Veja o que é trainee, sua importância e vantagens para as empresas!

Imagem de Gerd Altmann por Pixabay

Se você trabalha com RH, com certeza já ouviu falar sobre o que é trainee, bem como a sua importância para a captação de novos talentos em uma organização. Trata-se de uma oportunidade única que pode impactar positivamente a empresa, tornando-a muito mais competitiva no mercado.

Mas afinal, você sabe como implementar um programa de trainee?

Em um mercado cada vez mais competitivo, mais pessoas vêm buscando alavancar a sua carreira buscando o aperfeiçoamento constante com foco nos mais altos cargos corporativos.

No ambiente empresarial, as companhias estão cada vez mais buscando profissionais qualificados que possam ser treinados e capacitados para uma área específica e estratégica na organização.

Apesar disso, muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre o que é trainee e suas particularidades. Quer saber mais como essa função tão importante e estratégica funciona na prática?

Nesse artigo vamos explicar o que é trainee, e o quanto ele pode ajudar a captar novos talentos e a fortalecer a competitividade da sua empresa. Veja os principais assuntos:

Boa leitura!

O que é trainee?

A palavra trainee vem sendo utilizada nos últimos anos em referência a um cargo específico e estratégico em algumas empresas, com o foco em candidatos recém-formados ou que estejam cursando o ensino superior. Trata-se de uma função essencial, tanto para a carreira de quem ingressa em um programa de trainee quanto para as companhias.

É nesse tipo de programa que o candidato recebe um treinamento diferenciado, pensado e estruturado de acordo com a área de atuação. Outro detalhe interessante para entender o que é trainee é sua tradução do inglês para o português, com uma simples busca é possível encontrar palavras como “aprendiz” e “em treinamento”.

Porém, a sua definição é muito mais ampla do que isso. No Brasil as empresas buscam candidatos que possam ocupar cargos estratégicos, de liderança e que sejam de fato uma diferença competitiva no mercado.

Com isso cada vez mais e mais pessoas vêm buscando os programas de trainee como uma oportunidade única de alavancar a sua carreira nas melhores empresas dos mais variados segmentos.

Para você entender melhor o que significa ser um trainee, é só pensar que as empresas buscam não apenas os melhores candidatos com as melhores expertises, mas buscam também moldar, desenvolver e potencializar as qualidades de uma pessoa.

Vamos ver mais detalhes.

Quais os requisitos para contratar um trainee?

Até pouco tempo atrás, para ser apto a participar de um programa de trainee, você tinha que necessariamente ser recém-formado ou mesmo ser um jovem universitário. Mas isso vem mudando ao longo dos últimos anos. Já é comum ver pessoas sendo contratadas como trainee depois de três ou quatro anos de sua formação, por exemplo.

Existem até mesmo algumas empresas que já não estipulam um tempo específico com relação ao tempo de formação, porém normalmente o foco são em jovens recém-formados com até quatro ou cinco anos de conclusão do curso ou mesmo jovens universitários que almejam uma carreira profissional de destaque.

Por isso os perfis mais buscados são aqueles que têm visão diferenciada, buscando sair do comum e ser realmente um protagonista da sua carreira e das suas conquistas. Nesse contexto, os pré-requisitos mais comuns são perfis jovens, de universitários ou recém-formados no mercado.

Além disso, as pessoas que almejam participar de um programa trainee precisam se atentar às competências profissionais mais desejadas pelas companhias. Podemos dizer que as principais delas são:

  • Protagonismo de carreira;
  • Proatividade e trabalho em equipe;
  • Visão resolutiva;
  • Conectividade com os ideais da empresa.

Quais as principais funções de um trainee?

Muitas pessoas não sabem o que é trainee. Conforme comentamos anteriormente, as empresas oferecem o programa trainee visando que esse profissional ocupe um lugar estratégico na companhia. Isso significa que, esse profissional deve acima de tudo compreender as principais estratégias e absorver a cultura organizacional de acordo com os objetivos de negócio.

Isso inclui entender os principais indicadores e estratégias de cada área, dessa maneira podendo de fato criar uma relação com todos os setores envolvidos no fluxo de trabalho.

