metas e indicadores essenciais para a empresa

Planejamento e indicadores de resultados são os principais alicerces de uma empresa de sucesso. Contudo, os resultados só são possíveis com base em metas e indicadores que servem de apoio aos gestores nas tomadas de decisão do presente e futuro da empresa.

As metas e indicadores nada mais são do que bases estratégicas empresariais cujos objetivos principais são: medir o desempenho do trabalho, identificar os erros e traçar metas e prioridades.

Um estudo realizado pelo Sebrae indicou que a falta de planejamento é o principal motivo para o fechamento das empresas. Já uma pesquisa do IBGE reitera esse fato e mostra que 21% das organizações não sobrevivem após 1 ano de vida.

Por isso, é tão importante ter metas e indicadores no dia a dia da empresa para se ter uma base de como atuar e agir diante de todos os desafios de mercado.

Mas quais as melhores metas e indicadores? E como escolher os mais adequados? Neste artigo vamos lhe ajudar a definir as metas e indicadores falando sobre:

  • Dados do mercado empresarial;
  • O que são metas?;
  • O que são indicadores?;
  • Para que servem as metas e os indicadores?;
  • Quais os principais indicadores do mercado?;

Se você deseja iniciar um negócio da forma correta, baseando-se em dados e planejamento, esse artigo é perfeito para você. Siga em frente e boa leitura.

Quais os principais dados de planejamento do mercado?

As metas e indicadores devem ser parte de qualquer empresa. Seja ela pequena ou grande é essencial que toda tomada de decisão tenha algum critério ou dado como base.

Isso pode ser visto em pesquisas que apontam as principais diferenças entre empresas que se planejam das que tomam decisões sem fundamento.

Uma pesquisa realizada pela Content Trends, mostrou que 78,1% das organizações que se consideram bem sucedidas tem algum plano estratégico documentado. 

Enquanto em empresas que admitem não ter esse tipo de organização estratégica o índice de sucesso é de apenas 25,2.

A falta de planejamento é vista bastante em pequenas empresa, que não se preparam antes de iniciar seus trabalhos. Muitas não possuem metas claras e ignoram os indicadores como apoio para seguirem em frente.

Não à toa, 91,6% das empresas que declararam falência no primeiro trimestre de 2019 eram de pequeno porte, revelou uma pesquisa da Boa Vista SCPC.

Um estudo do Sebrae e IBMEC, aliás, indica que o principal motivo para o fechamento de uma organização está no pouco tempo dedicado ao planejamento antes de iniciar as atividades

O que são metas?

As metas são definidas como tarefas específicas criadas para que sejam alcançados objetivos maiores. 

Por exemplo: se o objetivo da empresa é aumentar seu faturamento em 50%, dentro desse plano serão traçadas pequenas metas que ao fim serão um apoio para que esse objetivo seja alçado.

Dentro disso, pode-se criar aumento de atendimentos via telemarketing, ações de marketing e novos produtos no catálogo. Todas essas ações são metas para alcançar o objetivo principal.

É bom lembrar que as metas são temporais, ou seja, sempre há um prazo pré-determinado para que elas sejam cumpridas.

O que são indicadores de desempenho?

Os indicadores podem se explicar como sendo ferramentas capazes de gerenciar os processos das empresas e medir o desempenho dos mesmos. 

Chamado de KPI´s – “Key Preformance Indicator” (Indicador Chave de desempenho) – eles têm uma função tanto qualitativa como quantitativa.

Isso quer dizer que, dependendo da escolha dos indicadores, o gestor será capaz de ver seus dados em números ou até mesmo mensurar a qualidade de execução das tarefas.

Mas qual a ligação entre as metas e os indicadores? Completa! Afinal, com suas metas traçadas é por meio dos indicadores que será possível avaliar se realmente elas estão sendo cumpridas ou se darão o resultado esperado.

Falamos mais sobre KPIs no artigo “O que são indicadores de desempenho: TUDO sobre tipos de KPIs, como definir e medir?”

Para que servem as metas e indicadores?

