Entenda a importância da diversidade nas empresas

Diversidade nas empresas e inclusão social são temas de extrema importância e estão se tornando cada vez mais populares no mercado de trabalho.

Atualmente, apenas 2% dos empregados das empresas brasileiras são pessoas com deficiência (PCD) , embora quase 24% da população tenha algum tipo de deficiência.

Além disso, apenas 13% dos cargos de chefia são ocupados por mulheres, que recebem, em média, 30% a menos que os homens no mesmo cargo.

Outro ponto de alerta é que as taxas de desemprego e empregos mal remunerados são maiores em relação à população negra. Da mesma forma, a maior parte da discriminação é direcionada a este grupo.

Isso significa que a abertura das portas de uma organização à diversidade afeta todos os fatores de construção social: idade, nacionalidade, posição social, orientação sexual e outros.

Portanto, em um mercado cada vez mais globalizado, a diversidade na empresa vai além do respeito e da aceitação das diferenças e não é apenas um programa social. Uma empresa com representatividade tem mais oportunidades de se destacar no mercado de trabalho e alcançar melhores resultados.

Entenda agora a importância de uma estrutura de equipe diversificada e como ela pode ajudar a aumentar o desempenho e os resultados de sua empresa. E mais: como você pode colocar esse conceito em prática.

A seguir, veja os tópicos que iremos abordar ao longo da sua leitura:

Vamos lá?

O que é a diversidade nas empresas?

A diversidade pode ser definida como um grupo de pessoas com diferentes habilidades e características, pertencentes a diferentes grupos culturais.

Já nas organizações, a diversidade pode ser compreendida por profissionais de todas as idades, etnias, orientações sexuais, classes sociais, gêneros, deficiências, religiões, culturas e outras categorias, que iremos destacar neste texto.

Isso porque a diversidade do ambiente de trabalho é importante para que a organização tenha equipes que sejam capazes de oferecer à empresa um universo de oportunidades para desenvolver novos conhecimentos.

Além disso, essa diversidade proporciona às organizações maiores conhecimentos e habilidades. Esse conjunto, se bem administrado, dá à empresa maiores vantagens competitivas.

Assim, uma cultura organizacional que trata a diversidade como parte estratégica estará apta para o desenvolvimento e à inovação das pessoas e de toda a sua rede de relacionamentos, incluindo outras empresas.

Um ambiente de trabalho saudável ainda permite que pessoas com diferentes perfis troquem experiências. Dessa forma, o ambiente organizacional torna-se motivador e capaz de transformar o negócio, dando-lhe um novo significado, e isso cria mais valor para os produtos e serviços da empresa.

No entanto, a diversidade nas empresas é algo que precisa ser construído gradativamente para que todos possam dialogar. Isso assegura a manutenção das ações necessárias para que essa cultura tenha resultados consistentes e contínuos.

Para tanto, o setor de RH tem a função de ser o promotor da diversidade nas empresas, junto às lideranças. Assim, é possível buscar iniciativas e soluções para que diferentes perfis possam colaborar para o crescimento e desenvolvimento do negócio.

Por isso, trabalhar a diversidade nas empresas não significa priorizar a seleção de determinados grupos de pessoas, mas considerar todas as tribos sem preconceitos.

Mas também, o contrato não pode conter vantagem para apenas uma das partes – a empresa e o contratado devem sentir que estão agregando e recebendo valor, caso contrário, a limitação de um ou de outro falará mais alto em algum momento.

Isso porque fazer da sua empresa um local diversificado não é apenas contratar  alguém somente para cumprir a lei. Você precisa se concentrar no que a diversidade trará como resultado e procurar bons candidatos em diferentes lugares.

Por que a diversidade nas empresas é importante?

A diversidade nas empresas  promove um ambiente de trabalho saudável, bem como incentiva  a troca de experiências entre diferentes perfis profissionais.

Além disso, garante  a motivação e o aumento da produtividade dos colaboradores, fatores que podem aumentar a competitividade da empresa no mercado em que atua.

Outro fator importante a estar atento é que uma empresa diversificada dá um novo significado à sociedade em que está inserida, e isso cria mais valor para os produtos e serviços da organização.

É claro que essa transformação não acontece repentinamente, pois a diversidade nas organizações é algo a ser incentivado e construído gradativamente para que todos possam se envolver através de uma comunicação transparente.

Em vista disso, o planejamento de ações efetivas relacionadas à diversidade, garante que a  cultura organizacional alcance resultados adequados e sustentáveis.

Do ponto de vista da equipe, quando a empresa consegue ser inclusiva, nos mais diversos aspectos, isso garante maior facilidade para que as pessoas enxerguem os objetivos que realmente importam. Isso porque diferentes visões cobrem muito mais ângulos e geram mais oportunidades.

Quais as vantagens da diversidade na organização?

Desde a expansão das perspectivas dos membros da equipe até a inovação, a diversidade traz muitos benefícios que dão à organização uma vantagem competitiva. Listamos os principais para você, acompanhe:

1. Aumento da criatividade organizacional

O aumento da criatividade organizacional é o primeiro deles. Entenda que, ao proporcionar um espaço onde as diferenças são valorizadas, as equipes de trabalho terão maior liberdade para expressar a genuinidade e autenticidade de seus integrantes.

