Geolocalização:veja em que áreas ela pode ser usada e como funciona!

Imagem de Andrey_Photos por Pixabay

A geolocalização, também conhecida como georreferenciação, é um processo de identificação de informações geográficas, captadas por meio de dispositivos conectados à internet, satélite ou radiofrequência.

Essas informações auxiliam empresas a determinar a localização exata de seus consumidores e colaboradores, e são utilizadas em diversas aplicações e áreas, de modo a melhorar a oferta de serviços segmentados e identificar novas demandas conforme as necessidades locais.

Essa ferramenta surgiu na Guerra Fria, como uma arma estratégica para identificar tropas, e hoje é utilizada principalmente para definir ações de marketing, melhorar a gestão de ponto e a logística dos negócios.

Para você entender melhor como a geolocalização  é aplicada no dia a dia das empresas, e também no cotidiano das pessoas, neste artigo reunimos as seguintes informações:

Boa leitura!

Geolocalização: conceito

Podemos definir como geolocalização o recurso tecnológico que permite localizar qualquer objeto ou pessoa, por meio da sua posição geográfica, detectada automaticamente por um sistema de coordenadas.

Essas coordenadas são detectadas via satélite, com base em latitude e longitude do local que o objeto ou pessoa estão, e todo esse processo acontece com a captação do sinal de aparelhos eletrônicos e aplicativos, capazes de serem detectados por sinal.

Para que ela serve?

A princípio, a geolocalização foi criada para auxiliar os países a identificar a movimentação das suas tropas em períodos de guerra, mais precisamente na Guerra Fria, e eram utilizadas principalmente em ambiente militar.

Atualmente, graças aos avanços da tecnologia, esse recurso é aplicado em diversas áreas, como Marketing, RH e Tecnologia da Informação, e serve para melhorar os serviços empresariais e a qualidade de produtos.Por meio de aplicações de geolocalização, as empresas conseguem determinar o posicionamento de clientes, colaboradores e até mesmo produtos, sendo essa uma grande vantagem para a oferta de serviços que exigem a identificação local de algo ou alguém.

Como funciona a geolocalização?

Entender como fazer geolocalização é muito importante para empresas, pois diversas delas apostam em ações de marketing, como a distribuição de cupons ou a amostragem dos seus produtos, por meio de ofertas feitas por localização, ou em rastreamento de produtos e colaboradores.

Esse sistema funciona como um sistema de coordenadas, obtidas por diferentes categorias de sinais, como:

GPS

O GPS, sigla para Sistema de Posicionamento Global, é o método de geolocalização mais conhecido. Ele funciona por meio da captação de dados de satélites que ficam na órbita do planeta Terra.

Para que o GPS consiga determinar a posição correta de um objeto, ele precisa que ao menos três satélites captem seu sinal, realizem uma triangulação de dados do objeto, e então determinem com precisão a sua localização.

Radiofrequência

O sistema de radiofrequência, também chamado de GSM, é um tipo de geolocalização que funciona via ondas de rádio, onde as informações para a determinação da localização são obtidas utilizando dados fornecidos por meio de torres de operadores de telefonia móvel.

Esse estilo de captação de informações é bastante funcional, e a área de cobertura bastante extensa, e todo aparelho de celular que utilize o sinal de uma operadora de telefonia móvel tem seus dados rastreados, sem necessariamente precisar utilizar o GPS.

AGPS

O método de captação conhecido como AGPS ou GPS assistido, é um sistema que une os formatos de GPS e radiofrequência na captação de dados, ou seja, nesse sistema são unificados os dados obtidos por operadoras de telefonia móvel e via satélite, o que torna a geolocalização mais precisa.

A principal diferença entre um sistema de geolocalização GPS e AGPS está na velocidade.

O sistema GPS é totalmente dependente de uma conexão via satélite, por isso é um pouco mais lento que o sistema AGPS, que por contar com dois sistemas de localização, tende a encontrar as informações mais rápido, já que redes de telefonia são comuns em todos os lugares, tendo uma estabilidade maior.

Wi-fi

A geolocalização via wi-fi é considerada um método indoor. Nesse formato, a localização do item ou pessoa é determinada pelo funcionamento de uma conexão de rede sem fio, utilizando a intensidade da rede de wi-fi para determinar a localização de algo ou alguém.

Nesse estilo de localização, o GPS também não precisa estar funcionando para a geolocalização ser mapeada.

Qual a diferença entre GPS x Geolocalização?

A geolocalização é o conceito, que promete localizar qualquer coisa usando um sistema de localização. Já o GPS é um dos métodos de geolocalização existentes, sendo esse o jeito mais comum  de determinar uma localização.

