Por que o controle do fluxo de caixa é importante ?

O
fluxo de caixa serve para entender como funciona a movimentação
financeira da empresa. É ele que gerencia o controle do dinheiro que
entra e sai do seu negócio, sendo muito importante para uma boa
gestão financeira.

Este
controle serve também para compreender para onde está indo o
dinheiro, pois mesmo que o Balanço da empresa demonstre lucro em
determinado período, este poderá ser reinvestido com: a aquisição
de equipamentos, estoques ou no financiamento dos clientes, com as
vendas a prazo.

Por
isto, somente com uma boa administração do dinheiro do caixa da
empresa se consegue manter as contas em dia. Desta forma, vamos
abordar nesse artigo a importância do controle do fluxo de caixa
para sua empresa.

Importância do fluxo de caixa

O
controle de fluxo de caixa é importante para as empresas pois é ele
que gerencia as entradas e saídas de recursos, e assegura um bom
controle do dinheiro. O ideal é monitorar diariamente os recursos
que entram e saem da empresa, assim o empresário consegue
compreender melhor o seu negócio, e se será necessária alguma
fonte de financiamento para o capital de giro da empresa.

Antecipar
o recebimento das vendas a prazo no cartão de crédito, ou utilizar
o cheque especial, poderá comprometer o resultado da empresa, por
isto, monitorando o fluxo de caixa o empresário consegue planejar
melhor a suas ações.

O
controle de fluxo de caixa além de realizar uma administração
regular da entrada e saída de dinheiro, possibilita uma projeção
de quanto será recebido e pago em períodos futuros, possibilitando
um planejamento mais assertivo.

Deste
modo, o processo de tomada de decisão pode ser executado com os
recursos que a empresa dispõe para investir, sendo de imensa
relevância para o empreendedor
monitorar o caixa e à necessidade de capital de giro necessário
para a empresa crescer de forma sustentável.

Como controlar o fluxo de caixa

– Saiba o saldo das contas

Monitorar
os saldos das contas é uma necessidade diária, importante para que
o fluxo de caixa funcione da forma mais assertiva possível. Sendo
interessante para o gestor compreender como estão as contas da
empresa.

– Organize bem os seus registros

É
relevante que todos os registros da empresa estejam organizados.
Lembrando que toda movimentação financeira deve ser lançada no
fluxo de caixa.

– Separe as contas da empresa e dos sócios

Separar
os gastos da empresa e dos sócios é fundamental. Procure fazer uma
retirada fixa mensal para os sócios, para não prejudicar o capital
de giro da empresa. Misturar as contas gera confusão patrimonial e
falta de transparência para negócio.

– Use um sistema financeiro

Para
facilitar o controle do caixa e suas projeções é altamente
recomendável a utilização de um sistema financeiro. Atualmente
existem inúmeras opções disponíveis no mercado, com investimento
relativamente baixo. Algumas tecnologias na nuvem permitem a
integração automática com alguns bancos, facilitando muito o
controle da movimentação bancária.

– Gerencie as mercadorias em estoque

Adeque
o seu estoque a demanda da empresa. Com muitos produtos em estoque a
empresa precisa de mais capital de giro para financiá-lo. Reduzindo
o estoque à demanda da empresa evita prejuízos com perda de
validade ou obsolescência dos produtos.

– Examine o capital de giro

Saber a necessidade de capital de giro da sua empresa é muito importante, pois evidencia a quantidade de recursos próprios necessários para honrar os compromissos assumidos, sem recorrer a empréstimos sem planejamento.

Fonte: Rimar Contabiilidade

Posts Relacionados

Leave a Comment