Employer branding: Tudo o que você precisa saber!


O employer branding é uma estratégia que cresce a cada dia mais no mundo corporativo. Ele ajuda as empresas melhorarem sua imagem como marca empregadora e, consequentemente, sua relação com os colaboradores.

Em um mercado de trabalho cada vez mais competitivo, um dos principais desafios do departamento de recursos humanos é estabelecer as melhores estratégias para atrair e reter os melhores colaboradores, e o employer branding veio justamente para ajudar nesta tarefa.

Este termo está diretamente ligado com a reputação da empresa como marca empregadora, e mais especificamente, em usá-la como forma de melhorar o processo de recrutamento e seleção e retenção de talentos.

Afinal, uma empresa que não se preocupa em cuidar da sua imagem terá sérias dificuldades em se destacar para atrair estes profissionais.

Neste texto, explicarei as características do employer branding, suas principais estratégias, e como adotá-las na sua empresa de forma que a relação com os funcionários seja beneficiada.

Confira os tópicos que serão abordados:

Vamos começar.

O que é employer branding?

O employer branding, quando traduzido para o português, pode ser entendido como “marca do empregador”. Na prática, esta estratégia visa um conjunto de técnicas para construir e aperfeiçoar a imagem da empresa no mercado, gerando uma percepção positiva.

Ele pode ser usado tanto para fins externos, com o objetivo de atrair uma maior quantidade de profissionais tornando o processo seletivo mais assertivo, quanto para fins internos, impactando na forma com que  os colaboradores enxergam a empresa,proporcionando uma série de benefícios.

Podemos dizer que este conceito entende que o funcionário é um recurso extremamente valioso para a organização, e que por isso, foca em como usar as ações voltadas à aperfeiçoar a imagem da empresa à favor dos colaboradores.

Existem diversas estratégias de employer branding que podem ser adotadas pelo RH que vou citar mais para frente. Mas antes, vamos continuar entendendo sua importância.

Qual a importância para a empresa?

employer-branding-qual-a-importancia

Imagine que uma pessoa esteja interessada em comprar um carro, qual deve ser a primeira coisa a ser feita? Muito provavelmente, o primeiro passo será realizar uma pesquisa sobre as principais montadoras, como elas se posicionam, as características de seus carros, e claro, pedir opiniões de amigos ou familiares.

Todas essas informações com certeza farão toda a diferença nesta escolha, e a mesma coisa acontece no mundo corporativo. De acordo com uma pesquisa feita pelo LinkedIn, 75% das pessoas que estão buscando um emprego costumam pesquisar mais sobre a empresa antes de se candidatarem.

Com esse estudo, podemos ver que a imagem da empresa no mercado é um dos diferenciais que podem fazer com que a contratante atraia uma maior quantidade de profissionais, e é por isso que o employer branding é tão importante.

Seu principal objetivo é ajudar a organização a construir esta boa reputação, para que consequentemente, proporcione diversos benefícios internos e externos, que vamos ver em detalhes a seguir.

Quais são as vantagens e benefícios do employer branding?

Quando implantado de forma planejada e eficaz, o employer branding ajudará na construção de uma marca sólida e de respeito no mercado, além é claro de muitos outros benefícios.

A primeira vantagem que podemos citar é um aumento da quantidade de candidaturas no processo seletivo, uma vez que os profissionais se sentirão motivados não só pela vaga em questão, como também pelos ideais defendidos pela organização e pela imagem que passa.

Como consequência disso, a empresa não só terá um maior e mais qualificado banco de talentos, como também conseguirá reter estes profissionais e diminuir a taxa de turnover.

Afinal, ao construir um local de trabalho no qual as pessoas se sintam felizes e motivadas, as chances de ocorrerem desligamentos e substituições são reduzidas significativamente.

Com uma equipe qualificada, fortalecida e engajada, os funcionários também serão mais produtivos, fazendo com que a empresa tenha uma otimização de tempo e redução de custos em processos como o de recrutamento e seleção.

São muitas vantagens, não é mesmo? Para ter tudo isso, separei algumas dicas de como sua empresa pode implementar esta técnica.

