Benefícios de contratar funcionários com mais de 50 anos

imagem de duas mulheres sentadas a mesa de trabalho

Sua empresa não contrata funcionários com mais de 50 anos?

Conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a expectativa de vida da população brasileira subiu para a faixa dos 76,8 anos.

Essa maior longevidade no País também reflete no mercado de trabalho, em que pessoas com mais de 50 anos não são mais vistas como ultrapassadas, pelo contrário, têm suas qualidades valorizadas e disputadas pelas empresas.

As áreas de recrutamento e seleção precisam atualizar seus processos para incluir esse público e não perder talentos valiosos por causa de preconceitos.

Confira 10 benefícios de contratar funcionários com mais de 50 anos de idade.

Boa leitura!

Estabilidade e lealdade

Funcionários com mais experiência têm um histórico maior de estabilidade em seus empregos, o que significa que não trocam constantemente de companhia.

As empresas valorizam essa atitude, pois investem tempo e dinheiro em triagem, contratação e treinamento para, depois, serem substituídas facilmente.

Habilidades de tomada de decisão

Um benefício que trabalhadores com mais “bagagem” oferecem aos contratantes é a oportunidade de ajudar os gestores nas tomadas de decisões.

Os empregadores podem ter dúvidas em relação a um suposto atraso dessas pessoas em questão de tecnologia, porém, essas habilidades podem ser transmitidas e, somadas à experiência acumulada, geram ganhos à empresa.

Mojo

Para Marshall Goldsmith, educador e coach, Mojo significa “espírito positivo”, que se refere a fazer algo com um propósito pleno e o mundo reconhecer isso.

Colaboradores mais experientes, ou seja, os próprios funcionários com mais de 50 anos, têm propensão a serem mais equilibrados e seguros, apresentam uma dedicação exemplar e demonstram essa confiança.

Capacidade cognitiva

O conjunto de habilidades mentais que um funcionário precisa amadurecer e se torna melhor com a passagem do tempo. Quando uma ideia aparece, esses trabalhadores são especialistas em descobrir os melhores modos de realizá-la.

Habilidades gerenciais, comunicativas, motivacionais e de liderança e empatia continuam em constante progressão durante o envelhecimento. No entanto, muitas vezes essas capacidades são descartadas pela área de recrutamento.

Iniciativa na busca de soluções

Os trabalhadores mais experientes raramente conseguem ficar de braços cruzados diante de um cenário que precisa de soluções. Esses profissionais são proativos, práticos e positivos na procura de resolução para os desafios.

Por estarem mais calmo graças à maturidade, conseguem se concentrar mais no que interessa em deixar de lado situações em que os jovens, geralmente, gastam muita energia e tempo, no entanto, sem obter resultados significativos.

Colaborativo

Os colaboradores mais velhos são de gerações menos individualistas, portanto, se adaptam mais facilmente ao trabalho em grupo. Não veem seus colegas como adversários, mas sim como parceiros que buscam o mesmo objetivo.

Já os funcionários de gerações mais atuais participam de um momento histórico que enaltece a todo momento os valores individuais e a possibilidade de, quando for possível, obter vantagens para si mesmo e a própria carreira.

Habilidades de liderança

Quem busca líderes precisa olhar com mais atenção para os profissionais mais velhos. Eles são oriundos de décadas em que a comunicação não era intermediada por máquinas, mas sim realizada frente a frente e olho no olho.

Portanto, têm habilidades de comunicação que, possivelmente, os mais jovens ainda precisem desenvolver. Essa capacidade, aliada às novas ferramentas, permite que eles exerçam com segurança os papeis de liderança na empresa.

Fonte: Folha Certa

Posts Relacionados

0 0 votes
Article Rating
Se inscrever
Notificar de
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments