A “vida boa” no ambiente corporativo: será que a capacidade de adaptação basta?

Foto de Mikhail Nilov no Pexels

Por Raquel Hadler Ouve-se muito que a capacidade de adaptação foi uma das competências mais importantes nos últimos dois anos. O ano de 2020 trouxe um cenário inesperado com a Covid-19 que, além de ter infectado milhões de pessoas e deixado um sentimento amargo em muitos lares pelas vidas que levou, acelerou muitos processos que afetam nossas práticas cotidianas. Um exemplo foi a adoção do trabalho remoto, que inicialmente representou uma adaptação forçada para muitas empresas e professionais. A partir do que foi vivenciado no decorrer dos dois anos de…

continuar lendo ...

Saúde mental no ambiente corporativo: quais ações serão capazes de atrair e reter talentos pós-pandemia

imagem de duas mulheres sentadas conversando

Desde o início da pandemia de COVID-19, muitos temas passaram a ter mais relevância na pauta dos profissionais de RH e gestão de pessoas. Um desses temas é o cuidado com saúde mental e bem-estar emocional no ambiente corporativo. O impacto do isolamento social, da perda de vidas e da insegurança gerada pela pandemia afetaram significativamente a qualidade de vida de uma grande parcela da população. Segundo a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, só em 2020, aproximadamente 300 mil pessoas foram afastadas do trabalho no Brasil por motivos de…

continuar lendo ...

Tecnologia para humanizar: o que esperar do novo RH

imagem de equipe sentada a mesa em frente a notebooks

*Por Robson Campos, diretor de produtos RH da TOTVS Ser mais humano em meio a um mundo cada vez mais digital – esse é o grande desafio das organizações no Brasil e em todo o mundo. O equilíbrio entre home office e escritório, em um modelo híbrido de trabalho, deve ser a tendência para os próximos anos. Um levantamento recente da Talenses Group e da Fundação Dom Cabral revelou que 73% dos entrevistados apontam o modelo híbrido como o mais adequado para a nova realidade do mercado de trabalho. E…

continuar lendo ...

Benefícios corporativos: panorama atual e o que está por vir

Foto de Thirdman no Pexels

Algumas décadas atrás, seria difícil convencer um gestor da importância estratégica do departamento de recursos humanos. Em tempos nos quais a experiência do colaborador tinha pouca ou nenhuma importância, o RH limitava-se à execução de tarefas burocráticas e até repetitivas. Como você bem sabe, isso mudou radicalmente. O papel estratégico do RH contemporâneo engloba muitos elementos e varia de empresa para empresa. Em todos os casos, uma peça não muda: a carteira de benefícios corporativos. Os benefícios oferecidos aos colaboradores impactam diretamente na sua experiência e produtividade, além de atuarem…

continuar lendo ...

Mais uma etapa do RH digital: serviços por voz para gestão de pessoas

recrutador entrevistando candidato

Por Felipe Azevedo* Ter um RH digital e utilizar a tecnologia a favor da gestão de pessoas já não é mais uma opção, e sim um pré-requisito para empresas que querem melhorar a experiência dos colaboradores e os resultados dos negócios. De acordo com o relatório de tendências de TI para os próximos 10 anos, publicado pela Gartner em 2020, a tecnologia está se integrando cada vez mais às pessoas e a forma como elas interagem com o digital já vai além das telas dos dispositivos, usando uma combinação de…

continuar lendo ...

3 estratégias de RH que preparam líderes para qualquer futuro

Foto de Mikhail Nilov no Pexels

Por Conquer In Company Um dos consensos sobre liderança é que, para ser um bom líder, é preciso estar sempre gerando impacto. Mas a grande questão é se manter impactante em um mundo em constante transformação, em que quase tudo é incerto. E ela fica ainda mais desafiadora quando consideramos o nosso papel como RH. Como nós podemos ser mais estratégicos, desenvolvendo lideranças preparadas para o amanhã, que sejam humanas e com as habilidades certas para gerar resultado? Continue lendo para descobrir: 1. Investindo em habilidades comportamentais e digitais Uma…

continuar lendo ...

O que é o PAT? Quais empresas podem se cadastrar? Quais funcionários têm direito ao benefício? Tire todas as suas dúvidas sobre o assunto com a Flash!

imagem de três pessoas segurando um sushi

Profissionais de Recursos Humanos (RH) sabem como ninguém das diferentes variáveis que precisam ser consideradas durante o processo de concessão de benefícios para colaboradores. Existem diversas legislações, normas e demandas que precisam ser equilibradas para que os desejos da empresa e dos colaboradores entrem em sintonia, e o Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT) é apenas um desses fatores. Apesar de se tratar de uma lei, o PAT, na verdade, tem o intuito de facilitar o trabalho dos profissionais de RH e servir como ferramenta para a gestão de benefícios.…

continuar lendo ...

Futuro do Trabalho e Saúde Mental: antes de tudo, feito por pessoas

Jovem cansado, sentado levando as mãos aos olhos

O Zeitgeist, o espírito do nosso tempo é aquele agente invisível ou força que domina as características de uma determinada época da nossa história no mundo. É o marcador do Tempo no tempo e, ele vem nos mostrando que VIVER atualmente não é simples, nem leve. Considerando-se as muitas horas de trabalho, a produtividade acima de tudo e a pressão por resultados aliados a insegurança e a necessidade de agilidade exigidas pelas flutuações de mercado e (pós) pandemia, temos um cenário em que 33 milhões de brasileiros já tiveram burnout[1]…

continuar lendo ...

O papel do RH na Diversidade e Inclusão: um trabalho que vai além do recrutamento.

Homem Formal Sorridente Com Laptop Conversando Por Telefone

Por Holden Consultoria de Seguros Vivemos uma onda de representatividade nas empresas, na busca por novos talentos junto às pessoas pertencentes aos diversos grupos e comunidades sociais. Isto é algo positivo e de grande evolução para corporações e profissionais no mundo do trabalho. Há estudos que comprovam: empregadores que investem em diversidade são os que mais crescem no mundo, pois, além de agregar conhecimentos, reduz a desigualdade social. Outro benefício notável foi a amplificação da comunicação e a quebra dos vieses inconscientes que habitavam nos ambientes de trabalho. Esta tem…

continuar lendo ...

RH. de burocrata a agente transformador!

Imagem de Anastasia Gepp por Pixabay

*Por Robson Campos, diretor de produtos RH da TOTVS Há algum tempo atrás, a área de Recursos Humanos (RH) era fechada em meio a tarefas burocráticas, envolvidas com controle de ponto, admissões, demissões e regras de comportamento. Mas, hoje, esse quadro mudou em muitas empresas. Essa revolução aconteceu em conjunção a uma série de fatores, especialmente por força do cenário pandêmico, em que o RH precisou cuidar das pessoas (de verdade!), antes de tudo. Foi então que viu, mais do que nunca, a tecnologia como aliada para viabilizar estratégias em…

continuar lendo ...