Como usar o PIX na sua pequena empresa? Quais as vantagens?

Você até acha uma boa ideia, mas ainda não sabe como usar o PIX na sua pequena empresa? Este artigo vai ajudar você nisso. 

Você deve se lembrar que a gente já fez um artigo falando tudinho sobre o que é e como funciona o PIX. Se você não leu, recomendo que você leia este artigo

Se você já leu o artigo, já está sabendo muito do que há para saber sobre esta nova forma de pagamento criada pelo Banco Central. Mas, em resumo, podemos definir o PIX como:

O PIX é um sistema de pagamento instantâneo que transfere recursos entre contas em poucos segundos.

Ou seja: com o PIX você nunca mais vai ter que esperar por dias até a transferência de algum valor cair na sua conta. Além disso, muitas vezes, o PIX é mais vantajoso do que o uso do cartão de crédito, uma vez que, além de ser mais rápido, não há taxas nas transações de pessoas físicas.

Quais as vantagens do PIX para pequenas empresas?

Vamos entender como o PIX pode ajudar a sua pequena empresa? Além do que já citamos, você vai perceber que há muitos benefícios em se usar este novo sistema. Vamos a eles:

Aumentar a sua competitividade

Como o PIX é instantâneo, você já sai na frente de seus concorrentes quando se trata de rapidez no atendimento. Essa rapidez, além de fidelizar o cliente, ainda diminui a burocracia dentro da própria loja. Uma vantagem para você e para o seu cliente.

Além disso, quando o Banco Central criou o PIX, ele autorizou que mais de 760 instituições oferecessem o serviço para clientes que tivessem conta corrente, conta poupança ou conta de pagamento pré-paga cadastradas nelas.

O que isso significa para você, dono de pequena empresa? 

Significa que muito mais pessoas vão poder comprar em sua loja com facilidade de pagamento, uma vez que todas as instituições financeiras que tenham mais de 500 mil clientes estão oferecendo o PIX.

Isso, junto com a rapidez de pagamentos e recebimentos que o PIX permite, além de aumentar seus clientes também aumenta a sua competitividade.

Baixo custo e mais segurança

Lembra que lá em cima falamos que o PIX é gratuito em todas as transações para pessoas físicas? Então, esta é uma vantagem enorme para os seus clientes que, ao invés de usar cartão de crédito, que gera taxas para sua empresa, também, vão preferir usar o PIX.

Além disso, o processo é totalmente seguro, com chances quase nulas de fraude.

Hoje em dia ninguém mais anda sem um Smartphone no bolso, não é? Parece que o controle de toda a nossa vida está nesse aparelhinho. 

Isso não poderia ser diferente com os pagamentos. A gente já faz tudo através do celular e, até que demorou para a gente poder fazer pagamentos por meio dele também…

Com o PIX, todo mundo tem nas mãos uma carteira digital, rápida, instantânea e prática. Isso facilita a vida do cliente e, também, a sua, pequeno empresário.

Chega de maquininhas de cartão

Você, como dono de pequena empresa, conhece bem as taxas das maquininhas de cartão, não é? Muitas vezes, além das taxas, você ainda tem que pagar um aluguel pelo uso do aparelho.

Este tempo parece estar chegando ao final. Com o PIX, e com cada vez mais gente usando o sistema, o uso de maquininhas de cartão vai ficar cada vez mais raro. 

Por isso, se você quer sair na frente de seus concorrentes, parece uma ótima ideia adotar o recebimento via PIX o quanto antes na sua empresa.

Quantas vezes você teve que esperar determinada quantidade de dias úteis para finalizar uma negociação porque as transferências bancárias costumam levar este tempo? E quanto aos boletos? Também leva um tempão para cair na conta.

Isso também está acabando.

Com o PIX na sua empresa você não vai precisar esperar nada e nem a hora certa para fazer uma transação de valores. 

O PIX funciona 24 horas por dia, sete dias por semana, inclusive nos feriados.

Legal, não é? Além disso, existe um outro fator bem legal, que você vê abaixo:

Sem limites de valores de transferência

Isso mesmo! Com o PIX você pode enviar o valor que quiser, sem limites. 

Claro que muitas instituições bancárias, por questões de segurança estabelecem um limite diário para isso. Mas, como o Banco Central não estabeleceu limite, você sempre pode aumentar ou diminuir este limite com a sua instituição bancária. 

Para usar o PIX, você deve criar chaves de uso. Estas chaves podem ser: seu número de CPF/CNPJ, seu endereço de e-mail, número de celular, ou, até mesmo uma ordem numérica aleatória.

Mas, se você preferir, você pode fazer cobranças via QR Code. Isso traz versatilidade ao sistema sem perder a sua principal qualidade: a instantaneidade. Isso quer dizer que, mesmo em pagamentos ou cobranças via QR Code esta transação acontece quase em tempo real. Em questão de segundos. 

Legal, não é? Várias vantagens já de início. 

Vamos, então, responder a principal questão deste artigo:

Como usar o PIX na sua pequena empresa, veja o passo a passo:

Embora pareça que o PIX é um sistema super elaborado, essa complicação ficou somente para quem desenvolveu ele.

Para o usuário final o processo de se cadastrar e começar a usar o PIX, seja numa pequena empresa seja para pessoa física, é muito simples.

Cadastre a sua empresa no PIX

O processo para cadastrar pessoas jurídicas é o mesmo feito para cadastrar pessoas físicas no PIX. O primeiro passo é saber se o seu banco presta esse serviço. Como vimos acima, é quase certo que sim.

No seu celular, veja se o aplicativo do seu banco está atualizado. Se estiver, basta abrir ele e ir até a opção PIX.

Ali, você deve cadastrar as chaves PIX. Ou seja, os números pelos quais você quer que sua conta seja identificada em transações PIX. 

Como dissemos, as suas chaves podem ser, tanto o seu CNPJ quanto o e-mail da sua empresa. Também é possível cadastrar o número telefônico do seu negócio ou criar uma chave numérica aleatória. Você pode cadastrar até 20 chaves.

Este processo é bem simplificado.

Pronto!

Eu sei que você está surpreso. Como assim só um passo?

Mas é exatamente isso!

Agora que você já fez esse cadastro, esses dados são enviados para o Banco Central e, a partir disso, você já pode começar a pagar e receber através do PIX.

Vamos a mais uma parte importante desse artigo?

Quais os custos do PIX para uma pequena empresa?

Embora o PIX seja gratuito para pessoas físicas, as contas de pessoas jurídicas recebem a cobrança de pequenas taxas. E, quando eu digo pequenas eu quero dizer: pequenas. Muito menores do que as taxas de cartão de crédito.

Isso, quando estas taxas existem!

Na maioria das vezes os bancos não cobram taxas nem para as pessoas jurídicas. Isso porque, o Banco Central também cobra muito pouco destas instituições bancárias para cada transação PIX. Cerca de R$ 0,01 por cada lote de 10 transações.

Em função do preço baixíssimo, a maioria das instituições bancárias prefere não repassar este custo aos empresários. 

Por isso, como toda gestão financeira é importante para quem tem uma pequena empresa, antes de cadastrar o seu negócio no PIX, é recomendado dar uma pesquisada nas taxas que cada banco cobra.

Depois de escolher, conta tudo para a gente nos comentários aqui em baixo!

Blog Quanto Sobra

Posts Relacionados