A estratégia da geolocalização pode ser aplicada a inúmeras atividades no dia a dia das pessoas, sendo comum identificar essas informações com o uso do GPS para determinar:

  • a contagem de passos em atividades físicas;
  • a previsão do tempo;
  • o percusso para locais desconhecidos;
  • o rastreio de itens;
  • dentre outras funções.

Em quais áreas a geolocalização pode ser usada?

As aplicações de geolocalização são muito eficientes em diversos processos cotidianos, seja na vida pessoal, ou em questões de logísticas de empresas, que para realizar um bom gerenciamento de suas equipes, precisam de um sistema de monitoramento para equipes externas, prestadores de serviços, entregadores, dentre outros.

Diversas áreas empregam o controle via geolocalização em suas jornadas de trabalho, pois ferramentas de localização podem facilitar o levantamento de informações importantes sobre os colaboradores.

Veja a seguir como alguns setores implementam essa ferramenta como estratégia de monitoramento de recursos e pessoas.

Geolocalização no Marketing

A geolocalização aplicada ao marketing serve como um guia de preferências nas campanhas criadas. O chamado geomarketing usa os mecanismos da geolocalização das estratégias de negócio que o marketing possibilita.

Esse setor das empresas aproveita os recursos de geolocalização para localizar os consumidores, e determinar suas predileções a partir de suas buscas, que geram dados específicos sobre seus desejos e anseios.

Empresas que sabem o que é geolocalização, costumam aproveitar esse recurso para filtrar leads a partir de uma região específica, ou por idade, ou até mesmo por produto, e essa estratégia é chamada de geofencing.

A geolocalização aplicada ao marketing, sempre aproveita os recursos da localização dos consumidores, pois, por meio deles as empresas criam insights e determinam seu público com mais precisão.

Geolocalização no RH

Por meio da geolocalização no RH, as empresas conseguem gerenciar suas equipes em tempo real, e isso é importante principalmente para os negócios que lidam com equipes externas.

Sistemas que funcionam utilizando aplicações de geolocalização, como o PontoTel, um sistema completo de gestão e controle de ponto, possibilitam ao RH gerenciar informações dos colaboradores mais facilmente, economizando e otimizando tempo no gerenciamento da jornada dos colaboradores.

Outra funcionalidade interessante, está relacionada à possibilidade de localizar os colaboradores, pois, por meio da geolocalização se torna possível verificar onde um funcionário está ao registrar seu ponto, isso evita fraude, principalmente para empresas com trabalhadores sempre em movimento, como os caminhoneiros.

Além disso, esses sistemas podem ser acessados por dispositivos móveis, por meio de redes de wi-fi ou GPS, tornando o gerenciamento do controle de ponto muito mais estratégico.

Geolocalização em Processos Logísticos

A geolocalização é fundamental em processos logísticos atualmente, pois, a maioria desses processos envolvem a locomoção de veículos e cargas, e contando com um sistema de geolocalização as empresas conseguem organizar muito melhor seus transportes.

Esse sistema auxilia no monitoramento de cargas e frotas, que geralmente transportam mercadorias em grandes quantidades, sendo uma operação cara e que não pode estar exposta a riscos, por isso precisam ser monitoradas.

Auxilia também no monitoramento de veículos e sistemas de delivery, tornando as experiências dos consumidores muito mais seguras, além de possibilitar que as empresas acompanhem a realização do seu serviço de entrega com mais agilidade.

Geolocalização em Games e aplicativos

Um game ou aplicativo que usa a geolocalização para buscar dados, funciona via GPS, AGPS, radiofrequência ou Wi-Fi. Esses aplicativos geralmente precisam da localização dos usuários para poder gerar a experiência proposta por eles.

O recurso é muito utilizado por aplicativos de delivery — como o Ifood —, aplicativos de mobilidade urbana — como Uber, Waze e 99 —, aplicativos esportivos — como o Nike Training e o FitPro, ferramentas de busca — como o Google Maps e o Forsquare, e jogos virtuais — como o Pokemon Go e Ingress.

Em jogos, o recurso da geolocalização costuma explorar narrativas que envolvem realidade aumentada, e estimulam os jogadores a compartilhar sua localização, para que suas informações sejam aplicadas locais sejam aplicadas ao jogo.

Geolocalização no Google

O uso de geolocalização em ferramentas do Google, tendem a melhorar a experiência dos usuários, ajudando-os a criar possibilidades de crescimento para negócios, melhorar a locomoção das pessoas, e estimular operações de divulgação e marketing.