As metas e indicadores servem para dar um norte para o gestor tomar as decisões da empresa. A ideia é que com base em dados concretos qualquer ação seja mais efetiva e precisa no processo.

Ainda podemos apontar como os porquês de adotar metas e indicadores na empresa, os seguintes motivos:

  • Agilidade na correção de problemas;
  • Otimização na execução das tarefas;
  • Acesso a informações macro dos processos;
  • Prevenção de riscos.

Quais os principais indicadores do mercado?

Agora que temos uma visão ampla da importância das metas e indicadores para o sucesso da organização, iremos conhecer alguns dos principais indicadores utilizados no mercado.

Separamos cada um dos indicadores por áreas da empresa: RH, Vendas, Financeiro, Operacional e Marketing. Assim fica mais fácil para se ter uma visão ampla sobre cada setor e entender melhor cada indicador.

Indicadores de RH

Taxa de absenteísmo

O absenteísmo mede o número de afastamentos da empresa, seja por faltas ou algum tipo de doença. Se esse número é elevado é bom rever o seu processo de gestão.

Com esse indicador a empresa pode medir as causas e os principais motivos das ausências e até mesmo criar estratégias para melhorar o clima organizacional da empresa.

Já que, a desmotivação, sobrecarga de tarefas e o estresse podem ser alguns dos motivos que causam o absenteísmo.

Retenção de talentos

Um dos grandes objetivos dos setores de RH é evitar saídas repentinas dos seus colaboradores. No entanto, isso depende de uma boa estratégia direcionada para a gestão de pessoas.

Um bom indicador para avaliar se as suas ações estão sendo eficazes é medindo a retenção de talentos e satisfação dos colaboradores. 

Dado que, se os colaboradores têm permanecido por um longo tempo na empresa a tendência é que a produtividade seja maior e que as metas organizacionais sejam alcançadas mais facilmente.

Pesquisa de Clima organizacional

Um dos principais indicadores de RH é o que se relaciona ao clima organizacional. Para a engrenagem da empresa funcionar bem todos devem estar conectados.

Isso quer dizer que deve haver respeito, profissionalismo e satisfação profissional por parte dos colaboradores. 

Esse tipo de pesquisa de clima organizacional pode ser aplicada avaliando a relação interna entre a equipe e gestores, planos de carreira, plano de benefícios e etc.

Cada ponto desse deve ser de conhecimento do gestor para que assim ele possa identificar possíveis erros que possam estar deixando os profissionais insatisfeitos na empresa.

Indicadores de vendas

Taxa de conversão

Antes da prospecção direta há um caminho em que o cliente percorre, seja buscando informações sobre o produto via posts nas redes, site ou e-mail marketing.

Conhecer esse caminho é essencial para melhorar a jornada do cliente e converter acessos em leads/vendas.

Ticket Médio

Conhecer o valor médio que os clientes gastam, pode ajudar o gestor a ter uma visão ampla na relação com sua marca e contribui para medir a satisfação dos consumidores. Pois, assim é possível planejar estratégias para aumentar as vendas e os lucros.

Custo de Aquisição do Cliente (CAC)

Quanto você tem investido para conseguir um cliente? Quanto gasta em ações de MKT, deslocamentos, brindes? 

No CAC você tem a noção exata do valor gasto para conquistar um cliente. Basta considerar o valor investido durante um período, direcionado a aquisição do cliente, e dividir pelo número que você conseguiu. Você saberá exatamente quanto gastou.

Indicadores financeiros

Faturamento

Impossível falar de metas e indicadores sem citar como um dos principais o faturamento.

É básico, a soma de todas as rendas, mas fundamental para se ater ao desempenho da empresa. É possível delimitar esse indicador ainda mais, analisando apenas um produto ou até mesmo um canal de distribuição previamente determinado.

Lucratividade

Esse indicador aponta se há um alto risco para o negócio ou não. Uma vez que, se o faturamento precisa ser altamente elevado para se ter algum lucro é bom repensar o plano do negócio e os custos dos produtos. 

Para calcular a lucratividade é só seguir a fórmula abaixo.

