Como se portar no trabalho remoto? Veja dicas de etiqueta no home office!

Photo by Malte Helmhold on Unsplash

Devido ao isolamento social, muitas empresas tiveram que adotar o regime home office para reduzir as chances de contaminação pela COVID-19. Mas você conhece as regras de etiqueta no home office? Confira neste artigo!

Histórias de gafes em videochamadas se tornaram comuns, sobretudo neste período de pandemia. Quem nunca soube de um amigo ou conhecido que apareceu de pijama numa telechamada ou deixou escapar algo indevido no áudio, pois esqueceu de desligar o microfone? Sem dúvidas, tivemos que nos adaptar e tirar o melhor proveito dessa situação.

Ademais, embora o trabalho remoto possibilite uma maior flexibilização ao funcionário, ele também requer alguns cuidados. Por exemplo, é preciso estabelecer limites e horários, rever prioridades e estar atento às obrigações do trabalho.

E essa atenção deve ser redobrada quando a pessoa possui dificuldade de concentração ao trabalhar de forma online.

Além disso, se o colaborador morar com a família, é importante deixá-los cientes sobre em quais momentos ele estará ocupado. Isso evitará desconfortos, como passar em frente da câmera na hora de uma reunião importante ou solicitar que a pessoa compareça para realizar alguma atividade de casa.

Preparamos um conteúdo completo com tudo sobre etiqueta no home office! Nesse artigo você saberá:

Acompanhe o artigo!

Ascensão do trabalho home office no mundo

O home office foi adotado por 46% das organizações desde o início da pandemia, de acordo com a Pesquisa Gestão de Pessoas na Crise COVID-19. Segundo esse levantamento, os serviços hospitalares (53%) e a indústria (47%) foram os principais segmentos que adotaram o teletrabalho.

Aliás, o setor de comércio e serviços também transferiu 57,5% dos trabalhadores para casa, segundo a pesquisa. Além disso, 55% das grandes empresas colocaram os colaboradores em regime remoto, enquanto esse índice ficou em 31% entre as pequenas.

Porém, uma das maiores dificuldades das companhias é a falta de familiaridade com ferramentas de comunicação e tecnologia da informação. Além disso, acompanhar o comportamento dos funcionários durante o expediente tem sido um tanto complicado, sobretudo quando eles acessam ambientes virtuais.

Mas apesar dessas dificuldades, 44% das empresas acreditam que o resultado do trabalho ficou dentro do esperado. Enquanto isso, 50% delas acreditam que o teletrabalho tenha superado as expectativas. Porém, apenas 36% pretendem manter o trabalho à distância com o final da pandemia.

O que mudou nos últimos anos?

Sem dúvidas, o cenário atual trouxe mudanças significativas para empresas e colaboradores. Fomos convidados a realizar transições desafiadoras, mesmo sem haver um preparo para isso.

O home office mudou a realidade do mercado e chegou como uma tendência que veio para ficar. Além disso, as empresas passaram a enfrentar os desafios impostos pela segurança de dados e LGPD. Para exemplificar, só no primeiro semestre de 2021, os ataques cibernéticos a empresas brasileiras cresceram 220%.

Além disso, o uso de ferramentas tecnológicas também aumentou. Nunca antes se utilizou tantas plataformas de vídeo e sistemas que otimizam o trabalho do colaborador. Nesse sentido, é fundamental que a empresa tenha um cuidado e ofereça ao empregado treinamentos para que ele possa lidar com esses novos tempos.

O que é a etiqueta profissional?

A etiqueta profissional é um conjunto de comportamentos considerados adequados para promover a harmonia nas relações de negócio e no ambiente de trabalho. Em outras palavras, o termo tem relação com tudo o é o que é aceitável na vida social.

Sem dúvidas, a etiqueta no home office é algo muito solicitado entre os profissionais dentro das empresas. Porém, a organização deve dar um suporte inicial para o colaborador, sobretudo nesse momento de incertezas e novas modalidades de trabalho.

O que as empresas esperam dos profissionais no trabalho em home office?

