Quem tem nome sujo pode abrir uma empresa?

Foto de Michael Burrows no Pexels

Infelizmente quem tem nome sujo passa por diversos problemas, dificuldade de conseguir créditos, empréstimos pelas instituições financeiras, etc.

Só para entendermos a diferença, nome sujo são aquelas pessoas cadastradas nos órgãos de proteção ao crédito, como Boa Vista, SPC, entre outros. Isso ocorre pelo atraso e não pagamento de contas vencidas ou acordos descumpridos.

CPF irregular e nome sujo: é a mesma situação?

Não, eles são gerados por situações diferentes. Quem tem o CPF restrito ou nome sujo, deve-se ao fato de estar cadastrado em instituições de proteção ao crédito.

Já o CPF irregular está relacionado a questões legais, como não ter votado e nem justificado sua ausência ou não ter entregue a Declaração do Imposto de Renda nos últimos 5 anos, por exemplo. 

Ou seja, situações distintas.

E pela Lei Complementar Nº123/2006, portadores de CPF irregular não podem abrir uma empresa, diferentemente de CPFs inadimplentes. Um não está ligado ao outro, ou seja, uma pessoa com CPF adimplente pode estar com pendências na Receita Federal e vice-versa.

Posso abrir empresa com nome sujo?

Pode. Não existe legalmente uma restrição para abertura de CNPJ com CPF inadimplente, o que não ocorre com o CPF irregular. Mas nem tudo é tão simples assim, já que uma pessoa com restrição poderá enfrentar algumas dificuldades quando abrir empresa. Confira:

  • não poderá emitir talões de cheque;
  • não terá acesso a crédito bancário ou financiamentos;
  • não poderá comprar em lojas pela forma de crediário;
  • será impossibilitado de alugar imóveis.

Em suma, a dificuldade de se conseguir crédito será o principal empecilho após a abertura da empresa, o que poderá ser essencial ao abrir um negócio. 

Outro ponto importante a ser destacado é a natureza jurídica e a modalidade da empresa, já que isso poderá interferir diretamente na divisão de patrimônios de pessoa física para pessoa jurídica.

Por isso, torna-se importante contratar um serviço de consultoria contábil adequado para proteger seu patrimônio e adotar o melhor modelo societário para a sua empresa, já que alguns credores podem recorrer à justiça para liquidação das dívidas, e, com isso, o patrimônio listado no CPF pode ser congelado e utilizado na quitação.

E se eu for MEI?

A situação fica um pouco mais complicada para quem abre empresa e tem nome sujo, visto que o MEI (Microempreendedor Individual) não tem separação patrimonial.

Tudo que estiver negativado na pessoa física será compartilhado com a pessoa jurídica, e isso afeta toda a empresa. Em caso de abertura de contas, provavelmente os benefícios serão os mesmos do CPF com restrição, sem nenhum tipo de crédito.

Mesmo que não tenha impedimento legal, o ideal seria limpar seu nome antes de abrir empresa, visto que uma linha de crédito pode ser um grande impulsionador no começo.

Como posso limpar meu nome para poder abrir empresa?

Como dissemos, você não é obrigado necessariamente a ter CPF adimplente para abrir empresa.  No entanto, essa condição torna mais fácil todo o processo depois de aberto, principalmente para quem precisa de crédito.

Agora, se você faz parte dos mais de 48% da população que tiveram o nome sujo em algum momento do último ano, não se preocupe, separamos algumas dicas que podem auxiliá-lo a passar por essa situação.

Uma pesquisa feita pela CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) e pelo SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) apontam que 48% da população possui o CPF negativado, o que é um número muito alto, quase metade da população do Brasil.

Consulte suas dívidas

É importante que você mantenha a rotina de observar suas contas para verificar se nenhuma está em atraso, além de consultar suas dívidas negativadas para uma possível quitação.

Organização financeira

Organize sua vida financeira. Existem diversos recursos como planilhas e aplicativos para que você possa ter um controle sobre suas entradas, saídas e formas de quitar suas dívidas. E claro, saber quanto precisará ter por mês para cumprir seus compromissos.

Planejamento Financeiro

Para sair das dívidas, um bom planejamento financeiro é o ideal, principalmente quando falamos em não voltar no vermelho e ter uma especificação clara de quais gastos devem ser cortados.

Conclusão

Quem tem nome sujo pode sim abrir empresa, mas precisa ter uma atenção para a liberação de crédito que se torna quase impossível nessa situação. Para evitar dores de cabeça e problemas futuros, conte com uma consultoria profissional para abertura de empresas.

Entre em contato com nossa equipe agora mesmo, faça sua cotação sem sair de casa e obtenha todas as informações de que precisa.

Gostou deste conteúdo? Aproveite e compartilhe com seu amigo ou colega que está passando por essa situação.

Fonte: Consultoria RR

Posts Relacionados

Leave a Comment