Quatro dicas para melhorar a gestão de empresas familiares

Gerenciar negócios familiares pode ser muito diferente dos
relacionamentos comerciais comuns. Assista a seus relacionamentos de negócios familiares
melhorarem, utilizando 4 maneiras fáceis de gerenciar estes relacionamentos nas
empresas.

1.
Mantenha uma linha de comunicação aberta e clara

Quando se trata de qualquer negócio, a comunicação é
fundamental; em uma empresa familiar, é absolutamente crucial para o seu
sucesso. Certifique-se antes de começar um negócio com um membro da família, ou
contratar um membro da família para sua equipe, de discutir os papéis e
responsabilidades individuais, definir claramente as expectativas, além de
certificar-se que todos estão de acordo antes de prosseguir. Se você reservar
um tempo para fazer isso, evitará problemas no futuro. De preferência, coloque
tudo no papel. Em caso de sociedade familiar, não deixe de fazer um termo de
acordo de cotistas; agora se a opção for contratar um familiar como
funcionário, não esqueça de definir a descrição detalhada do cargo, com a lista
completa das atividades que serão desenvolvidas, e quais as possibilidades de
progressão salarial dentro da empresa.

2.
Seja lógico, não emocional

Muitas vezes é difícil ser objetivo quando se lida com a
família, pois os sentimentos são prejudicados com facilidade. Antes de tomar
uma decisão, tente se perguntar: “Qual seria a minha reação diante desta
situação, se estivesse lidando com um membro não familiar”. Faça a mesma pergunta
sempre que precisar tomar uma decisão sobre um membro da família. Em vez de
dedicar tempo para analisar o problema de forma emotiva, utilize uma
perspectiva lógica. O objetivo é treinar sua mente para ser mais lógico ao
lidar com situações emocionais. Certifique-se de explicar claramente sua
decisão a seu familiar.

3.
Competências e recompensas

Um bom empresário ou gerente de negócios recompensará seus
funcionários com base no desempenho, com os membros da família deve-se manter o
mesmo padrão. Quando se tratar do sucesso da empresa, e um membro da família
não estiver qualificado para ser o vice-presidente, contrate alguém que esteja
apto. Você pode pensar que está fazendo uma coisa boa fornecendo um emprego a
um familiar, mas se este não estiver qualificado para o cargo, poderá causar
mais danos do que benefícios para os negócios.

É melhor deixar os conflitos familiares em casa. Se você
tiver conflitos familiares no trabalho, tente resolvê-los fora da empresa. Se
não puder fazer isso, trate a situação como se não fosse com um familiar. Para
ser um empresário ou gerente eficaz, você precisa ter a capacidade de ser justo
e racional ao administrar seus negócios.

4.
Contratar para o cargo – não a pessoa

Um grande erro cometido por muitas empresas familiares é
forçar um membro da família a desempenhar um papel que ele não tem desejo,
qualificação ou interesse em desempenhar. Esse modelo normalmente não funciona.

As vagas de emprego devem ser preenchidas com pessoas que
tenham credenciais, habilidades e desempenho demonstrado para realizar o
trabalho.

Dica: Se você tem um membro da família interessado nos
negócios da família, coloque-o em uma posição de nível de entrada e faça com
que ele suba na hierarquia, demonstrando seu desejo de aprender e valorizar a
organização.

Funcionários com baixo desempenho podem impactar nos
negócios e afetam os resultados. Quando as organizações possuem funcionários
improdutivos em sua folha de pagamento (sejam membros da família ou não), estão
desperdiçando recursos valiosos que poderiam ser melhor utilizados para
aproximar a organização da sua missão e dos seus objetivos.

Gerenciar uma empresa familiar com uma governança forte e
boas práticas de gerenciamento poderá impactar a saúde da organização no longo
prazo.

Gostou deste artigo? Comente o que achou!

A Rimar Contabilidade é uma empresa que tem o
propósito de prestar serviços em consultoria contábil e também atua nas áreas
fiscal, tributária, societária e de folha de pagamento.

Fonte: Rimar Contabiilidade

Posts Relacionados

Leave a Comment