Como implementar o employer branding?

employer-branding-como-implementar

O employer branding é composto por uma série de ações e metodologias para que juntas, consigam melhorar a imagem da empresa trazendo todos os benefícios que citei acima.

Não há um único caminho para implantá-lo, afinal, existem diversas estratégias que podem ser usadas para esta finalidade como programas de treinamento de liderança; elaboração de planos de carreira; criação de políticas de incentivo e pesquisas constantes sobre o clima organizacional.

Apesar disso, existe um passo a passo que pode ajudar sua empresa neste processo. Veja:

  1. Planejamento

O primeiro passo para a implementação de qualquer tipo de projeto ou estratégia é ter um bom planejamento.

Analise o cenário atual da sua empresa, e o que deseja alcançar a curto, médio e longo prazo. Aqui, é importante lembrar em estabelecer metas atingíveis, assim como os indicadores que serão utilizados para mensurar o alcance dos resultados.

No caso do employer branding, o grande objetivo é fazer com que a imagem da empresa seja aperfeiçoada e se destaque, para consequentemente, melhorar a relação com os funcionários e aumentar o engajamento entre eles.

  1. Foco

Com estes objetivos definidos, é hora de ter foco para colocá-los em ação.

Nesta etapa, a participação do departamento de recursos humanos é fundamental, para ajudar a organizar as melhores estratégias de treinamento, dinâmicas, e até mesmo na comunicação entre a contratante e os colaboradores.

Além do RH, os gestores também possuem papel importante nesta tarefa. Eles devem se comportar como verdadeiros líderes, sendo responsáveis por comandar este processo e analisar se esta estratégia será implantada em todas as equipes de uma só vez ou em etapas.

  1. Experiências

A grande base para o funcionamento do employer branding é a experiência, não somente entre a empresa e o cliente, mas principalmente entre a contratante e seus colaboradores.

O funcionário deve ser entendido como o bem mais valioso da organização, e o primeiro a validar suas iniciativas. Afinal, é a partir disso que ele se sentirá parte da empresa, motivado e produtivo.

Dessa forma, além de estabelecer as melhores estratégias, é necessário comunicá-las de forma eficaz à todos os colaboradores, mostrando o que já foi feito e o que ainda será implantado.

Exemplos de employer branding

employer-branding-exemplos

Na introdução deste texto, citei que um dos principais desafios do RH é saber a melhor forma de atrair e reter profissionais. Isso ocorre principalmente com uma geração específica de trabalhadores: os millennials.

Esses jovens foram os primeiros a crescer em um mundo conectado pela tecnologia, o que acabou influenciando não só suas vidas pessoais, mas também profissionais.

De acordo com o relatório “Como os millennials querem trabalhar e morar”, 60% dos entrevistados afirmaram estarem abertos a oportunidades de trabalho diferentes. Além disso, os pesquisadores constataram que estes profissionais tendem, em média, a mudar de empresa quatro vezes antes de seus 32 anos.

Saber como conquistar e reter estes profissionais não é uma tarefa fácil, mas muitas organizações já estão tendo grande sucesso nesta tarefa e conseguindo se destacar no mercado por meio do employer branding. Vamos ver alguns exemplos:

  1. Google

Trabalhar no Google é o sonho de muitos profissionais, não só por ser uma das maiores e mais renomadas empresas mundialmente, mas principalmente por seu famoso espaço de trabalho e pelas vantagens que oferece aos seus colaboradores.

Com a missão de criar uma empresa na qual todos queiram fazer parte, a organização criou o conceito de ambiente conhecido como “work hard, play hard”, no qual além de terem um forte engajamento com o trabalho, também prezam por momentos de descontração.

Este modelo se tornou uma forte inspiração de employer branding, e hoje, a empresa recebe milhões de novas candidaturas anualmente.

  1. Grupo Netshoes

O grande diferencial do employer branding do Grupo Netshoes que fez com que a empresa se destacasse no Brasil foi o fato de terem focado em alinhar sua imagem primeiramente para seus colaboradores, para somente em seguida disseminá-la para o mercado.

