Conheça a próxima geração das maiores edtechs do Brasil

2020 foi o ano de acelerar enquanto o mundo inteiro parou. O setor da educação é o reflexo disso: novas tecnologias surgiram e foram aprimoradas para alavancar o aprendizado dos alunos e alunas e solucionar os desafios das instituições de ensino, tornando-as mais eficientes e acessíveis.

Considerando este cenário, lançamos o Scale-up Endeavor Edtech 2021, uma aceleração para 12 scale-ups de alto crescimento, com modelos de negócio validados que atuem dentro da cadeia de educação, desde o ensino fundamental – inside e after school – até o lifelong learning.

A escolha das scale-ups foi baseada nas tendências atuais do setor de educação, mapeadas em uma pesquisa do Google e em conversas com a nossa rede de mentores e mentoras:

No ensino híbrido, a educação é baseada na mistura de componentes pedagógicos presenciais e online. O objetivo é que os dois modelos de ensino se complementem e promovam uma aprendizagem mais eficaz, motivadora e personalizada. 

  • Personalização do aprendizado 

Essa tendência permite educar os alunos considerando que são indivíduos únicos e possuem necessidades próprias, através de um modelo de aprendizado flexível que não favorece um único perfil de estudante. 

A personalização do aprendizado é sobre construir um ambiente que promove o autoconhecimento. 

  • Conexão entre pais e/ou responsáveis, professores, alunos e instituições

Hoje em dia, existe uma grande preocupação com a formação de uma comunidade escolar. Essa conexão cria comunicação, mantém todos como responsáveis ​​e proporciona transparência em relação ao desempenho dos alunos. 

Dessa forma, todos passam a entender que o processo de aprendizado não decorre apenas na experiência dentro da escola. 

  • Atenção total a Base Nacional Comum Curricular (BNCC)

A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) é um documento que existe para nortear o que é ensinado nas escolas de todo o Brasil e engloba todas as fases da educação básica, desde a Infantil até o final do Ensino Médio.

Considerando esse currículo, é possível estabelecer uma educação mais holística, que inclui habilidades socioemocionais e capacidade de resolução de problemas.

  • Além das tecnologias emergentes

A partir de agora, a educação precisa usar a tecnologia para oferecer uma experiência completa para escolas e alunos, como gamificação, pílulas de conteúdo e microlearning. 

Sendo assim, as selecionadas, e que acreditamos que são a próxima geração das maiores edtechs do Brasil, são: AIO Educação, Alicerce Educação, Alura, Árvore Livros, Camino Educação, Chatclass, Fluency Academy, Isaac, Letrus, Liber, Provi e Skore.

Durante os quatro meses de programa, as 12 empresas serão acompanhadas de um mentor padrinho ou mentora madrinha e terão meetups com as maiores referências em negócios para lidar com os principais desafios.

Além disso, poderão realizar conexões com os executivos e executivas da Faber-Castell, corporação parceira patrocinadora da iniciativa que acredita que a geração de mais e melhores negócios entre scale-ups poderá transformar o setor de Educação. 

Um pouco mais sobre as edtechs


A AIO utiliza inteligência artificial para impulsionar o aprendizado dos estudantes. A scale-up faz isso criando trajetórias personalizadas que aumentam as chances de aprovação no ENEM, além de oferecer micro simulados adaptativos para aumentar a eficiência no preparo do aluno para o vestibular. 


Com unidades em cinco estados do Brasil, a Alicerce Educação oferece um programa de complemento ao ensino básico, com aulas de português, matemática, inglês e programação. Além disso, integra o desenvolvimento dessas competências ao desenvolvimento de habilidades socioemocionais dos alunos. 


A Alura é uma plataforma de cursos online de tecnologia, programação, design, e marketing digital. Dessa forma, a scale-up garante acesso a capacitação para milhares de jovens, através de uma metodologia estruturada, exercícios práticos e trocas de experiências. 


A Camino Educação é um grupo educacional que integra educadores, gestores, pais e estudantes de diferentes regiões do mundo. Através de uma plataforma de aprendizagem ativa, a scale-up remodela a educação para uma experiência mais dinâmica entre professores e alunos.


Com o objetivo de melhorar o acesso à educação de qualidade, a Chatclass oferece aprendizagem de inglês por conversação, que conecta educadores, alunos e falantes nativos através do Whatsapp. A scale-up usa IA para apoiar os alunos dentro e fora de sala de aula no aprendizado de escrita, escuta, leitura e fala.  


A Fluency Academy é uma escola de idiomas totalmente digital e oferece cursos de inglês, espanhol, alemão, francês, italiano, mandarim e japonês. A scale-up aposta em professores nativos, metodologia própria de ensino e interação em diversas plataformas para garantir o aprendizado dos alunos.


A Isaac permite que as escolas foquem na educação ao oferecer uma plataforma digital de gestão financeira simples. Com a solução, a scale-up garante o recebimento das mensalidades em dia, com total transparência, de forma segura e com zero preocupação.


Em um país onde 89% das pessoas não são plenamente letradas, a Letrus oferece uma plataforma de produção de textos para a personalização da aprendizagem dos estudantes. Em 2020, a scale-up ganhou o Prêmio Internacional da UNESCO que reconhece as tecnologias educacionais mais transformadoras do mundo.


Seguindo uma tendência global, a Liber oferece uma plataforma para que famílias e alunos busquem o melhor tutor possível para aulas particulares, através de um ambiente cercado de ferramentas para ajudar no processo de aprendizagem.


A Provi tem como objetivo ajudar as escolas e alunos a crescerem, oferecendo financiamento com uma análise baseada na perspectiva de carreira dos alunos. A scale-up atua com uma série de instituições parceiras para ampliar o acesso à educação de milhares de alunos.


Com a importância crescente de estratégias de treinamento e readequação profissional para as empresas, a Skore é uma plataforma de aprendizagem corporativa. Ela foi  desenvolvida para se adaptar às necessidades únicas de cada organização, permitindo a construção de múltiplas experiências para as diferentes necessidades dos colaboradores.


Source link

Posts Relacionados