5 Dicas de como oferecer uma consultoria tributária ao seu cliente

Todos querem pagar menos impostos, e, possivelmente os seus clientes também. Mas como? Esta é a pergunta que todos fazem. Aí entra o trabalho do Contador, com uma consultoria tributária, o que torna possível – de forma legal – ajustar o volume tributário de seus clientes.

Considerando que a Contabilidade caminha cada vez mais para o exercício de uma atividade com foco na gestão, a ideia de oferecer este serviço pode ser bastante atraente.

Mas como provar para os clientes em potencial que este trabalho é sim importante para o negócio e vale o investimento?

5 Dicas para uma boa Consultoria tributária

1- Drible a falta de conhecimento do cliente

Muitos empresários não conhecem em detalhes a diferença entre elisão e evasão fiscal – termos parecidos, mas que possuem significados totalmente diferentes.

Enquanto a elisão fiscal é a escolha de estratégias, baseadas nas permissões legais, para a empresa pagar menos impostos, a evasão fiscal é um crime, passível de severas punições, que podem levar o negócio à falência.

Então, o primeiro passo é utilizar informações como esta para demonstrar o quanto um planejamento tributário pode ser benéfico para as contas da empresa.

2-  Aprimore suas informações

Outro ponto fundamental é estudar o negócio do cliente. Se ele já estiver na sua carteira e a intenção for oferecer um novo serviço, esta tarefa será mais fácil – afinal, já existe um acesso a dados relevantes do negócio em si.

Mas, se este não for o caso, vale a pena pesquisar sobre o ramo de atividades no qual a empresa está inserida; até porque cada segmento tem suas próprias especificações tributárias.

Dar uma olhada nos balanços anteriores da empresa – se estes foram divulgados – também ajudará na elaboração de uma estratégia de melhora para o empreendimento.

3 – Fale a língua do seu cliente

Nem todo empresário tem os conhecimentos básicos do aspecto empresarial. Por isso, a interpretação de temas técnicos pode ser difícil.

Por isso, ao preparar seu discurso, adote uma linguagem mais simples, como se o assunto estivesse sendo explicado para um estudante.

Vale explanar a função de cada dado, mas, especialmente, o que todas aquelas informações em conjunto estão dizendo.

4 – Gráficos podem ajudar

Apostar em opções mais visuais para demonstrar o que está sendo dito é uma forma inteligente de tornar a compreensão mais fácil. Inclusive, existem diversos sites que oferecem a opção de, a partir dos seus dados, montar gráficos em diferentes formatos gratuitamente, para quem não estiver disposto a fazer este processo pelo Excel.

5 – Objetivo claro

Entretanto, nada disso será realmente útil se você não mantiver o foco no que realmente importa para o empreendedor: redução de custos. Qual vantagem é mais atrativa do que economizar em médio e longo prazo? Ninguém quer gastar mais dinheiro sem receber algum tipo de vantagem nisso. Tenha isso em mente antes de elaborar as estratégias.

Outro argumento bastante útil é reduzir o risco de multas e penalidades que podem gerar prejuízo ao negócio, que é, também, uma forma de economizar, ainda que preventivamente.

Clube do Contador

Quem participa do Clube do Contador tem ainda mais vantagens, como descontos nas maiores lojas virtuais do país, bem como comissão por cada revenda de Certificado Digital! Preencha o formulário abaixo e saiba mais.

Você pode gostar: Ferramentas para você se tornar um Contador consultor

Esse conteúdo foi útil?

Clique em uma estrela para avaliá-lo!

Poxa! Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Posts Relacionados

Leave a Comment