Empréstimo para reforma vale a pena?


Quem nunca precisou dar aquele retoque na casa? Seja para repaginá-la ou para consertar um vazamento, por exemplo. Porém, obras custam caro e o empréstimo para reforma pode ser uma alternativa viável.

Isso porque no mercado existem linhas de crédito específicas para esse fim, seja para apoiar o custeio dos serviços como para a compra dos materiais de construção.

Apesar disso, antes de pegar um empréstimo para reforma é necessário um planejamento para não comprometer sua saúde financeira.

Uma vez que, optando por qualquer modalidade de crédito você estará “adquirindo” uma dívida que se não planejada pode pesar no seu orçamento familiar ao fim do mês. Neste conteúdo vamos tentar lhe ajudar a entender o empréstimo para reforma mostrando:

  • Quais as vantagens e desvantagens do empréstimo para reforma;
  • Qual o prazo para pagamento;
  • Taxa de juros;
  • Critérios para aprovação do empréstimo para reforma;

Quer fazer uma reforma em casa, mas não sabe como? Esse artigo pode lhe ajudar.

Empréstimo para reforma: saiba o que é

O empréstimo para reforma é uma linha de crédito destinada para quem deseja realizar algum tipo de obra no imóvel. As taxas de juros são atrativas, o prazo de pagamento costuma ser alto e há uma aprovação de valores maiores do que em empréstimos pessoais.

Em muitos casos o empréstimo para reforma pode cobrir até 100% do valor da obra. A Caixa possibilita o pagamento em até 35 anos, dependendo do valor solicitado e perfil do cliente.

Para solicitar um empréstimo para reforma, no entanto, a pessoa precisa ser a proprietária do imóvel.

Vantagens do empréstimo para reforma

O empréstimo para reforma se diferencia de outros modelos de crédito principalmente pelas facilidades de pagamento como tempo e taxas. Conheça abaixo suas principais vantagens.

Alto valor de crédito

Seja para trocar o piso ou para expandir o imóvel, o empréstimo para reforma oferece inúmeras possibilidades quanto o assunto é o valor do crédito. Aliás, essa é uma das principais vantagens para quem opta por esse tipo de financiamento.

Dependendo do perfil de investidor é possível bancar até 100% do valor da obra, utilizando parte do imóvel como garantia.

Tempo de pagamento

De meses a anos. O tempo para pagamento é um dos grandes diferenciais do empréstimo para reforma. No CCSBPE Reforma e Ampliação – Caixa o investidor pode dividir o empréstimo em até 35 anos, dependendo é claro do seu perfil e valor solicitado.

Evitando assim que esse custo pese tanto no orçamento mensal.

Taxa de juros diferenciada

Outra grande vantagem está na taxa de juros. Afinal, no empréstimo para reforma o valor é bem diferenciado em relação ao crédito pessoal, cheque especial e cartão de crédito. A Caixa oferece uma taxa de juros de 0,41 % ao mês, que é considerada a melhor do mercado.

É claro que para aproveitar uma taxa tão baixa é necessária uma avaliação do seu perfil por parte do banco.

Em outro artigo abordamos como funciona a análise de crédito e qual a função dela.

Maior controle das finanças

Muitas pessoas acabam retirando das economias ou até mesmo barrando seus investimentos para começar uma reforma.

Todavia, o empréstimo para reforma pode ser o suporte necessário para evitar esse tipo de cenário. Assim você não mexe no dinheiro guardado e consegue deixá-lo rendendo na conta para usar em possíveis imprevistos ou futuros investimentos.

Com isso, você utiliza o dinheiro do empréstimo para reforma e não compromete suas economias. Podendo até pagar as parcelas do empréstimo com o rendimento dos seus investimentos.

Mas para conseguir se aproveitar desse tipo de empréstimo dessa forma é necessário planejamento e organização financeira para que você não acumule dívidas e no fim acabe gastando o que de início você quis poupar.  

As desvantagens do empréstimo para reforma

Se existem vantagens por parte do empréstimo para reforma é bom se atentar aos perigos relacionados a essa linha de crédito. Confira alguns deles:

Risco de endividamento

Qualquer pedido de empréstimo requer um planejamento financeiro prévio. Isso porque se não há um controle de custos é possível que a dívida se torne uma bola de neve.

E o que era uma forma de ajuda acaba trazendo uma dívida que em muitos casos pode ser “impagável”. Portanto, para não viver essa situação avalie o valor das parcelas mensais e veja se encaixa ao seu orçamento.

