Erros de gestão de pessoas: quais são as consequências?

Ter um time de sucesso que evidencie a qualidade do trabalho e consequentemente ofereça bons resultados é o grande objetivo das empresas. Portanto, erros de gestão de pessoas precisam ser evitados. Isso porque entender a realidade dos seus colaboradores e conseguir lidar com as necessidades de cada um impacta diretamente em um caminho de sucesso. 

Contudo, esses erros tendem a aumentar a taxa de rotatividade da empresa e o absenteísmo. Com essa ineficiência em gerir profissionais, a empresa acaba perdendo dinheiro com rescisões, novas contratações inesperadas e com funcionários insatisfeitos.

Mas você sabe quais são os erros de gestão de pessoas e as consequências que eles podem trazer para a organização? Listamos os principais e vamos dar dicas de como evitá-los. Confira!

Os principais erros de gestão de pessoas

A gestão de pessoas é uma série de estratégias que busca desenvolver o capital humano da empresa. O principal objetivo dessa prática é atender as necessidades de todos os profissionais.  Consequentemente manter o bem-estar da equipe para conseguir retê-los.

Neste sentido, erros de gestão de pessoas podem fazer não só com que a empresa perca bons talentos, mas afeta os resultados de forma negativa. Entre os principais erros podemos destacar:

  • ignorar o clima organizacional da empresa; 
  • não preparação dos líderes; 
  • falta de metas e objetivos claros para a equipe;
  • contratações erradas; 
  • ausência de treinamentos e capacitações.

Cada um desses erros podem trazer consequências extremamente negativas para a rotina da organização. Abaixo vamos falar sobre eles e dar dicas de como evitá-los. 

Ignorar o clima organizacional da empresa

Dados do Instituto Locomotiva e do grupo LTM (Loyalty & Trade Management) revelaram recentemente que 56% dos trabalhadores estão insatisfeitos com o trabalho. 

Muitos pelo estresse acarretado por um clima organizacional hostil, com chefes tóxicos e inúmeros conflitos internos. Esse ambiente pesado, cheio de erros de gestão de pessoas, diminui o rendimento da equipe e aumenta a insatisfação profissional que causa o turnover. 

Um ambiente de trabalho harmonioso é indispensável no mercado atual já que potencializa a produtividade do time. Para evitar erros de gestão de pessoas no clima organizacional, a empresa precisa estar atenta a opinião de seus colaboradores

Mas de que forma? Aplicando rotineiramente pesquisas de clima organizacional. Por meio dessa ferramenta estratégica, os gestores e o RH podem identificar problemas com a comunicação, relacionamento e até medir o nível de satisfação dos colaboradores. 

Assim é possível construir ações mais assertivas para que não haja desarmonia no dia a dia da empresa.

Não preparação dos líderes

Um dos grandes erros de gestão de pessoas está relacionado à lideranças mal preparadas que geram times com pouca orientação e resultados ruins. Escolher um bom líder é um desafio e impacta diretamente na produtividade da equipe. 

Uma pesquisa da Gallup revelou que, em 82% do tempo, as empresas falham na escolha do líder e apenas um em cada dez realmente tem a capacidade para liderar.

O líder precisa ser o “capitão” do barco e se ele não sabe como guiar acaba levando todos que estão ao seu redor para o buraco. É necessário portanto, não só ter habilidades técnicas no seu cargo, mas ter jogo de cintura para lidar com pessoas. 

Ele precisa ser inspirador e deve conhecer os pontos fortes e fracos dos membros do seu time para delegar as tarefas corretamente. Para evitar que lideranças mal preparadas estejam à frente do seu negócio, é importantíssimo fazer uma escolha minuciosa.  

E não só isso, é necessário avaliar constantemente faltas, atrasos, taxa de engajamento e o turnover dos funcionários para saber se o líder que você escolheu é o ideal e está conseguindo manter os colaboradores motivados. 

Falta de metas e objetivos claros para a equipe

Toda equipe precisa de um norte, de metas claras que mantenha todos alinhados e trabalhando pelos mesmos objetivos. 

Não definir metas é um dos grandes erros de gestão de pessoas. Isso porque, é impossível que o colaborador atinja seu nível máximo de produtividade, se o trabalho é confuso e ele não sabe para onde e nem como chegar no que a empresa deseja.

Para evitar que hajam problemas em relação às metas, os gestores precisam manter conversas constantes com seus colaboradores, com feedbacks e reuniões de planejamento. 

Sem contar que é fundamental a análise das KPIs que darão um norte sobre o que vem dando certo e o que não e como agir em cada situação. Podendo assim, promover correções que mantenham a empresa no caminho certo para atingir o sucesso.

Contratações erradas

Todo processo seletivo exige cuidado e atenção por parte dos gestores e da equipe de RH. Uma contratação errada pode fazer com que o índice de produtividade fique bem abaixo do esperado e mais do que isso, fará sua empresa perder dinheiro. 

Pois, a cada saída a organização terá gastos com demissões e com novas contratações. 

Com um processo seletivo ineficiente a empresa pode contratar pessoas que não são aptas para ocupar a vaga e que em um curto período sairão da organização. Diante disso, um dos erros de gestão de pessoas começa por um processo de recrutamento equivocado

Afinal, contratar certo é imprescindível para que a empresa dê certo. Para evitar erros na gestão de pessoas que começa no recrutamento crie processos de seleção mais exigentes e rigorosos. Crie testes específicos para cada vaga e meça a competência dos candidatos. 

Até porque ninguém vai querer contratar uma pessoa num dia para ter que demiti-la pouco tempo depois não é mesmo? Por isso, se precisar levar tempo na seleção por ser criterioso na escolha o faça. É melhor demorar um pouco mais do que contratar errado.  

Ausência de treinamentos e capacitações

O treinamento da equipe precisa necessariamente ser um complemento ao processo de seleção, para que não ocorram erros de gestão de pessoas. 

Mesmo que sua empresa realize contratações sólidas, se os profissionais não forem treinados constantemente a tendência é cair no marasmo. 

Além disso, o treinamento inicial é fundamental para que o profissional consiga se adaptar rapidamente às tarefas solicitadas para a empresa.  

Portanto, visualize o treinamento não só como algo benéfico para os colaboradores, mas sim como extremamente vantajoso para a empresa. Já que capacitá-los é uma demonstração de que você valoriza o trabalho deles. 

Sendo assim, crie workshops, treinamentos, organize palestras e eventos que aumentem as competências e habilidades dos colaboradores. Para que assim, toda a equipe esteja sempre numa fase de melhorias constantes e que impactam diretamente no dia a dia.

Conclusão

“Ao reconhecer e dar vazão à pluralidade na organização, o gestor de pessoas consegue fazer com que as pessoas se elevem e alcancem os objetivos da organização. Um gestor de pessoas exerce a liderança não com exclusividade, mas como desenvolvedor das competências das pessoas”Mario Sergio Cortella 

Criar estratégias para conseguir evitar os erros e gestão de pessoas é um grande diferencial na competitividade de mercado. Isso porque as empresas que conseguem engajar os colaboradores têm maior chance de obter bons resultados.

Evitando assim uma alta taxa de turnover e do absenteísmo. Já que profissionais satisfeitos tendem  a render mais, e também ficam trabalhando por muito mais tempo na mesma empresa.

Identificar os erros de gestão de pessoas e principalmente suas consequências é essencial para aplicar ações corretivas que contribuam com o aumento da produtividade e a manutenção de um bom clima organizacional.

Fonte:Xerpa

Posts Relacionados

Leave a Comment