Tire Todas As Suas Dúvidas Sobre O Contrato Da Doméstica

Doméstica usando luvas de proteção para segurar o frasco de limpador e sorrindo ao mostrar o polegar para cima

Está com dúvida se o eSocial ou contrato da sua doméstica está conforme a legislação? Tire suas dúvidas através da Consulta Gratuita iDoméstica

Você já pensou nos riscos que a falta de registro da Doméstica pode acarretar? Não registrar a empregada doméstica pode resultar em enormes prejuízos para o empregador quanto mais o tempo passar. Porém, não é só a falta de registro que pode trazer problemas ao empregador: falta de lançamentos no eSocial, cálculo errado de férias e até mesmo não cumprimento da carga horária também estão na lista. 

E o pior é que, apesar de extremamente perigoso, é muito comum encontrar empregadas domésticas que ainda não foram registradas ou empregadores que não dominam todas as regras de formalização de contrato. Pensando nisso, a iDoméstica está com a CONSULTA GRATUITA

Consulta Gratuita iDoméstica

O empregador, muitas vezes, não tem a quem recorrer para tirar dúvidas sobre o dia a dia do contrato da doméstica. Pensando nisso, a iDoméstica vem para dar um auxílio através das consultas gratuitas. Diariamente, os especialistas em contratos domésticos da iDoméstica disponibilizarão quatro horários durante o dia para uma conversa de aproximadamente 15min, suficiente para direcionar o empregador com as principais dúvidas. 

Segundo a gerente de operações da iDoméstica, Luciana Hernandes, a consulta, auxilia o empregador a lidar corretamente seguindo a legislação e sindicato da categoria com situações do dia a dia, que mal resolvidas podem gerar desentendimentos, desconfortos, uma rescisão de contrato ou até mesmo uma ação trabalhista. “A consulta de um modo geral será uma análise no contrato (documento), nos acordos verbais, nos lançamentos do eSocial, para entender e identificar possíveis erros que possam impactar em um problema futuro”, fala. 

Outra abordagem da consulta será para uma nova contratação, onde será analisado a necessidade do empregador, o cargo a ser contratado e regras impostas pela legislação e sindicato da categoria. 

A consulta ainda pode ser específica para uma situação que esteja latente, um problema específico onde o empregador não saiba como agir, como, por exemplo: rescisão por justa causa, um acidente ou doença do trabalho, estabilidade de emprego, entre outros.

A importância de regularizar a empregada doméstica

É sempre bom lembrar que, após a criação da PEC das Domésticas, em 2015, a falta de observação da lei pode levar a relação trabalhista a entrar na ilegalidade. Como consequência, a empregada doméstica perde seus direitos e o empregador corre risco de ações trabalhistas. 

Deixar de registrar a doméstica é cada vez mais perigoso, pois no mundo digital as informações estão cada vez mais disponíveis, e a ocorrência de reclamação trabalhista da empregada doméstica aumentou!

O contrato de trabalho é muito importante para detalhar o vínculo empregatício e pode registrar todas as informações importantes – como jornada de trabalho e salário – e oficializá-las no eSocial, já que o sistema integra a carteira de trabalho digital, facilitando o acesso às informações.

Resolva o contrato da doméstica numa conversa!

É comum que, mesmo com todas as informações necessárias, o empregador se sinta inseguro sobre as burocracias que envolvem a empregada doméstica. Esse é um passo muito importante na relação trabalhista e é fundamental que tudo seja feito com muito cuidado para nada passar despercebido.

Por isso, aproveite as consultas gratuitas e agende um horário com as especialistas da iDoméstica para tirar todas as suas dúvidas sobre o contrato trabalhista. 

A iDoméstica tem quase 10 anos de experiência no mercado e sabe como proceder até nas situações mais complicadas, e você não precisa passar por isso sozinho. Nós cuidamos do seu eSocial e registramos tudo para que a prestação de serviços ocorra da maneira mais tranquila possível.

Clique no botão abaixo e aproveite!

Fonte: idomestifcca.com.br

Posts Relacionados

Deixe um comentário