Taxa de juros alta se não houver pesquisa

Se por um lado a taxa de juros baixa pode ser uma vantagem, por outro ela é perigosíssima. Como isso? A taxa de juros pode ser muitas vezes extremamente elevada se você fecha com a primeira oportunidade de empréstimo que vem a sua frente.

Com isso, a dívida pode ficar muito maior do que a inicial e descontrolar a sua saúde financeira.

Por isso, saiba usar a taxa a seu favor, fazendo pesquisas de mercado e comparando as oportunidades que cada banco oferece, para evitar que os juros sejam elevados no pedido de empréstimo para reforma.

Limitação de compra

Muitas vezes o empréstimo para reforma é destinado a questões específicas como serviços e materiais para obra. Ou seja, não é possível investir esse dinheiro em móveis, eletrodomésticos ou itens para a casa.

Essa barreira é vista como uma desvantagem para quem está planejando uma reforma geral no imóvel. Pois, além de gastar com a obra, será necessário ter mais dinheiro para investir em outros pontos para renovar o ambiente.

Conheça as principais linhas de crédito do mercado

Listamos abaixo as linhas de crédito quando o assunto é o empréstimo para reforma nos principais bancos.

Caixa

A linha de crédito da Caixa – CCSBPE Reforma e Ampliação – se destaca principalmente pela baixa taxa de juros e pelo longo tempo de pagamento. O empréstimo para reforma nesse caso pode ser utilizado tanto em imóveis residenciais como comerciais.

Entre os principais pontos do empréstimo para reforma da Caixa estão:

  • 35 anos para pagar;
  • Taxa de juros que parte de 0,41% mensal;
  • Não limita pessoas que possuem outro financiamento ou imóvel;

A principal desvantagem é a avaliação do perfil da pessoa que deseja pegar o empréstimo. Além de muitas vezes burocrática, ela determina o valor, prazo de pagamento e até mesmo o juros na linha de crédito.

Bradesco – CDC Reforma de Imóveis

O empréstimo para reforma do Bradesco oferece um prazo maior para pagamento da 1º parcela e os valores mensais a partir de R$20,00 não pesam tanto no orçamento dependendo do valor solicitado para o empréstimo.

Podemos destacar nessa linha de crédito:

  • Até 62 para a quitação da 1º parcela do empréstimo;
  • 48 meses para pagar (4 anos);
  • 70% do total do valor da obra financiado;

Assim como na linha de crédito da Caixa, um ponto que pode ser considerado como negativo é que tudo depende de uma avaliação do seu perfil.

Então, não necessariamente você conseguirá o valor que está precisando. Em outras palavras, o banco precisa aprovar o empréstimo com base na análise de crédito do seu perfil.

Itaú – Construshop

A linha de crédito do Itaú permite que a 1º parcela do empréstimo seja paga após três meses. Além disso, é possível dividir o valor para ser pago em até 4 anos e a taxa de juros é reduzida.

Os principais destaques dessa linha de crédito são:

  • 6 meses a 4 anos para pagar o empréstimo para reforma;
  • Até 90 dias para pagar a primeira parcela;  
  • Taxa de juros entre 3 a 6,01%;

O ponto negativo nesse caso é que para usufruir desses benefícios da linha de crédito do Itaú com esse fim é necessário que a pessoa seja correntista do banco.

BB – Crediário/ Construção

O BB – Crediário/ Construção oferece um tempo maior para pagamento da 1º parcela e não há o limite para uso do dinheiro apenas para obras, é possível também investir o valor em imóveis.

Confira as vantagens dessa linha de crédito:

  • Até 180 dias para pagar a primeira parcela;
  • Empréstimos de até 50 mil;
  • Até 54 meses para pagar;

A grande desvantagem para essa linha de crédito é que ela é destinada apenas para clientes do Banco do Brasil com o cartão de crédito Ourocard.

Empréstimo para reforma: planeje antes de fazer

O empréstimo para reforma, quando feito de forma organizada e responsável, pode ser um ótimo apoio para quem quer dar uma cara nova ao seu imóvel.

Não só isso, ele também permite às pessoas corrigirem qualquer problema na casa que necessita de obra, como quebra de canos, vazamentos e etc.

O grande segredo do empréstimo para reforma, como pudemos ver, é avaliar a necessidade do empréstimo, o peso dele sobre o orçamento e conhecer as várias opções que o mercado oferece.

Temos esses três pontos como os principais pilares para ficar mais fácil pegar um empréstimo respeitando a sua saúde financeira. Até porque se isso não for respeitado a tendência é que haja endividamento.

Portanto, mesmo que esse tipo de linha de crédito seja rápido e até mesmo fácil de se conseguir é preciso cautela.

Fonte:Xerpa


Posts Relacionados