Lei do Salão Parceiro levou mais segurança para o mercado da beleza e estética

Foto de David Geib no Pexels

Marco legal, que teve a constitucionalidade assegurada pelo STF, permite que cabeleireiros, barbeiros, manicures, esteticistas, depiladores e maquiadores trabalhem formalizados como MEI, em parcerias contratadas com salões de beleza, esmalterias, barbearias e centros de estética A Lei do Salão parceiro, reconhecida como constitucional pelo STF, no último dia 27 de outubro, levou mais segurança e autonomia para os profissionais do segmento de beleza e estética. É o que aponta uma pesquisa realizada pelo Sebrae. De acordo com o levantamento, 60% desses profissionais se sentem mais seguros com a nova norma…

continuar lendo ...

Um em cada 10 pequenos negócios está com dificuldade para pagar contas e sem reserva

Imagem de ds_30 por Pixabay

Sondagem das Micro e Pequenas Empresas do Sebrae com a FGV revela que Serviços é o setor em pior situação Mais da metade das micro e pequenas empresas brasileiras está sem reservas financeiras em seu caixa. De acordo com a Sondagem das Micro e Pequenas Empresas, realizada pelo Sebrae em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), 52% dos negócios desse porte não têm reservas, sendo que desse total, 12% estão com dificuldades de pagar as contas em dia, o que pode ser agravado ainda mais com o aumento da…

continuar lendo ...

Nova norma reduz a complexidade e facilita a implementação da LGPD pelos pequenos negócios

Imagem de Anastasia Gepp por Pixabay

O texto, que contou com o apoio do Sebrae em sua formulação, está agora em consulta pública até 29 de setembro A Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD) publicou, na segunda-feira (30), uma norma que disciplina a aplicação da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) pelas micro e pequenas empresas. O texto prevê um tratamento diferenciado para os pequenos negócios, dispensando algumas obrigações e simplificando o processo de adequação. Na avaliação do Sebrae, a norma dá maior segurança jurídica às MPE, mas também às grandes empresas que têm…

continuar lendo ...

Cooperativa de orgânicos aumenta faturamento durante a crise do Coronavírus

Para obter os resultados, novas estratégias foram adotadas na comercialização. Cooperativa também abriu oportunidades para produtores Com a pandemia do novo Coronavírus pequenos produtores rurais enfrentam desafios para continuar escoando a produção e, ao mesmo tempo, se manter no mercado diante das mudanças geradas pelas medidas de prevenção. Em Cascavel, região oeste do Paraná, uma cooperativa de orgânicos certificados e em processo de certificação vai na contramão da crise e até aumentou o faturamento desde a segunda quinzena de março. A Cooperativa Cores da Terra, fundada em maio de 2019,…

continuar lendo ...

Parceria entre Sebrae e CAIXA garante condições especiais de crédito para os pequenos negócios

Com aval financeiro do Fampe, crédito assistido permite redução das taxas de juros em até 40% e carências de até 12 meses antes do pagamento das parcelas A parceria celebrada entre o Sebrae e CAIXA, nesta segunda-feira (20), vai possibilitar condições especiais de acesso ao crédito para as micro e pequenas empresas (MPE), bem como para os microempreendedores individuais (MEI). O acordo vai injetar inicialmente de R$ 6 bilhões a R$ 7,5 bilhões em linhas de crédito do banco assistido pelo Sebrae, por meio do Fundo de Aval às Micro…

continuar lendo ...

Governo elimina o Imposto de Importação para medicamentos e equipamentos hospitalares

Medidas Oficiais Medida faz parte das ações do governo federal para o enfrentamento ao novo Coronavírus 17/04/20 às 08:00 – Por: Redação O governo federal reduziu a zero a alíquota do Imposto de Importação de medicamentos e equipamentos de proteção e higiene. A medida foi anunciada nesta quinta-feira (16) na Resolução nº 32 da Câmara de Comércio Exterior, do Ministério da Economia. A iniciativa se junta ao conjunto de ações que vêm sendo adotadas pelo Brasil no enfrentamento à pandemia do Covid – 19. O Anexo Único da Resolução relaciona…

continuar lendo ...

Pequenos negócios: a saída para a crise econômica e social

Antes do tsunami econômico desencadeado pela pandemia, as micro e pequenas empresas mostravam uma forte e sustentada expansão na participação no valor adicionado da economia brasileira, atingindo 30% do Produto Interno Bruto (PIB) por ano, contra 27% anteriores. A curva vem observando uma tendência ascendente desde 1985, quando a participação era de modestos 20,8%. Em três décadas comprovou-se salto extremamente positivo. Na divisão por atividades, é imperioso destacar a força dos pequenos negócios nas atividades de Comércio e Serviços. No recorte setorial do estudo, realizado conjuntamente entre o Sebrae e…

continuar lendo ...

Sebrae disponibiliza centenas de soluções para pequenos negócios enfrentarem a crise

O canal da instituição já computa mais de 500 mil empreendedores interessados em saber como enfrentar os problemas causados pelo novo coronavírus O Sebrae está disponibilizando 450 tipos de soluções para que os pequenos negócios enfrentem a crise provocada pela COVID 19, que está afetando diretamente as micro e pequenas empresas no país e no mundo. São estratégias nas áreas de negócios, finanças, crédito e legislação. São oferecidos vídeos, tutoriais, cursos on-line, atendimento aos empreendedores, artigos e lives, dentre muitas outras iniciativas. Até agora, mais de 500 mil pequenos negócios…

continuar lendo ...

Pequenos empreendedores se reinventam e conseguem dar a volta por cima

Exemplos de pequenos negócios que têm conseguido se reinventar para encarar a crise causada pelo coronavírus, inspiram a persistir e não desistir. Sem deixar-se desanimar pelo mau momento, alguns empresários buscam novas possibilidades para manter o negócio de pé. Um dos bons exemplos é o caso de Alexandra Bertolo Avancini, que transformou sua empresa de etiquetas numa fábrica de máscaras. A empresa está produzindo de 15 a 18 mil máscaras por dia, e tem expectativa de produzir 30 mil ao dia até a próxima semana. Proprietária da Visual Etiquetas, Alexandra…

continuar lendo ...

Para driblar a crise, bares e restaurantes inovam e vão até aos clientes

Em meio à crise e à recomendação de distanciamento social, em função da pandemia do novo coronavírus, proprietários de bares e restaurantes precisam lançar mão de estratégias criativas para amenizar os efeitos do impacto econômico no setor. “Ser criativo será fundamental. Usar os canais de comunicação e redes sociais, além de rever as finanças e estratégias para um melhor retorno ao mercado após a pandemia”, avalia o analista do Sebrae Minas Walmath Magalhães . Nunca o conceito “relacionamento com o cliente” esteve tão em alta. O importante, neste momento, é…

continuar lendo ...