As principais aplicações do Google contam com a geolocalização, e as mais utilizadas são:

  • Google Maps, que conta com mapas estáticos e dinâmicos, com imagens do Street View e visualizações de 360º;
  • Google Routes, que auxilia as pessoas a criarem rotas entre dois pontos, com informações atualizadas em tempo real;
  • Google Places, que conta com mais de 100 milhões de sites, usa tecnologia inteligente de localização, e ajuda os usuários a encontrar lugares nos mais variados cantos do mundo.

Funcionalidades da geolocalização

A geolocalização possui diversas funcionalidades, mas existem três que são as mais conhecidas e usados na captação de informações por localização, que são:

  1. Geobehavior

A geobehavior é uma aplicação da geolocalização, utilizada para captar informações fundamentais sobre algo ou alguém, a fim de auxiliar na criação de estratégias bem elaboradas e focadas para o sucesso.

Exemplo de aplicação de geobehavior: quando um shopping passa a pesquisar os horários de mais movimento nas  lojas, ele está focado em criar estratégias para captar novos consumidores para os períodos de menor movimento, ou, este empenhado em criar promoções para os momentos de lotação máxima do estabelecimento.

  1. Geoprocessamento

O geoprocessamento é utilizado no tratamento de dados, sendo muito importante para empreendimentos que precisam de informações de geolocalização para desenvolver suas atividades, ou detectar informações relevantes.

Exemplo de aplicação de geoprocessamento: empresas ou profissionais como jornalistas, geógrafos, transportadoras, que utilizam os dados de geolocalização para melhorar seus serviços, e atender as necessidades locais, e utilizam informações de ferramentas como o Waze e o Google Maps, por exemplo.

  1. Geomarketing

Já citado anteriormente, o geomarketing é a aplicação de geolocalização mais utilizada por empresas e suas equipes de marketing, e ela é usada para determinar o público e as melhores estratégias em cada região em que um empreendimento atua.

Por meio do geomarketing é possível determinar dados geográficos de um público, suas tendências comportamentais, seus hábitos de compra, dentre outras informações capazes de favorecer o negócio não só com os consumidores, mas também com seus funcionários.

Como autorizar a geolocalização

A geolocalização é um recurso habilitado na maioria dos aparelhos eletrônicos, afinal, a maioria deles precisa de Wi-Fi, ou radiofrequência para funcionar, e, como vimos, aparelhos conectados ao WI-FI ou a radiofrequência das operadoras de telefonia, automaticamente se tornam rastreáveis.

No entanto, existem alguns aplicativos e sites que solicitam também o rastreamento via GPS, e, para isso, o recurso de localização precisa ser acionado, para que os dados sejam transmitidos também via GPS.

Esse tipo de aplicativo exige que o usuário ative a localização em seu aparelho, e essa ativação é normalmente feita em ajustes de privacidade do aparelho.

Essa liberação de ativação de localização é muito comum de ser solicitada em aplicativos que usam GPS, pois facilitam o acesso a informações importantes de localização, que podem ser fundamentais no registro preciso dos dados do usuário, seja ele um cliente, ou um colaborador de empresa que utilize esse recurso.

Quais são os benefícios da geolocalização

A geolocalização surgiu como parte de uma estratégia de guerra, e com o passar dos anos continuou sendo utilizada como uma estratégia, mas, hoje em dia, sua aplicação é relacionada a táticas de negócio, sendo ela uma ferramenta que auxilia na segmentação de público, e no gerenciamento geral de um negócio.

Essa estratégia gera diversas vantagens para as pessoas e empresas, as mais comuns são:

  • informações sempre atualizadas;
  • monitoramento eficiente — de cargas, frotas, funcionários, objetos, dentre outros;
  • detecção de falhas logísticas;
  • planejamento de rotas;
  • dentre outras.

Veja a seguir alguns benefícios mais específicos motivados pela geolocalização:

Estratégia de negócio aprimorada

Utilizar estratégias de geolocalização permite que as empresas consigam determinar aquilo que agrada ou não o público. Isso também ajuda a determinar os melhores funcionários para uma empresa, ou monitorar o tempo de trabalho dos colaboradores.

A partir dessas informações os negócios conseguem definir inúmeras mudanças no ambiente organizacional, ou nos serviços prestados, sendo a geolocalização uma ferramenta que possibilita o aprimoramento das estratégias do negócio.

Fortalecimento de informações mais corretas para clientes

Com a geolocalização se torna muito mais fácil conhecer os consumidores que frequentam um estabelecimento, se candidatam a vagas em uma empresa, ou consomem um determinado tipo de produtos, pois todas essas informações podem ser obtidas por meio de sistemas que filtrem os dados de candidatos e clientes.

