O que deve agitar a tributação em 2020?

Após a Reforma da Previdência, especula-se que a Reforma Tributária aconteça ainda em 2020. O coordenador e professor de programas de MBA da Universidade Positivo nas áreas Tributária, Contabilidade e Controladoria, Marco Aurélio Pitta, afirma que se o Brasil quiser entrar no OCDE, precisa fazer as mudanças necessárias. “Não há mais espaço para continuarmos como está”, explica.  O especialista cita os principais prognósticos para 2020 quando o assunto é tributação no Brasil: PIS e COFINS: Para Pitta, esses dois tributos vão estar em evidência neste ano. Primeiro no Judiciário: importante…

continuar lendo ...

Por dentro do regime Simples Nacional

Todos os anos, é necessário realizar o planejamento tributário de uma empresa, ou seja, considerar os números do ano que passou e prever o faturamento e as despesas do ano que está por vir. Já em janeiro, os empresários enfrentam a tarefa de escolher o regime tributário para a sua empresa, muitas vezes, a escolha é feita sem muito conhecimento. Na melhor possibilidade, seguem a recomendação do seu assessor contábil. A falta de conhecimento sobre o assunto faz com que os empresários optem pelo regime tributário “mais fácil e menos…

continuar lendo ...

Entrega do GFIP do 13º salário deve ser feita até o dia 31

Contribuintes e empregadores têm até o dia 31 de janeiro para transmitir o GFIP do 13º salário. A GFIP da competência 13 designada exclusivamente a conceder informações à Previdência Social, relacionadas a atos geradores das contribuições relativas ao 13º salário. Independente da forma de sua tributação, o documento precisa ser entregue por todas as empresas. Isso engloba as entidades imunes e isentas, as empresas inativas, as empresas optantes pelo regime tributário Simples Nacional e o Microempreendedor Individual (MEI) optante pelo SIMEI, assim como os empregadores pessoas físicas, salvo o empregador…

continuar lendo ...

Administração Financeira para micro e pequenas empresas

Atualmente no país existem mais de 9 milhões de micro e pequenas empresas. Elas são de extrema importância para a economia brasileira, afinal, respondem por 26% do PIB e geram 52% de trabalhos com carteira assinada. Na maioria dos casos, nas micro e pequenas empresas o gestor da empresa que é o proprietário. Ele acaba executando e conduzindo além do setor administrativo e financeiro todas as outras áreas, o que lhe gera distintos conhecimentos, para pode tomar as decisões necessárias. Para o empreendedor ter sucesso na atividade, é necessário que…

continuar lendo ...

PL de Monitoramento Contábil tramita na Câmara dos Deputados

O Projeto de Lei 5866/19 ordena que os contratos e convênios acordados entre a administração pública federal e particulares nos segmentos de educação e saúde, portarão monitoramento contábil definitivo de escritórios de contabilidade. O projeto prossegue na Câmara dos Deputados. O acompanhamento será complementar o desempenho dos órgãos de controle externo e interno. A cada dois meses, os escritórios de contabilidade entregarão a estes órgãos relatórios das entidades que acompanham. O intuito do projeto é dar clareza aos contratos e convênios feitos entre entidades e órgãos públicos federais. De acordo…

continuar lendo ...

O que é planejamento tributário e por que ele é importante?

A carga tributária brasileira é uma das mais complexas do mundo, atualmente no país existem cerca de 100 taxas, impostos e contribuições que devem ser pagas de forma direta ou indiretamente. Com todas essas taxas e impostos é inevitável que o empreendedor não tenha nenhum tipo de dor de cabeça na hora de cumprir com as obrigações. Até porque, mesmo para as empresas do Simples Nacional, que o regime tributário mais simples, podem surgir muitas dúvidas na hora de colocar os tributos em dia, por isso é ideal fazer um…

continuar lendo ...

MEIs já podem realizar a declaração anual do Simples Nacional

Os empreendedores que fazem parte da categoria MEI já podem realizar a declaração anual do Simples Nacional. A declaração anual do MEI é a que a empresa apresenta o seu faturamento do ano anterior. Hoje, no país, existem aproximadamente 9,2 milhões de profissionais cadastrados na categoria. O prazo para fazer a declaração vai até o dia 31 de maio. É importante que os microempreendedores façam suas declarações dentro do período para evitar que multas sejam aplicadas. O que é? A declaração anual de faturamento é um dever que todo MEI…

continuar lendo ...

Obrigações de empresas inativas e sem movimento

Empresas que se encontram em situação inativa e sem movimento precisam pagar impostos e cumprir obrigações para não ficar inadimplente com o Fisco. Devido os procedimentos no processo de encerramento de empresas, alguns empreendedores acabam as mantendo paralisadas, melhor dizendo, inativas. Porém, para dar baixa é necessário que esteja regular junto aos órgãos públicos. Ainda que a empresa não tenha mais realizado movimentos ou que a companhia não esteja mais operando, é necessário apresentar uma série de obrigações para o Governo e a Receita Federal periodicamente. Empresa inativa A empresa…

continuar lendo ...

Lucro real e presumido: segmentos que mais pagam impostos

A escolha do regime de tributação mais adequado é um passo muito importante para as empresas, que precisam definir, ano após ano, qual regime tributário elas seguirão. A grande variedade e complexidade de regras e normas do sistema tributário brasileiro se apresenta como um desafio capaz de confundir, até mesmo, profissionais da área financeira. Você já sabe a diferença entre lucro real e lucro presumido? Entende como funciona o sistema tributário brasileiro? Conhece as vantagens e desvantagens de cada regime tributário? Sabe quais segmentos pagam mais impostos no Brasil? A…

continuar lendo ...

Lucro Real: contribuições e doações dedutíveis

De acordo com a descrição da Receita Federal do Brasil (RFB), o Livro de Apuração do Lucro Real (Lalur) é um livro de escrituração de origem fiscal, elaborado pelo Decreto-Lei nº 1.598, mencionado na Lei nº 6.404 e alterações posteriores, e destinado à apuração extracontábil  do lucro real sujeito à tributação pelo imposto de renda em cada intervalo de apuração, possuindo elementos que poderão abalar os desfechos de períodos futuros. São obrigadas aderir à escrituração do Lalur todas as pessoas jurídicas que contribuem com imposto de renda com base no…

continuar lendo ...