O que é Análise de custos e como fazer? Quais os principais métodos?

6 maneiras de reduzir custos na sua empresa

Na economia globalizada na qual vivemos hoje, a Contabilidade vem evoluindo vertiginosamente. Seja por meio da automatização do pagamento de impostos, do cumprimento das obrigações acessórias, ou do uso do Certificado Digital, a forma de fazer Contabilidade mudou muito – e para melhor. Com sistemas cada vez mais modernos e um fisco integrado e intransigente, os relatórios contábeis tornaram-se peças mais eficientes, que fornecem elementos para a tomada de decisão dos gestores de maneira mais rápida e assertiva. E, neste cenário, merece destaque a análise de custos.

Se os empresários e seus Contadores, é claro, se dessem conta de que a análise de custos é uma oportunidade para evitar desperdícios e diversos problemas na gestão econômica do negócio, eles não pensariam duas vezes, e dariam bem mais importância a este instrumento.

Ocorre que muitos sequer sabem do que se trata a análise de custos. Por isso, o Clube do Contador Certisign, sempre atento para ofertar informação de qualidade e conhecimento aos profissionais contábeis, elaborou um passo a passo sobre o tema. Confira:

Análise de custos: o que é e como fazer?

O que é a análise de custos?

De forma prática e técnica, a análise de custos é o registro contábil das operações de produção da empresa, e está definida na “Contabilidade de Custos de Serviços” (gastos ocorridos na produção de serviços) e na “Contabilidade de Custos Industriais”, que são os gastos que aconteceram na produção de produtos.

Como fazer essa análise?

As empresas convivem diretamente com tangíveis (bens de propriedade da empresa que são concretos, que podem ser tocados, como os imóveis, máquinas, estoques etc.), intangíveis (propriedades da empresa que são difíceis de ver, como marcas, patentes, estratégias) e o custo-benefício, que é o ponto crucial do negócio. Por essa razão, analisa-los é fundamental, uma vez que ambos estão ligados à produtividade do negócio.

O que é o custo-benefício?

O custo-benefício é o ponto crucial do negócio, uma vez que permite diferenciar economicamente se o projeto trouxe mais ganhos do que custos. Só assim é possível saber se o negócio é ou não viável.
Com a análise de custos é possível fazer boas escolhas a um preço adequado?

Sim, porque a análise de custos trabalha justamente como referência para apontar a relação custo x benefício.

Quais são os principais métodos de custeio?

No “Custeio por Absorção”, todos os custos ligados à fabricação do produto ou prestação do serviço são absorvidos, independentemente de ser um custo direto ou indireto; No Custeio Direto, também conhecido por “Custeio Variável”, somente os custos variáveis de produção do período são considerados, sendo que os custos fixos, relativos à produção, existem mesmo sem existir o desenvolvimento de produtos e serviços. Há ainda o “Custeio Padrão”, tomado como base para o registro da produção antes da determinação do custo efetivo.

Você sabia que Contador pode ser remunerado pela indicação de Certificados Digitais aos seus clientes? Basta cadastrar-se gratuitamente em Clube do Contador Certisign! Além de receber dinheiro por indicar a maior e pioneira Autoridade Certificadora, você pode acessar de forma ilimitada o Clube de Vantagens, que oferece descontos imperdíveis nas maiores lojas virtuais do Brasil. Para saber mais é só preencher o formulário abaixo.

Fonte: Certisign

Posts Relacionados

Leave a Comment