Este é um ponto importante, pois contribui para a originalidade das performances. O ambiente diversificado da empresa propicia o desenvolvimento de novos conceitos e ideias entre os colaboradores.

Christine Wright, uma das 100 principais líderes com maior impacto na gestão de pessoas, diz que a diversidade nas empresas traz um enorme potencial criativo para os negócios. Isso ocorre porque as nossas experiências nos levam à maneira como percebemos os problemas e como os resolvemos.

Quanto mais diversificada for a equipe, maior será o número de ideias apresentadas e maior será a chance que a organização terá de alcançar os resultados desejados.

2. Sempre inovando

Como resultado do aumento da criatividade organizacional, surge um dos fatores mais importantes para o sucesso da empresa: a inovação.

Um estudo da revista Forbes afirma que a diversidade nas empresas é um dos principais motores da criação de um ambiente inovador: também indica ser um elemento-chave do crescimento global.

De acordo com o estudo, uma força de trabalho diversificada e inclusiva é essencial para as organizações que buscam atrair e reter os melhores talentos, o que fortalece o desenvolvimento de uma cultura de inovação.

3. Redução de conflitos

Nas empresas onde existe respeito pela diversidade, os conflitos são muito menores.

Isso porque, por haver uma política saudável de conveniência entre as diferenças, as equipes e, principalmente, seus integrantes terão mais facilidade para lidar com as diferenças que possam surgir durante as atividades.

Desta forma, diferentes opiniões não criarão atrito, confusão e/ou distorções. Dependendo da situação, essas discordâncias se tornam estímulos para um estabelecimento cooperativo em busca de um consenso maior.

4. Melhor imagem da empresa

Uma empresa que  valoriza a diversidade cumpre seu papel social, de extrema importância para a construção de uma boa imagem.

Em suma, se uma empresa quer ser bem valorizada, deve adotar uma atitude consciente e responsável para com a sociedade como grupo.

5. Clima organizacional mais favorável

À medida que uma cultura da diversidade se consolida, vai fomentando gradualmente um ambiente de cooperação e respeito.

Com isso, percebe-se uma melhora na convivência das pessoas, e a rotina de trabalho torna-se mais tranquila, favorecendo um clima organizacional positivo.

6. Diminuição da rotatividade de funcionários

A rotatividade tende a diminuir à medida que o clima organizacional é mais harmonioso. Isso porque os colaboradores começam a enxergar um lugar de desenvolvimento na empresa, tanto pessoal quanto profissional.

Isso faz uma grande diferença para as empresas, pois o alto número de dispensas gera altos custos com treinamento de novos funcionários e gastos associados às dispensas, sem falar nas despesas com novos processos seletivos.

7. Alcance de melhores resultados

A consequência dos benefícios citados até agora não poderia ser outra coisa senão a obtenção de melhores resultados gerais.

O motivo é simples: em um espaço onde a diversidade é promovida, a empresa oferece um ambiente amigável, colaborativo e estimulante.

Os profissionais sentem-se mais motivados e envolvidos na realização de suas tarefas. Ao aumentar a qualidade de vida dos colaboradores, não há dúvidas de que as tarefas serão realizadas de maneira mais eficaz.

Com tudo isso, podemos concluir que a diversidade nas empresas é benéfica para todas as partes, pois tanto os colaboradores quanto os empregadores só têm a ganhar.

Quais problemas a falta de diversidade pode trazer para a empresa?

Em um ambiente de negócios onde as diferenças são respeitadas, haverá automaticamente menos conflito e maior envolvimento dos funcionários. Uma pesquisa da Harvard Business revela que os conflitos são reduzidos em 50% em comparação com organizações que não investem na diversidade.

A má convivência na empresa, em um ambiente que não aceita diferenças, faz com que os funcionários se sintam mais inseguros, o que pode aumentar a rotatividade da organização.

Sem valorizar as diferenças, o clima organizacional se deteriora, os funcionários ficam menos à vontade para descobrir seu potencial, tornando-os menos criativos.

Ainda segundo a pesquisa da Harvard Business, em empresas onde o ambiente de diversidade não é reconhecido, os funcionários estão 83% menos engajados e dispostos a exceder suas responsabilidades.

Além disso, organizações  que não investem muito em uma equipe diversa, principalmente em um país com múltiplas religiões e etnias, estão deixando de cumprir seu papel social. Essa falta de investimento não dá boa visibilidade na comunidade onde a organização está envolvida.

Com todas as desvantagens mencionadas acima, desvalorizar a diversidade no ambiente de negócios também piora os resultados finais e os lucros da empresa significativamente.

Conforme uma pesquisa da empresa de consultoria e gestão, McKinsey & Company, empresas com diversidade étnica e racial têm 35% mais chances de ter rendimentos acima da média do seu setor. Ainda de acordo com a pesquisa, organizações com diversidade de gênero têm 15% mais chances de ter rendimentos acima da média.

Como promover a diversidade na empresa?

