5G e as mudanças que vem por aí!

5G

O assunto do momento no mundo da tecnologia é o 5G (tecnologia de 5a geração de conexão móvel) , muito se fala sobre essa nova tecnologia e sua velocidade de Internet, ela vai melhorar a latência, que é o tempo levado na comunicação de envio e retorno que  permitirá avanços em várias áreas. Anunciada como uma evolução muito além do atual 4G promete grandes mudanças. Mas o que realmente você precisa saber sobre o 5G? A primeira geração de telefonia móvel com acesso a Internet teve início na década de…

continuar lendo ...

Escritório Contábil Informatizado: Os principais erros de segurança

Escritório Informatizado

Introdução – Escritório Informatizado, novos conceitos As demandas de trabalho geradas nos escritórios contábeis aumentaram com a informatização implementada pelo Governo a partir dos anos 90 e com a evolução da Internet nos anos que se seguiram. Mas com essa nova demanda houve um crescimento no custo para segurança das informações geradas e/ou processadas no escritório que contribuiu para mudanças radicais no ambiente das empresas contábeis. Os aplicativos e as integrações de Sistemas ERP, Faturamento, Frente de Caixa e também dos sistemas financeiros elevaram o tratamento de dados e, isso,…

continuar lendo ...

eSocial

Além do cuidado nas informações prestadas, a atenção ao cronograma do IRPF é necessária para evitar prejuízos ao bolso.

Trata-se de um projeto do governo federal do Brasil que tem por objetivo unificar o envio dos dados sobre trabalhadores. O esocial é regulamentado pela Emenda Constitucional n° 72/2013 sendo obrigatório à todos os empregadores, sejam pessoas físicas, ou, jurídicas. Os benefício do sistema de escrituração fiscal digital das obrigações ficais tem como finalidade otimizar o tempo, diminuir a burocracia e ampliar a fiscalização das obrigações trabalhistas. O sistema disponibiliza o módulo Empregador Doméstico, que proporciona viabilização do cálculo e pagamento do simples doméstico, resultando em um regime unificado de…

continuar lendo ...

PROGRAMA ESPECIAL DE REGULARIZAÇÃO TRIBUTÁRIA – PERT

Tributos

FUNCIONALIDADES É uma espécie de benefício regulamento pela Lei Complementar nº 162, de 09 de abril de 2018, e regulado pela Portaria PGFN nº 38, de 26 de abril de 2018 com finalidade principal de quitar os débitos provenientes da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional. PERT, Program Evaluation and Review Technique possui um sistema que visa gerenciar de forma mais eficaz os projetos de regularização tributária, que objetiva apurar dentro do Regime Especial Unificado de Arrecadação de Tributos e Contribuições devidos pelas Microempresas e Empresas de Pequeno Porte inseridas no Simples…

continuar lendo ...

EFD-REINF – TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER

EFD- REINF é a sigla de Escrituração Fiscal Digital de Retenções e Outras Informações Fiscais EFD-Reinf é dos módulos do Sistema Público de Escrituração Digital – SPED, que são utilizados pelas pessoas jurídicas e físicas, inserido ao Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas – eSocial. O que significa dizer que nada mais é do que uma medida que tem por foco facilitar a vida dos trabalhadores e empreendedores, foi criado para complementar o eSocial, funciona com um dos muitos recursos para aprimorar a utilização do eSocial,…

continuar lendo ...

DCTFWEB – DO QUE SE TRATA?

DCTF WEB

O que é? Como funciona? Para quem se aplica? Do que se trata?  Trata-se de uma obrigação tributária acessória na qual o contribuinte confessa débitos de contribuições previdenciárias e de contribuições destinadas a terceiros.Possui caráter declaratório, ou seja, é como se fosse uma forma de confissão de dívidas. Por meio dela é gerado um documento de arrecadação a conhecida DARF que substituirá a GPS. Atualmente há uma nova declaração e esta substitui a GFIP e o SEFIP. A DCTFWEB é feita à partir de informações prestadas via eSocial e na EFD-Reinf,…

continuar lendo ...

BLOCO K DO SPED

Todas as empresas contribuintes precisam elaborar mensalmente um arquivo de Escrituração Fiscal Digital (EFD) e enviar à Receita Federal, com o principal objetivo de simplificar a fiscalização sobre as informações contábeis necessárias à declaração obrigatória. São inúmeras as novidades introduzidas pelo sistema SPED e muitas empresas ainda, estão se adequando a todos os requisitos determinados, pelo poder público e o controle referente ao estoque e de produção introduzido pelo bloco K . O foco principal do sistema SPED é modernizar e padronizar os procedimentos contábeis e fiscais, agilizando e simplificando…

continuar lendo ...

ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL DIGITAL – ECD

Todas as empresas contribuintes precisam elaborar mensalmente um arquivo de Escrituração Fiscal Digital (EFD) e enviar à Receita Federal, com o principal objetivo de simplificar a fiscalização sobre as informações contábeis necessárias à declaração obrigatória. São inúmeras as novidades introduzidas pelo sistema SPED e muitas empresas ainda, estão se adequando a todos os requisitos determinados, pelo poder público e o controle referente ao estoque e de produção introduzido pelo bloco K . O foco principal do sistema SPED é modernizar e padronizar os procedimentos contábeis e fiscais, agilizando e simplificando…

continuar lendo ...

ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL – ECF

A Escrituração Contábil Fiscal – ECF é uma obrigação imposta às pessoas jurídicas, sendo uma contribuição relativamente nova, de forma que, todas as operações que influenciem a formação da base de cálculo e o valor devido do Imposto sobre a Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ) e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL). A ECF sendo uma escrituração anualmente e até o último dia útil do mês de setembro do ano seguinte ao ano-calendário. Sendo obrigatória à todas as pessoas jurídicas, tal como as equiparadas, as quais deverão apresentar…

continuar lendo ...