Seu principal objetivo foi focar na cultura interna e em como os funcionários percebiam a empresa por meio de feedbacks constantes. Para isso, todo o projeto foi coordenado por um profissional de RH e dividido em seis etapas:

Diagnóstico do jeito de ser da organização > alinhamento do diagnóstico com a visão do fundador > definição escrita dos valores > comunicação inicial para todo o time > criação de processos alinhados com esses valores > reforço dos valores em uma campanha de comunicação interna.

Este processo fez tanto sucesso que o Grupo conseguiu não só mobilizar todas as equipes, como também se tornar a principal embaixadora da marca e ser considerado como um dos melhores lugares para se trabalhar no país de acordo com o LinkedIn.

  1. Starbucks

O starbucks criou uma forma diferente de fortalecer sua imagem: investindo nas redes sociais.

Todas as oportunidades de emprego são divulgadas em sua conta do Twitter, LinkedIn e Instagram, e podem ser encontradas facilmente por meio da hashtag #sbuxjobschat. Esta estratégia tem o objetivo de criar uma comunidade de parceiros da marca, que é o mesmo termo que a empresa usa para se referir a seus colaboradores.

Essa integração é uma ótima forma de fortalecer a imagem da organização, e principalmente, de atrair uma grande quantidade de candidatos.

  1. Netflix

O grande segredo da Netflix em seu employer branding foi buscar o investimento no equilíbrio entre a vida pessoal e profissional de seus funcionários. Mas além disso, a empresa também se preocupa em adotar diversas ações que façam com que ela ganhe destaque e chame a atenção de seu público.

Como exemplo, quem segue a famosa rede de streaming nas redes sociais sabe como a empresa vem ganhando grande destaque graças à suas famosas respostas bem humoradas aos seus seguidores.

Além disso, em 2015 a Netflix implantou uma ação inspiradora: um programa interno de licença que cobre todo o primeiro ano dos novos pais e os auxilia a vivenciar com qualidade o primeiro ano do filhos.

Cada um desses exemplos são bem diferentes, o que ajuda a entender como o employer branding pode ser implantado das mais diversas formas para fazer com que seu negócio tenha uma boa reputação e consiga manter uma proximidade com seus funcionários.

Mas em todos eles, posso garantir que as empresas se preocuparam em fortalecer pontos importantes em seu ambiente corporativo. Continue a leitura para saber quais.

Principais estratégias do employer branding

employer-branding-principais-estrategias

O passo a passo que citei acima com certeza é uma ótima forma de implantar o employer branding na sua empresa. Mas além dele, existem outros itens que devem ser pensados em conjunto neste momento. Veja quais:

  1. Cultura organizacional

O primeiro deles é ter uma cultura organizacional bem definida, ou seja, um conjunto de valores, crenças e ações que definem a forma como a organização conduzirá seu negócio.

Essa cultura nada mais é do que a identidade da organização, e reúne sua missão, visão e valores que servem como um guia para seu comportamento externo com os clientes, e interno para com os colaboradores.

Todas essas informações são essenciais para colocar o employer branding em prática, afinal, é somente com uma visão clara e ampla da empresa que os colaboradores poderão trabalhar em conjunto em prol de seus objetivos.

  1. Comunicação

Uma vez que sua empresa define estes conceitos, o segundo item fundamental para garantir a eficiência do employer branding é a comunicação, tanto interna quanto externa.

Lembra que eu mencionei acima que o Google é o sonho de trabalho de muitos profissionais? Isso acontece não só pelo fato da empresa oferecer diversas vantagens para seus funcionários, mas principalmente pelo fato de seus próprios colaboradores comunicarem estes benefícios para colegas ou conhecidos.

Com funcionários que se sentem felizes e motivados em seu ambiente de trabalho, e principalmente com uma organização que se preocupa em manter esta proximidade, sua reputação ganhará grande destaque no mercado, ajudando a reter esses talentos e a atrair novos.

Por isso, a última dica extremamente importante para o seu negócio é saber investir nos melhores canais de comunicação para divulgar suas vagas, seja por meio das redes sociais, plataformas voltadas para a busca de empregos, ou pelo próprio site da organização.

Como o controle de ponto pode ajudar na satisfação dos colaboradores?

