facilita esse acompanhamento em tempo real do controle de ponto. 

Com essa ferramenta do PontoTel as empresas podem: 

Ter um controle geral e completo da jornada dos colaboradores, inclusive do controle do ponto, é essencial para facilitar o dia a dia dos gestores, colaboradores e do RH.

Com esses recursos do software, a empresa não só reduz o tempo de controle da jornada, mas elimina boa parte da burocracia para focar em ações relacionadas à gestão de pessoas, como o aumento da assiduidade. 

Principais dúvidas sobre assiduidade no trabalho

A assiduidade no trabalho, apesar da clareza em seu significado, ainda gera algumas dúvidas nas empresas. Seja na sua diferença em relação à pontualidade ou ao impacto gerado na folha de pagamento. Confira a seguir as respostas para as principais dúvidas sobre o tema.  

Qual a diferença entre assiduidade e pontualidade? 

Apesar de ter uma semelhança, assiduidade não é pontualidade. A principal diferença entre assiduidade e pontualidade está no conceito das duas palavras. Pontualidade tem a ver especificamente com chegar no horário, independente da qualidade do trabalho executado. 

Já a assiduidade está ligada mais a constância, qualidade na execução das tarefas e ao comprometimento com os objetivos da empresa. 

Um profissional assíduo não necessariamente precisa se destacar pela pontualidade, apesar dessa ser uma consequência da sua responsabilidade com o trabalho.  

Como funciona o adicional de assiduidade?

O adicional de assiduidade pode ser descrito como um benefício, uma recompensa, que é oferecida aos colaboradores mais dedicados. Ele funciona como um estímulo para que o empregado se mantenha assíduo, motivado e engajado com a empresa. 

É comum que esse adicional de assiduidade seja oferecido em forma de gratificações mensais, brindes ou prêmios. 

Porém, não existe uma regra específica sobre esse benefício, permitindo que cada empresa adote ou não esse tipo de vantagem e defina seu próprio modelo. 

Isto quer dizer que, é possível oferecer o adicional de assiduidade mensalmente, bimestralmente, semestralmente ou anualmente, conforme as possibilidades e estratégia de cada empresa. 

Assiduidade impacta na folha de pagamento?

O adicional de assiduidade exige da empresa um planejamento estratégico e financeiro para que isso não interfira nas finanças da organização. Outro ponto importante é se atentar ao impacto desse tipo de benefício na folha de pagamento. 

Se o adicional de assiduidade for por meio de gratificação, ela obrigatoriamente, segundo a lei, deve fazer parte do salário conforme o artigo 457

§ 1º Integram o salário a importância fixa estipulada, as gratificações legais e as comissões pagas pelo empregador ”

Caso esse benefício componha a remuneração, ele deve sofrer com as incidências de encargos como o INSS e IRPF. Além disso, os descontos referentes às férias e 13º também sofrerão com os impactos da gratificação. 

Como estimular a assiduidade para reduzir o absenteísmo? 

Sabendo da importância que a assiduidade tem nos resultados da empresa é fundamental que se criem estratégias para desenvolver essa qualidade nos colaboradores, principalmente para reduzir o absenteísmo e aumentar o engajamento. 

Mas como estimular a assiduidade? Confira algumas dicas: 

Mantenha um bom clima organizacional

Um ambiente favorável e saudável para o colaborador executar suas tarefas facilita para que ele seja assíduo e dedicado na sua função. Isso diminui inclusive a desmotivação dos colaboradores, o que em muitos casos estimula o absenteísmo. 

De acordo com uma pesquisa da Universidade de Warwick, a produtividade e confiança é elevada em 12% quando o funcionário está feliz e autoconfiante. E muito disso está relacionado a ter um bom ambiente de trabalho. 

Aposte em um plano de carreira para os funcionários

Manter os colaboradores motivados e assíduos também depende da forma como a empresa gerencia a carreira de cada um. 

Isto quer dizer que, a empresa precisa a todo momento estar atenta a estratégias que possam desenvolver seus profissionais de forma que eles evoluam profissionalmente.

Aliás, esse tipo de ação, como por exemplo oferecer um plano de carreira, não só é um investimento na assiduidade, mas na redução do absenteísmo. Colaboradores que não se sentem valorizados acabam faltando mais, se atrasando e tem uma queda significativa de produtividade. 

Isto é, a falta de um investimento em planos de carreira impactam negativamente para que a empresa estimule a assiduidade e reduza o absenteísmo na organização.

Feedbacks 

Outro fator motivacional que pode estimular a assiduidade e diminuir o absenteísmo está ligado aos feedbacks constantes. Um estudo do GPTW mostrou que o índice de confiança aumenta quando um colaborador recebe um número maior de feedbacks. 

Com um feedback anual, o índice de confiança dos colaboradores foi de 79 e para quem recebeu de 4 ou mais o índice chegou a 91. Isto é, quanto mais feedbacks mais confiante o colaborador se sente na relação com seu gestor e com a empresa de uma forma geral. 

Até porque, por meio dos feedbacks é possível potencializar as boas qualidades e corrigir possíveis erros ou pontos negativos. 

Reconheça o trabalho dos seus profissionais

Uma das estratégias que pode refletir numa maior assiduidade e na redução do absenteísmo são políticas relacionadas ao reconhecimento profissional. Neste sentido, a empresa cria ações para valorizar seu time. 

Seja por meio de benefícios financeiros – como participação nos lucros, bonificações ou prêmios – ou não financeiros – como day off e jornada flexível. Esses estímulos podem fazer com que os colaboradores se sintam reconhecidos e consequentemente mais motivados a darem o seu melhor.

Esse reconhecimento é tão importante que pode, além de aumentar a assiduidade e diminuir o absenteísmo, manter o bem-estar e diminuir o estresse dos profissionais.

Um estudo realizado pela ISMA (International Stress Management Association), demonstrou que 89% dos profissionais apontaram a falta de reconhecimento como a principal causa do estresse no trabalho. 

Estipule metas individuais 

Outro estímulo importante que pode impactar na assiduidade e na redução do absenteísmo é a criação de objetivos e metas individuais. 

Pois assim, o colaborador, de início, saberá o quão importante é a sua função para atingir os resultados da empresa e que um atraso e uma falta pode interferir diretamente nos resultados. 

Além disso, as metas individuais são um alicerce para que os colaboradores saibam exatamente o que precisam cumprir para garantirem seus cargos e para que sejam reconhecidos e valorizados. 

Conclusão

Ao longo deste texto foi possível observar a importância que a assiduidade tem na motivação, engajamento e na produtividade dos funcionários. Ou seja, funcionários assíduos podem oferecer uma série de benefícios para a empresa e para si mesmos. 

Ter um plano estratégico designado para aumentar e potencializar a assiduidade dos colaboradores pode reduzir os atrasos, as faltas e até mesmo impactar nos índices de rotatividade

Ações que estimulem a assiduidade, por parte da empresa, então, podem contribuir para que os colaboradores participem mais ativamente do sucesso da organização.  

Entendeu a importância da assiduidade? Como a sua empresa vem lidando com ela diariamente? Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais para que mais empresas possam fazer esse questionamento!

Compartilhe em suas redes!

Fonte: PontoTel

Posts Relacionados