  • Lucratividade = (lucro líquido / receita bruta) x 100

Um valor considerado aceitável está entre 10 e 20% de lucro, mas é claro que tudo depende das metas e objetivos de cada negócio.

Endividamento

Muitas empresas passam por momentos de endividamento com parceiros ou instituições financeiras. Nesse caso, é sempre importante fazer uma relação entre os passivos (contas a pagar e dívidas) e ativos (valores a receber, caixas e entre outros).

Para calcular esse índice e medir o quanto o endividamento está interferindo no lucro da empresa é necessário usar a seguinte fórmula:

  • Índice de endividamento = (total de passivos / total de ativos) X 100

Indicadores operacionais

Capacidade 

Toda empresa precisa ter um controle sobre sua própria capacidade. Um dos indicadores que aponta esses números é o indicador de capacidade.

Essa relação de tempo e quantidade é necessário para conseguir atender as necessidades e demandas dos clientes.

Podemos exemplificar com o caso de empresas com linha de produção como automobilística ou engenharia industrial. É necessário conhecer sua capacidade para cumprir com pedidos dos clientes e até das distribuidoras.

Qualidade

Você mede a produtividade dos colaboradores?

Um ponto importante é avaliar como eles têm produzido para que assim seja possível realocar as pessoas certas para determinadas funções, corrigir possíveis erros no processo e otimizar o tempo de trabalho.

Inclusive aumentando a qualidade das tarefas, em função de ter a pessoa certa para executá-la.

Índice de turnover

O turnover é um dos principais indicadores para dar apoio a um processo de gestão empresarial. Pois, é por meio dele que a empresa consegue avaliar a rotatividade dos funcionários e implantar uma estratégia para evitar isso, com foco na satisfação da equipe.

Evitando gastos com rescisões, multas por quebra de contrato e até mesmo investimentos com novas admissões e treinamentos. Esse índice também pode se encaixar dentro dos indicadores de RH. 

Indicadores de marketing

Geração de leads canal

A geração de leads mede o início do interesse do cliente e por que meios ele se interessou pelo produto em questão. 

Você sabe se o seu cliente veio por redes socias, e-mail marketing, mídia paga ou site? Esse indicador de MKT permite que haja um controle dos canais para que o investimento seja mais assertivo.

ROI (Retorno sobre o investimento)

O Return On Investment (ROI) está relacionado a quanto a empresa investiu e se houve um retorno satisfatório com base nesse investimento. É a relação entre dinheiro investido e dinheiro ganho. É possível medir o ROI com base na seguinte fórmula:

  • ROI = [(Faturamento – Custo Total) / Custo Total] * 100

Taxa de conversão

Ela indica a efetividade com que suas ações têm para com os clientes. Ou seja, se você colocou um formulário ou inseriu algum botão comprar, a taxa de conversão aponta a quantidade de pessoas que preencheram a lista ou compraram determinado produto.

Assim é possível investir em campanhas da forma correta e perceber se a audiência é qualificada ou não com base nas ações que você implementou.  

Por que devo adotar metas e indicadores na minha empresa?

As metas e indicadores são fundamentais para que a empresa consiga de fato evoluir de forma assertiva e tome decisões com embasamento. Cada detalhe, em um processo de gestão empresarial, é fundamental para identificar erros e potencializar os resultados.

Independentemente do porte toda empresa necessita de um planejamento e de estratégias para que seus objetivos sejam devidamente alcançados. 

Como dissemos ao longo do artigo, as metas e indicadores é que podem ampliar o monitoramento do dia a dia da organização. Possibilitando uma análise criteriosa de todas as áreas e processos da empresa. 

Pois, a má gestão do negócio pode não só manter os colaboradores insatisfeitos, com uma alta taxa de rotatividade, mas também levar a empresa a falência em muitos casos.

Até por isso é fundamental caminhar lado a lado com as metas e indicadores para ter em tempo real os números e dados que podem lhe ajudar a fazer uma gestão eficaz, com menos erros e mais acertos.

Convidamos você a assinar a nossa newsletter para ficar por dentro dos principais conteúdos do mercado relacionados a gestão financeira e de pessoas.

Fonte:Xerpa

Posts Relacionados