Além disso, outra função vital em um programa de trainee é o de conhecer com profundidade os processos estratégicos da empresa, de acordo com as demandas e características de cada negócio.

A função desempenhada por cada um no dia-a-dia vai se refletir com os objetivos estratégicos da empresa, aumentando as chances de uma efetivação bem como o de um crescimento exponencial de carreira.

O que as empresas esperam desse profissional?

Como trata-se de um cargo estratégico para as companhias, ter uma visão criativa e estratégica, alinhada às diretrizes e princípios da organização são aspectos fundamentais. Nesse caminho o trainee recebe todo o suporte da empresa para alcançar os objetivos comuns.

Para chegar a um ponto de maturação ideal e atender às expectativas, as empresas costumam estruturar um programa específico para esse profissional, acompanhando o seu desenvolvimento de perto. Isso inclui o acompanhamento do seu desenvolvimento e de suas habilidades.

Afinal, elas querem não apenas focar em treinamentos, mas preparar essa pessoa para cargos específicos, como por exemplo gerência ou mesmo cargos de lideranças em áreas essenciais para o negócio.

Para isso são esperadas qualificações e aptidões específicas, como por exemplo o domínio de uma segunda língua, mas isso varia de acordo com cada empresa. Como o trainee vai interagir e participar da rotina de diferentes áreas, as empresas esperam que esse profissional participe do dia-a-dia de forma ativa.

Dessa forma não apenas participando do fluxo de trabalho e entendendo com afinco seus processos, mas também sugerindo mudanças e possíveis melhorias.

Qual a diferença entre estágio e trainee?

Ainda existem muitas dúvidas sobre qual a diferença entre estágio e trainee. São objetivos completamente diferentes. Inclusive focos e momentos distintos. O estágio prepara o jovem para o mercado de trabalho, enquanto o programa trainee prepara o profissional para cargos gerenciais.

Mas não se resume apenas a isso. Tanto na questão de perfis buscados quanto em tarefas a serem exercidas existem diferenças entre ambos. Em um estágio as tarefas costumam ser menos complexas, de acordo com a área de atuação. Já o trainee não fica limitado a apenas uma área de atuação na empresa, participando ativamente de tarefas estratégicas  no dia-a-dia.

Outros pontos importantes que mostram a diferença entre eles diz respeito à remuneração  e tempo de programa. Enquanto um programa de estágio tem a duração máxima de dois anos, o júnior ou trainee pode participar de um programa com duração de seis meses até quatro anos. A remuneração de um trainee também é um diferencial, já que é bem mais alta se comparada a um estágio.

Por último e não menos importante é a base legal de cada programa. O trainee é regulado pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), enquanto o estágio é regulado pela Lei número 11.788/2008.

O que diz a CLT sobre direitos trabalhistas de um trainee?

Não é incomum ainda surgirem muitas dúvidas sobre o que é trainee no mercado de trabalho. E isso vale também para o seu regime de contratação e consequentemente os seus respectivos direitos.

Para você entender melhor, veja os próximos tópicos sobre como funcionam as regras do regime de contratação.

O trainee deve ter carteira assinada?

Sim, o trainee necessariamente terá a carteira assinada. Isso acontece pois ele é considerado como um trabalhador formal da empresa, sendo regido pela CLT. Consequentemente ele tem os mesmos direitos que qualquer outro funcionário da organização.

Como é o contrato?

Podemos dizer que via de regra o contrato de um trainee possui duas frentes:

Isso significa que ele pode ter uma duração indefinida ou mesmo tendo uma duração em um período específico de tempo. O período de vigência do contrato pode variar, normalmente sendo de até dois anos, podendo até mesmo chegar a 5 anos de duração em sua extensão.

O cargo de trainee precisa bater ponto?

Como o cargo de trainee é amparado pela CLT, essa é considerada uma relação de trabalho. Consequentemente, ele é considerado um trabalhador comum e deve seguir as regras estabelecidas. Ou seja, ele deve sim bater o ponto normalmente.

Porém é sempre importante lembrar que apenas em empresas com mais de 20 funcionários existe essa obrigação. Apesar disso, é sempre importante lembrar da importância e das vantagens de garantir a marcação de ponto dos funcionários. Pensando nisso, separamos um artigo específico sobre esse tema em nosso blog, confira: marcação de ponto.

Como criar um programa de trainee na sua empresa?

Até aqui entendemos o que é trainee, o que faz, bem como as principais nuances do programa trainee. Agora veremos como implementá-lo na sua empresa. Antes de mais nada, é muito importante definir quem serão as pessoas que farão parte da estruturação do programa.

É importante que esses profissionais tenham conhecimentos e forte conexão com a organização e de preferência que atuem na mesma área do trainee. Cada etapa do programa deve ser pensada e elaborada de forma estratégica, facilitando a atração de novos talentos.

É sempre importante focar na divulgação precisa da vaga com as devidas descrições, focando no perfil ideal dos candidatos com as suas devidas competências técnicas e comportamentais.

Não menos importante é o planejamento financeiro tanto para a implementação do programa na companhia quanto para garantir uma infraestrutura adequada, dessa maneira facilitando a retenção de talentos.

Podemos dizer que um programa de trainee bem estruturado possui algumas frentes fundamentais:

  • Definição dos gestores e responsáveis pelo programa;
  • Divulgação do processo de seleção;
  • Escolha dos perfis ideais dos candidatos;
  • Planejamento de gastos com a estruturação do programa;
  • Processo seletivo com critérios e virtudes específicas.

Cada uma delas representa uma etapa do processo de criação do programa de trainee. Criar um programa eficiente passa pelo correto planejamento e execução de cada etapa.

Quais as principais vantagens?

Com a competitividade do mercado em alta e o contexto dos negócios no pós-pandemia, as empresas estão cada vez mais buscando atrair novos talentos. Profissionais capacitados e com uma visão diferenciada do negócio, capazes de fazer a diferença e gerenciar departamentos estratégicos.

Para empresas que buscam aumentar a sua competitividade e ter os melhores profissionais em posições essenciais, é fundamental pensar o programa trainee como um diferencial competitivo no mercado.

É importante se atentar que o trainee pode trazer outras vantagens para as organizações:

  • Captação e retenção de talentos para a organização;
  • Aumento da competitividade com profissionais altamente qualificados;
  • Melhora da percepção da imagem da empresa junto à sociedade;
  • Já ter profissionais devidamente treinados e capacitados para vagas futuras;

Importância para as empresas

Reiterando o que dissemos acima, ao captar talentos altamente capacitados pode ser decisivo para o processo de crescimento das companhias. E não se limita a apenas isso. Essa troca de experiências durante o programa de trainee entre os profissionais envolvidos pode trazer estratégias inovadoras para a companhia.

Em tempos desafiadores e no contexto atual do mercado, é fundamental ter profissionais devidamente preparados para ocupar cargos estratégicos de liderança. Isso não apenas aumenta a sua competitividade no mercado.

Outra situação que mostra o quanto é benéfico para as empresas focar na implementação de um programa de trainee diz respeito ao futuro sustentável das companhias. Isso acontece pois a empresa garante com o trainee o preenchimento de futuras vagas estratégicas, com profissionais já prontos para assumir cargos de gestão.

Isso garante o equilíbrio e o pleno desenvolvimento nos programas de carreira e desenvolvimento das organizações.

Conclusão

Chegamos ao fim desse texto, e então você já sabe o que é trainee e o que é trainee no mercado de trabalho?

Ao longo desse conteúdo, entendemos a importância do programa de trainee para os dois lados, empresas e candidatos. Ter profissionais altamente qualificados e preparados para assumir cargos estratégicos e de liderança trazem um diferencial competitivo para essas companhias.

Como vimos, o trainee é um talento que é lapidado em etapas, como uma verdadeira joia talentosa a serviço da empresa. Estruturar um programa de trainee com um planejamento consistente traz benefícios indiscutíveis para as organizações que almejam aumentar a sua competitividade no mercado.

Se você quer ficar por dentro de todos os assuntos sobre RH, recrutamento e seleção, continue acompanhando o nosso blog!

Compartilhe em suas redes!

Fonte: PontoTel

Posts Relacionados

Leave a Comment