Algumas ações podem ser tomadas para impulsionar a diversidade nas empresas. Podemos destacar as seguintes:

Avalie e mensure o quadro de funcionários

Procure fazer um diagnóstico claro do quadro de funcionários da empresa e entenda sua composição. Outra dica é  entender os motivos que levaram à contratação dessas pessoas e o que pode ser feito para aumentar a diversidade na equipe.

Trabalhe a cultura organizacional

Vale a pena olhar para esse quadro e até mesmo fazer um estudo de clima organizacional para entender se existe um sentimento de exclusão em alguns grupos no ambiente corporativo.

A cultura da sua empresa valoriza a diversidade ou você está sempre procurando o mesmo tipo de especialista? Isso cria espaço para inovação e integração de valor?

Preste atenção aos processos de recrutamento

A busca por novos funcionários sempre na mesma universidade, com a mesma formação ou em grupo limitado torna a empresa completamente homogênea e sem perspectivas de mudanças.

O preconceito inconsciente também pode dificultar a seleção dos candidatos. Em vista disso, uma boa alternativa para contornar esses problemas é usar um software de recrutamento e seleção que identifica aqueles que realmente se qualificam para uma vaga, sem considerar quaisquer fatores discriminatórios.

Outra solução é apostar na contratação às cegas para aumentar a diversidade dentro da equipe.

Invista na comunicação interna

Esse apoio à diversidade deve vir não só dos valores da empresa, mas também do comportamento dos colaboradores.

Para isso, é necessário trabalhar a comunicação interna, valorizando o respeito às diferenças e, se necessário, promover treinamentos de conscientização.

Além disso, é importante trabalhar o acolhimento entre os colaboradores, e essa iniciativa deve partir da organização.

Com isso, percebemos a construção de uma sociedade mais inclusiva, refletindo a preocupação em combater o preconceito. Claro que ainda há muito a ser feito, mas o primeiro passo para uma realidade melhor é uma maior aceitação das diferenças no ambiente de trabalho.

Qual o papel do RH para garantir mais diversidade?

Como mencionamos neste texto, o departamento de Recursos Humanos pode trabalhar de várias maneiras para integrar a diversidade em uma organização. Na verdade, essa cultura começa na construção da força de trabalho da empresa e deve ser implementada desde o processo de recrutamento e seleção.

No entanto, muitos processos seletivos ainda buscam manter um determinado padrão, analisando fatores como religião, etnia e orientação sexual dos candidatos. Portanto, é preciso romper com esse tipo de seletividade e ampliar as vagas de trabalho para pessoas com características diversas.

As diferenças devem ser resolvidas por todos na empresa, e o RH pode ajudar nessa intervenção. Além disso, também é necessário promover a comunicação e o diálogo, para que haja troca de conhecimentos e integração.

É imprescindível que os gestores estejam dispostos a ouvir os funcionários, permitindo feedbacks e aceitando sugestões de melhorias. Além disso, a comunicação entre colegas e o trabalho em equipe devem ser incentivados.

Dessa forma, o RH pode ajudar a conciliar as relações e promover o respeito, a aceitação e sua atuação se dará desde a contratação até a retenção dos colaboradores e processos internos, como treinamentos e atividades do dia a dia. A seguir, veja algumas dicas práticas.

Recrute em uma área mais ampla

É extremamente necessário que haja uma expansão das suas áreas de divulgação das vagas quando for preciso conduzir um processo de recrutamento, ajudando a atrair um público mais diversificado. Essa extensão pode ocorrer de várias maneiras, por exemplo, usando sites ou publicidade em uma área geográfica maior.

Ofereça treinamento em diversidade

O treinamento ajuda os funcionários e até os gerentes a perceber o quão positivo pode ser uma variedade de perfis na empresa. Isso ajuda a tornar o ambiente mais acolhedor.

Incentive a diversidade em todos os níveis

Não basta promover apenas processos de recrutamento e seleção mais variados. Essa ideia deve estar presente em todos os níveis: desde os básicos até os superiores.

Para integrar a diversidade, cada empresa deve ser autêntica. Por isso, não adianta ficar procurando apenas por números: é preciso considerar a maneira como as pessoas são tratadas e, assim, buscar a melhor forma de promover o respeito e a aceitação naquele ambiente.

Conclusão

Ao longo deste texto, foi possível perceber como RH desempenha um papel extremamente importante dentro da empresa quando falamos sobre diversidade. Afinal, ele pode ajudar as pessoas envolvidas a se adaptarem a essa ideia, enquanto atua com a inserção dela na cultura da empresa.

Outro aspecto que não pode ser ignorado são os desafios que devem ser enfrentados ao se fazer essa integração, pois, infelizmente, ainda encontramos preconceitos e padrões engessados. Porém, essa situação é reversível e basta dedicação para mudá-la.

Dessa forma, é essencial ampliar a ética, respeito e também os conhecimentos para que seja possível fazer as orientações necessárias para favorecer o rendimento da empresa.

Se você gostou deste artigo, visite nosso blog e leia nossos conteúdos sobre gestão de pessoas, liderança e negócios. Compartilhe em suas redes!

Fonte: PontoTel

Posts Relacionados