Entenda o que é a Ptax e como ela influencia no seu bolso

A Ptax é uma taxa que as instituições financeiras podem usar, como parâmetro (embora não sejam obrigadas a seguir essa diretriz), para que as instituições financeiras que operam câmbio usem como valor de conversão. Assim, uma compra internacional, feita com o cartão de crédito, vai passar pela Ptax aplicada pela sua operadora.

Embora o brasileiro possa ter bastante familiaridade com a moeda norte-americana, existem certas taxas e conceitos aplicados que podem fugir ao nosso conhecimento. É o caso da Ptax — pouco difundida por aqui.

Também conhecido como dólar Ptax, a sua aplicação influencia, basicamente, o preço final que os brasileiros vão arcar com as despesas realizadas em suas viagens internacionais (além de todo produto importado que seja comercializado aqui, no país).

Que tal, então, saber mais a respeito da Ptax, ao longo deste post, para saber o quanto isso pode influenciar o seu bolso — seja para investir na moeda ou apenas no planejamento da sua próxima viagem.

Boa leitura!

O que é Ptax?

Como adiantamos, a Ptax é uma taxa que serve como parametrização e média das instituições financeiras que estão autorizadas a operar câmbio no Brasil. No geral, o valor é considerado a partir do volume de negociações efetuadas no país, sendo que a taxa de câmbio é divulgada, todos os dias, pelo Banco Central.

Portanto, a Ptax não é a mesma coisa do que o dólar turismo — que usamos para viagens internacionais, por exemplo, — e tampouco equivalente ao dólar comercial, que é aquele praticado por organizações ao receberem e pagarem por importações e exportações, entre outros serviços.

Como é calculada a Ptax?

Acima, falamos que a Ptax é calculada com base no volume de transações ocorridas ao longo do dia. E, por isso, a sua taxa é modulada ao longo de quatro períodos.

Portanto, tudo aquilo que os dealers (como são conhecidas as instituições credenciadas pelo BC) negociaram, ao longo desse período, vai servir de parâmetro para o cálculo da Ptax. E se o dólar oscila, nesses intervalos, a Ptax vai seguir pelo mesmo caminho.

Quer saber quais são esses períodos para facilitar a sua consulta? Anote aí os horários:

  • entre 10h e 10h10;
  • entre 11h e 11h10;
  • entre 12h e 12h10;
  • entre 13h e 13h10.

No geral, as janelas de consulta duram dois minutos e, para o cálculo da sua média, são descartadas as duas maiores e menores operações realizadas no período.

Com isso, às 13h30, o Banco Central divulga o dado final — embora você possa acompanhar no site deles a evolução da Ptax a partir da abertura de cada janela.

Além disso, no último dia útil do mês, existe outro cálculo que é bastante monitorado por quem lida com o dólar no dia a dia: a Ptax mensal. Esse valor, inclusive, é considerado para os contratos cambiais que serão aplicados no mês seguinte.

Quais são os tipos de Ptax existentes?

A Ptax não fica muito mais complexa do que isso. Tudo porque, a grande diferenciação que ocorre, a partir daqui, é a sua aplicação.

Para tanto, existem duas taxas a serem consideradas. Abaixo, vamos explicar cada uma delas!

Ptax de compra

Nesse caso, esse valor vai ser considerado para que as instituições financeiras possam vender a moeda estadunidense para os seus clientes.

Ptax de venda

Qualquer pessoa que faça um saque, de sua conta bancária, ou banque despesas por meio do seu cartão de crédito, no exterior, vai lidar com a Ptax de venda. Afinal de contas, é de se considerar que esses pagamentos são efetuados a partir da venda indireta da moeda estrangeira, do banco ou da administradora do cartão, para o cliente.

Não à toa, a Ptax de venda costuma ter um valor mais elevado, já que as empresas acrescentam cifras relacionadas aos operacionais dessas transações.

Qual é a influência da Ptax para o mercado?

É evidente que o dólar tem grande influência nas negociações internacionais, como já destacamos no tópico anterior. No entanto, a Ptax calculada no último dia útil do mês afeta, diretamente, os contratos financeiros que vão ser negociados a partir dos dias seguintes.

Dessa maneira, cria-se uma volatilidade maior para o mercado, como um todo, que acompanha essas transformações em tempo real. Para os dealers, isso tem bastante a ver com uma estratégia de se beneficiar dessas oscilações.

Para o público geral, a Ptax afeta no valor real que você vai pagar naquela “pechincha” encontrada em uma viagem no exterior, e que você preferiu por pagar no cartão de crédito ou em dinheiro, mas realizou um saque em caixas automáticos estrangeiros.

Pois, como vimos, é a Ptax de venda que vai definir o valor para a sua compra. Quem tem esse hábito corriqueiramente, pode ser uma boa ideia manter um olhar atento a essas mudanças cambiais diárias.

Algo que pode ajudar a economizar em uma compra que você tem planejado, por exemplo. Ou mesmo para um investimento maior em dólar, sem deixar a Ptax afetar significativamente no preço final pago.

Como investir em dólar?

Vale observar que, ao lidar com o investimento em dólar, você tem muitas opções sobre o assunto.

Inclusive, temos um artigo completo sobre o assunto. Aproveite para abri-lo agora, e leia-o após finalizar este artigo sobre a Ptax.

Só que vale observar, contudo, que existem muitas maneiras de valorizar os seus investimentos com a moeda. Por isso, além de atentar-se às oscilações do mercado cambial, convém saber se a Ptax vai interferir no valor que você vai arcar, de verdade, ao comprar a moeda.

E, para ir além neste assunto que pode ser muito relevante para os seus primeiros passos no mundo dos investimentos, que tal seguir mais uma recomendação nossa? Curta a nossa página no Facebook e aproveite também para seguir-nos no Instagram e LinkedIn! Lá, você vai ficar por dentro de novidades e dicas diárias para o seu perfil de investidor, além de muitas recomendações para qualificar o setor de RH da sua empresa! Até lá!

Fonte:Xerpa

Posts Relacionados

Leave a Comment