Tendências da tecnologias que colocarão empresas à frente

Todo grande empresário sabe que se atualizar é fundamental para estar entre os líderes do mercado. E você, está antenado nas principais tendências da tecnologia? A Certisign fez uma lista para você não ficar atrás da concorrência no próximo ano.

4 Tecnologias que são tendência para 2020

1. Desenvolvimento orientado por Inteligência Artificial

As mudanças no mercado são frequentes com a tecnologia, mas poucas são tão anunciadas quanto a Inteligência Artificial para geração e análise de dados. Isso permitirá que as empresas automatizem processos antes demorados e burocráticos para dar aos funcionários mais liberdade para atuar em áreas mais estratégicas.

Com isso, desenvolvedores terão uma gama ampla de algoritmos e modelos de Inteligência Artificial, bem como ferramentas de desenvolvimento adaptadas para integrar recursos e modelos a uma solução.

2. Blockchain

Não, não é só para Bitcoin e outras moedas criptografadas que serve o Blockchain. Nada mais é do que um sistema de segurança que evita duplicação, cópia e troca de dados online. As empresas que já utilizam esse sistema visam ter um controle maior sobre as informações mais importantes – em especial os financeiros – sem depender de sistemas atrelados a bancos, outras instituições privadas e até mesmo do governo.

Isso significa que você deve adotar o Blockchain mês que vem? É claro que não. Mas é fundamental que os líderes de TI e CIOs passem a avaliar esse sistema, mesmo que ainda não o utilizem imediatamente.

3.Experiência imersiva

As plataformas de conversação com clientes, parceiros e usuários é cada vez mais sensorial – e chegamos a um ponto no qual o comportamento dessas pessoas formatará as relações com o mundo digital e suas interações nesse meio. Realidade Virtual, Realidade Aumentada e Realidade Mista conectam pessoas a partir de centenas de dispositivos periféricos que as cercam.

4. Aplicações em Nuvem

Essa talvez seja a maior tendência para quem não quer ser deixado para trás. A migração e o uso de aplicações na nuvem são basicamente uma obrigação para as empresas que querem transformar a experiência de seus clientes e parceiros. Um estudo mostra que o Brasil é o país da América Latina que mais utiliza infraestruturas em nuvem: cerca de 57% das empresas já fazem esse tipo de armazenamento de dados. A Receita Federal, por exemplo, já autorizou o uso do Certificado Digital em nuvem para acessar serviços virtuais no e-CAC (Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte). E um exemplo ótimo de funcionalidade da ferramenta é o uso do Certificado Digital na nuvem da Certisign, o Remote ID.

Dessa forma, é possível assinar documentos através de qualquer dispositivo online, com ganhos imensuráveis de segurança. Vale lembrar que o Certificado Digital em nuvem da Certisign também elimina a preocupação com perdas e danos de arquivos físicos, além de ter total validade jurídica.

Para saber mais sobre o Certificado Digital em nuvem preencha o formulário abaixo. É rápido, leva menos que dois minutos!

Você pode gostar:  Armazenamento de dados na nuvem: 5 cuidados necessário

Fonte: Certisign

Posts Relacionados

Leave a Comment