As empresas esperam profissionais mais adaptáveis, pontuais, qualificados e organizados durante a atuação home office. Da mesma forma, os trabalhadores esperam mais flexibilidade no trabalho e respeito das organizações.

Embora o trabalho remoto não seja algo recente, sabe-se das dificuldades enfrentadas pelas empresas e trabalhadores, sobretudo no início da pandemia. Havia muito pouco conhecimento sobre como promover uma migração tranquila para o ambiente de casa.

Porém, essa relação de trabalho pode ser otimizada quando há acordos, concessões e a consciência de que estamos num período de adaptação. Sendo assim, a empresa deve aproveitar para oferecer instrumentos para que o trabalhador possa desenvolver bem as suas atividades.

Existe uma etiqueta no home office?

Sim. Da mesma forma que o colaborador precisa seguir algumas normas de convivência dentro do escritório, ele deve se preocupar com essas questões também durante o home office. Isso porque, o trabalho remoto pode causar inicialmente uma imagem de informalidade, que não é verdade.

Ademais, a etiqueta no home office é importante para que o funcionário adote uma postura profissional, mesmo estando dentro de casa. Certamente, esse é o primeiro passo para que a empresa perceba que o trabalho está sendo levado a sério. Ou seja, é preciso saber se comportar durante uma videochamada, respeitar a carga horária e entregar as demandas em dia.

Por esse motivo, muitas empresas estão criando manuais de etiqueta no teletrabalho, com orientações sobre como o funcionário deve se comportar. E essas regrinhas valem não só para os colaboradores, como também para os cargos mais altos, como gestores.

Qual a melhor forma de se portar no trabalho home office?

Como já foi dito, o funcionário deve manter uma postura profissional, cumprir as suas atividades e continuar prestando um bom serviço à empresa. Para tal feito, ele precisa seguir uma série de orientações, que falaremos mais adiante.

Como a empresa deve estimular a etiqueta no home office?

Como foi dito, algumas empresas vão continuar adotando o regime remoto ou uma forma de atuação mais flexível mesmo após o fim da pandemia. Dessa forma, elas devem priorizar a saúde mental dos seus funcionários para ter pessoas mais motivadas. Além disso, a organização deve estimular a saúde física e intelectual deles.

O primeiro passo é investir em equipamentos de qualidade, como cadeiras confortáveis, computadores e mesas adequadas. A empresa poderá criar planos internos para o  desenvolvimento intelectual. Por exemplo, algumas já desenvolvem programas no qual o funcionário tem descontos em academias, em cursos online e na compra de livros.

Sem dúvidas, promover a qualidade de vida pode fazer toda a diferença na atuação dos profissionais. E isso irá impactar na forma como essas pessoas irão desenvolver o trabalho, na motivação para exercer essas tarefas diariamente e sobretudo na etiqueta no home office.

Principais dicas de etiqueta no home office

A seguir trataremos das principais dicas de etiqueta no home office, para que assim a empresa e o RH saibam o que “cobrar” dos seus colaboradores. Veja quais são:

Vestimenta adequada

A vestimenta certa ou errada no home office é uma das maiores dúvidas dentro do ambiente organizacional. Afinal, o fato de estarmos em casa pode confundir muitas pessoas. Porém, ninguém costuma ir ao escritório de pijama, não é mesmo? Então, não é de bom tom aparecer numa reunião online de camisola e calção de bichinhos, certo?

Sendo assim, pijamas e outras roupas mais informais não transmitem uma imagem séria. Eles não são bem vistos e podem contribuir para uma falsa sensação de informalidade. Ou seja, a pessoa que está do outro lado da tela pode achar que o funcionário não está levando o trabalho a sério.

Além disso, vestir-se adequadamente pode contribuir com a produtividade e aumentar a concentração do trabalhador. Ele entenderá que aquela roupa influencia no seu trabalho. Mas não é necessário utilizar terno ou algo do tipo. Uma roupa confortável, porém adequada para o momento, já é o necessário.

Atente-se aos horários das reuniões

A empresa deve comunicar os dias e horários das reuniões para que o colaborador se prepare. Sendo assim, se a organização realiza reuniões diárias, quinzenais ou mensais, elas devem estar no calendário de encontros. Uma opção é utilizar o Google Agenda com lembrete para que a pessoa se recorde da reunião.