Localização em tempo real

Usando as ferramentas de geolocalização, capazes de captar informações em tempo real, as empresas conseguem se resguardar de fraudes e informações desatualizadas, dessa forma, toda a base de dados do negócio se torna sempre atualizada e confiável.

Esse é um dos fatores que mais tornam a utilização de sistemas com geolocalização relevantes, pois, por meio de plataformas online, ou que recebem informações via satélite ou radiofrequência, a captação dos dados garante segurança ao gerenciamento de equipes e processos.

Retorno financeiro

Quando uma empresa monitora seu público geograficamente, ela consegue determinar quais as maiores demandas que devem ser observadas, quais recursos precisam ser repostos, e quais produtos precisam ser vendidos com mais agilidade.

Usando geolocalização é possível realizar a queima de estoques encalhadas, realizar promoções para um público local específico, e até mesmo gerar propagandas de itens conforme as preferências dos consumidores por localidades.

Esse recurso também é útil em contratações, pois torna o rastreamento de talentos mais específico, ajudando a empresa a identificar pessoas com o perfil mais adequado a vaga ofertada.

Com esses dados, os negócios conseguem segmentar seu público, assim como as empresas podem contratar pessoas com mais coisas em comum com a empresa, sempre relacionando as informações conquistadas pela geolocalização, com as necessidades do empreendimento.

E as desvantagens?

A maior desvantagem percebida em sistemas e aplicativos de geolocalização, está relacionada ao sentimento de insegurança, pois, a maioria das aplicações solicitam permissão para acessar dados pessoais das pessoas, e nem sempre um consumidor ou colaborador tem que dividir todas as suas informações.

Ainda assim, é importante que as pessoas saibam que a lei n.º 13.709/2018, mas conhecida como Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), foi criada para assegurar o uso restrito a dados pessoais, e de forma nenhuma, quem utiliza qualquer dado de outra pessoa, pode expor essas informações.

Entenda por que usar o controle de ponto com geolocalização

Depois de entender todas as vantagens da geolocalização, é importante entender como essa estratégia tecnológica amplia o potencial de gerenciamento de uma empresa.

O controle de ponto é uma tarefa realizada mensalmente pelo RH, e precisa ser administrada cuidadosamente para que erros em cálculos de horas trabalhadas ou benefícios não aconteçam.

Com isso, empresas que utilizam um sistema de controle de jornada automatizado, podem contar com inúmeros recursos capazes de garantir a veracidade no registro de horários dos colaboradores. Dentre esses estão a possibilidade de o sistema ser online, e ainda contar com a segurança da geolocalização.

Com esses potenciais aplicados ao recurso de registro de ponto, a captação de informações dos colaboradores se torna muito mais segura e imediata, facilitando que o RH identifique possíveis falhas e fraudes nas informações captadas.

PontoTel: um sistema de controle de ponto com geolocalização

O PontoTel é um sistema de registro, gestão e controle de ponto, que possibilita registros por computador, telefone e aplicativo, aproveitando os melhores recursos propostos pela geolocalização.

Nosso aplicativo de ponto é compatível com os sistemas operacionais iOS e Android, e possui confirmação de identidade por meio de reconhecimento facial ou voz, respeitando todas as normas das Portarias 1510 e 373.

Nossa ferramenta proporciona um tratamento rápido e descomplicado da folha de pagamento, tornando as políticas mais flexíveis para o RH/DP,  a realização dos cálculos mais ágeis, e o controle de ponto por pessoa ou equipes em tempo real.

Conclusão

Ao longo deste conteúdo ficou evidente que o uso da geolocalização é uma forma de ampliar o banco de dados de uma empresa, conquistar informações mais confiáveis, e expandir o uso dessa tecnologia.

Ela funciona com base em um sistema de coordenadas, que podem ser obtidas por meio do sinal de GPS, radiofrequência, AGPS e Wi-Fi, e comumente ajudam na identificação da previsão do tempo, rotas, e informações ligadas a funcionários de empresas, quando as mesmas utilizam controle de jornada online.

A geolocalização é extremamente útil, e potencializa os resultados de áreas como a de Marketing, Logística, TI e RH, com funcionalidades que ajudam no processamento de dados, campanhas de marketing e muito mais.

Trata-se de uma estratégia de muitos benefícios, e quando bem implementada é segura e fortalece não só a captação de informações, mas também o retorno financeiro dos empreendimentos, principalmente quando alinhada a ferramentas que potencializam a gestão de Recursos Humanos, como o sistema do PontoTel.

Gostou de aprender sobre geolocalização? Assine a newsletter do blog do PontoTel e receba mais conteúdos como este.

Compartilhe em suas redes!

Fonte: PontoTel

Posts Relacionados

Leave a Comment