Por muitos anos, o controle de ponto foi visto como um processo burocrático e incompleto, que causava grandes problemas para o departamento de recursos humanos principalmente pela falta de segurança no registro dos horários.

Mas hoje, o cenário é totalmente diferente. Com a implementação da Portaria 373, novas tecnologias foram inseridas na prática de controle de jornada de trabalho, permitindo o surgimento de sistemas modernos e completos que não só garantem a segurança na marcação do ponto, como também proporcionam diversos benefícios.

Uma das grandes novidades que esta Portaria proporcionou foi o surgimento do controle de ponto alternativo. Por funcionar de forma virtual com armazenamento em nuvem, ele permite que todas as informações de jornada dos colaboradores sejam acompanhadas e gerenciadas em tempo real de forma muito mais eficiente.

Mas afinal, como o controle de ponto auxilia na satisfação dos colaboradores?

Um dos maiores benefícios de sistemas de controle de ponto alternativo, como o da PontoTel, é o fato de permitirem que os funcionários registrem seus horários de forma online por meio de diversos aparelhos.

Dessa forma, além do colaborador ter maior segurança no registro, caso precise revisar alguma marcação de ponto, também terá acesso em tempo real à esses dados, podendo até mesmo verificar sua quantidade de horas extras e fazer sua auto-gestão do banco de horas.

Como exemplo, com o PontoTel, toda vez que um funcionário marcar seu ponto pelo aplicativo, ele se posicionará para o registro de sua imagem, e o sistema irá acionar a ferramenta de reconhecimento facial, que irá realizar a leitura da face do colaborador como forma de garantir a veracidade do registro e evitar fraudes.

Essas funcionalidades irão contribuir não só para uma maior satisfação, como também garantir uma relação mais transparente entre as partes.

Venha conhecer mais sobre os benefícios do PontoTel, agende um contato com um dos nossos consultores comerciais.

Como o employer branding ajuda sua empresa na pandemia Covid-19?

employer-branding-covid-19

Até aqui, vimos a importância do employer branding para a imagem da sua empresa e para manter uma boa relação com os colaboradores. Neste ano, esta estratégia ganhou ainda mais destaque com a pandemia do Covid-19.

A crise do Coronavírus causou grande impacto no mundo corporativo, trazendo mudanças que fizeram com que as empresas tivessem que adaptar sua rotina frente à este novo cenário.

Muitas organizações consideradas fundamentais, como hospitais e supermercados, tiveram que continuar seu trabalho presencialmente. Mas por outro lado, vimos o home office crescer e se tornar o dia a dia de diversos profissionais, e até mesmo uma nova legislação específica ser criada para orientar o funcionamento das empresas durante a emergência internacional do surto.

Neste cenário, todas as medidas adotadas no combate à propagação do vírus, junto com recomendações referentes à prevenção, planejamentos e atitudes durante e após a pandemia influenciarão diretamente a imagem da sua empresa no mercado, e principalmente, a percepção dos colaboradores.

Por isso, é importante seguir as recomendações oficiais do Ministério da Saúde (OMS) e da Organização Panamericana de Saúde (OPAS), e adaptá-las à rotina da sua empresa, seja para o trabalho presencial ou para o home office.

Temos um texto completo com algumas das ações que podem ser adotadas pela sua empresa nesta crise do Coronavírus. Clique e veja: RH: sua empresa está preparada para enfrentar o Coronavírus (COVID-19)? [Atualizado].

Para ajudá-los ainda mais, desenvolvemos um ebook completo com informações oficiais e dicas de como seu RH pode se preparar. Clique para baixar!

covid-19-ebook-gratuito

Conclusão

employer-branding-conclusao

O employer branding é uma das melhores estratégias para ajudar sua empresa a construir uma boa imagem e reputação, e consequentemente, fazer com que tenha uma boa relação com seus colaboradores.

Para conseguir implementá-lo de forma eficaz, siga o passo a passo que expliquei e todas as estratégias que podem ser adotadas pelo RH.

Se você gostou deste texto, compartilhe nas redes sociais e continue sua visita em nosso blog.

Fonte: PontoTel


Posts Relacionados