Use sempre a câmera aberta

Até antes da chegada da pandemia, muitas pessoas não tinham o costume de realizar reuniões via Google Meet, Skype ou Zoom. Algumas até tinham um perfil nesses aplicativos, mas com uma foto de avatar desatualizada ou fora de contexto.

Isso pode parecer um detalhe, mas é muito importante utilizar fotos que transmitem seriedade e evitar colocar aquela foto de biquine ou de sunga que se fez durante uma viagem de férias.

Além disso, quando estiver em reunião, é fundamental abrir a câmera para que o outro veja com quem está falando e não sinta que está falando para ninguém, mesmo que você esteja presente.

Ademais, escolha um local sem muitas interferências visuais e enquadre a câmera. Confira momentos antes se ela está focada e prepare-se para a reunião.

Linguagem profissional em reuniões

Manter a linguagem profissional é importante em qualquer reunião home office. Afinal, não é porque o empregado está em casa que deve ser informal e utilizar expressões ou palavras incompatíveis com o que se espera dele.

Por isso, gírias, palavrões, piadas desconfortáveis ou fora de hora, entre outras palavras desrespeitosas devem ser evitadas. O ideal é se comunicar com a mesma seriedade de quando se está na empresa.

Esteja atento ao canal de comunicação da empresa

Qual o principal canal de comunicação interna utilizado pela sua empresa? Estar atento a isso pode evitar mal entendidos, como receber um comunicado importante sobre uma demanda e não sabe-la a tempo.

Tenha um local reservado para trabalhar

Outra dica para manter a etiqueta no home office é escolher um espaço tranquilo em casa para trabalhar. Essa atitude tem relação com o rendimento e ajudará o profissional a manter a concentração e o foco.

Além disso, ter um lugar reservado pode ajudar também a realizar reuniões online mais proveitosas. Além disso, o funcionário não estará exposto e não será interrompido com constância por crianças ou animais de estimação.

Seja assíncrono

Ser assíncrono também é considerado uma regra de etiqueta no home office. Isso porque, a base para o desenvolvimento das tarefas no estilo remoto é a comunicação eficiente. Isso não quer dizer que o profissional precisa checar de 5 em 5 minutos o chat da empresa, nem mesmo responder de prontidão, mas, deve-se estar atento à velocidade da comunicação, checar sempre que possível os e-mails e promover uma troca eficiente. E essa dica vale tanto para a empresa quanto para o colaborador.

Se mantenha organizado

Quando se está trabalhando em regime remoto, é muito comum esquecer-se de realizar algumas tarefas por conta do acúmulo de atividades. Podemos misturar as tarefas de casa, responsabilidades com os filhos, entre outras demandas do dia a dia que tiram o nosso tempo.

Por esse motivo, é crucial ser organizado. Boas opções para melhorar essa situação é ter uma agenda de compromissos, fazer anotações ou até mesmo recorrer às agendas virtuais, como o Google Agenda, como já mencionamos. Invista na gestão de tempo, pois o importante é não deixar de cumprir os compromissos de trabalho.

Sempre comunique em caso de indisponibilidade

Imprevistos podem ocorrer mesmo quando o funcionário está trabalhando de casa, um bom exemplo é a queda da conexão, que pode ocorrer por inúmeros fatores que independem do colaborador, isso é normal e pode acontecer com qualquer pessoa. Por isso, uma das primeiras ações que devem ser feitas pelo colaborador é comunicar ao gestor ou RH quando ele estará indisponível para chamados.

Cuidado com a jornada de trabalho

Geralmente as empresas adotam um horário fixo para o trabalho home office.

Então, o colaborador deve respeitar os horários e dias estabelecidos pela empresa e trabalhar dentro do horário comercial.

Por isso, é importante estabelecer qual será a jornada de trabalho, afinal, nem todo mundo está disponível 24 horas para a empresa. Ou seja, o bom senso é fundamental sobretudo quando o funcionário está atuando dentro de casa.

Porém, isso não impede que a organização possa apostar na flexibilidade da jornada para potencializar a produtividade do colaborador. Mas isso deve ser acordado entre ambas as partes.

RH: crie uma etiqueta no home office para sua empresa

Já vimos as vantagens em ter um trabalhador atuando de forma remota e algumas dicas de etiqueta no home office. No entanto, você sabe as vantagens em criar as suas próprias regras de comportamento em home office para a sua equipe?

Independente do tamanho do seu negócio, o setor de Recursos Humanos deve olhar com atenção essas mudanças dentro do mercado de trabalho. Sem dúvidas, os impactos são visíveis tanto no financeiro quanto no bem estar corporativo.

Importância da etiqueta no home office

Ficou curioso? Então confira a importância da etiqueta virtual para empresas e para os colaboradores.

Para as empresas

A etiqueta é importante para as empresas pois ajuda a manter o ambiente profissional mesmo estando em home office. Ou seja, o profissional terá mais autonomia e flexibilidade trabalhando em casa, o que traz mais bem-estar. Porém, deverá continuar com o foco nas entregas e nas suas responsabilidades, como se estivesse dentro do escritório.

Vale salientar que por conta do formato de trabalho e a falta de experiência das organizações, não existia uma estrutura que garantisse a produtividade e bem estar dos colaboradores no trabalho remoto. Como resultado, muitos trabalhadores apresentavam baixa performance, além de problemas psicológicos como síndrome de burnout, ansiedade e depressão.

Dessa forma, algumas empresas passaram a inserir cartilhas de etiqueta no home office, com o objetivo de melhorar a vida dessas pessoas. Entre as ações que podem ser incluídas no conteúdo estão o incentivo a atividades longe do computador, bem como a ampliação do horário de almoço, etc.

Sem dúvidas, pequenas atitudes já melhoram consideravelmente a rotina dos profissionais que estão atuando em home office.

Para os colaboradores

Já para os trabalhadores, é muito importante ter como base as regras de etiqueta profissional e saber como se portar no home office. Assim, ele poderá seguir com o mesmo grau de compromisso e profissionalismo, como se estivesse em outro ambiente.

Uma forma simples de saber se está agindo corretamente é se perguntar: eu faria isso se estivesse no escritório? Se a resposta for negativa, vale avaliar as decisões e posturas. E quando se está num cargo de liderança, esse cuidado deve ser ainda maior.

Como o controle de ponto online pode ser um aliado na etiqueta do home office?

Uma das maiores dúvidas dos gestores é como acompanhar a jornada dos trabalhadores que estão atuando em casa. Se você também não sabe como fazer isso, saiba que a melhor forma de realizar um monitoramento mais próximo é através de um sistema de controle de ponto.

O controle de ponto online possibilita uma gestão de equipes remotas mais eficaz e próxima ao funcionário. Dentre as principais funcionalidades, ela permite a assinatura eletrônica da folha de ponto à distância, ideal para empresas que adotaram o home office. Além disso, é possível realizar o controle das horas extras e verificar o nível de produtividade dos trabalhadores.

Sem dúvidas, uma forma moderna que promove um gerenciamento da sua equipe no home office e ainda garante uma proteção contra possíveis ações trabalhistas.

Conclusão

Enfim, agora que você já sabe a importância de criar políticas de RH que melhoram a atuação do profissional no trabalho remoto, adapte a sua empresa aos novos tempos. Crie as suas próprias regras de etiqueta no home office e veja o rendimento dos seus empregados melhorar significativamente.

Ademais, contrate um sistema de controle de ponto online como o da PontoTel, assim sua empresa e RH conseguem acompanhar a jornada de trabalho e as informações do ponto em tempo real. Além disso, o aplicativo irá registrar a foto do colaborador, bem como a geolocalização e o RH ou gestor pode sempre conferir.

Sem dúvidas, essa ferramenta será útil nessa transição para o virtual. Quer saber como funciona na prática? Agende uma demonstração GRATUITA pelo formulário abaixo!

Compartilhe em suas redes!

Fonte: PontoTel

Posts Relacionados

Leave a Comment