O que é e como se proteger dos ataque virtuais de phishing

À medida que os meios digitais se tornam o padrão mais usual na sociedade moderna, crescem os riscos da utilização desprotegida desses canais. Hoje, hackers e pessoas mal-intencionadas buscam de todas as formas se apoderar de dados e informações de terceiros, com o objetivo de obter, principalmente, proveito econômico. Para isso, se valem de softwares maliciosos e técnicas para enganar o usuário — a exemplo do ataque phishing — e conseguir acesso a dados sigilosos.

Conhecer um pouco mais sobre os riscos que envolvem a utilização dos meios digitais sem as devidas precauções é, sem dúvida, um dos primeiros passos para se proteger da ação de criminosos. Para ajudar você, preparamos este artigo explicando melhor o que é o ataque phishing e mostrando como é possível se proteger de investidas virtuais dessa natureza.

Então, vamos aprender um pouco mais sobre segurança digital? Continue a leitura e confira o nosso artigo!

Os ataques de phishing

Inicialmente, a primeira noção que se deve ter é sobre o conceito de phishing. Esse termo, na realidade dos meios digitais, está relacionado a uma das maneiras mais utilizadas por hackers em todo o mundo quando o objetivo é ludibriar pessoas e conseguir ter acesso a informações pessoais, como senhas, CCV de cartão de crédito e outros dados sensíveis.

O termo “phishing” é derivado da palavra inglesa fishing, que significa “pescaria”. A partir da tradução do termo, já é possível entender como essa prática funciona: nela, cibercriminosos usam “iscas” para enganar usuários, por meio de mensagens fraudulentas em que se passam por outras pessoas e empresas.

Um exemplo clássico de ataque phishing é o envio de mensagens falsas em que criminosos se passam por instituições bancárias. Nessas mensagens, é comum que o texto informe que o usuário está com pendências na instituição que precisam ser regularizadas. No fim, deixam um link fraudulento para o indivíduo acessar e registrar seus dados.

No dia a dia, o ataque phishing tem as seguintes características:

  • envio de mensagens falsas em que os criminosos se passam por pessoas e empresas confiáveis;
  • utilização de links nas mensagens, a fim de que o usuário acesse um determinado site ou baixe um arquivo;
  • solicitação de alguma ação do usuário, como a atualização de um cadastro falso.

Com a sofisticação dos ciberataques e a perspicácia dos criminosos, está cada vez mais difícil identificar as fraudes, o que faz com que muitas pessoas se tornem vítimas desse tipo de prática. Daí a importância de se precaver.

Como identificar o ataque

A prevenção é a melhor maneira de evitar danos com ciberataques. Da mesma forma que os criminosos estão mais astutos, a tecnologia também oferece ferramentas para blindar usuários desse tipo de ação, a exemplo do Certificado Digital.

Além disso, existem medidas simples que podem aumentar a sua segurança online. Confira, a seguir, algumas das principais!

Veja o endereço de e-mail do remetente

Embora pareça algo simples, sempre que receber uma mensagem solicitando alguma informação ou o acesso a um determinado endereço web via link, é fundamental que você verifique a origem desse conteúdo. Se for no e-mail, confira o remetente; se for por mensageiro instantâneo, confira o número que a encaminhou.

Preste atenção a erros ortográficos

Outra ação que pode ajudar você a identificar possíveis fraudes é a verificação da ortografia dos textos que acompanham links e solicitações suspeitas. Mensagens de origem confiável, como regra, não apresentam erros ortográficos, espaços duplos ou equívocos desse tipo, já que os remetentes têm uma grande preocupação com esse aspecto.

Por isso, caso se depare com erros grosseiros em mensagens ou com textos com linguagem estranha e excessivamente informal, desconfie, já que podem ser tentativas de phishing.

Tenha atenção aos links

Os links são a principal ferramenta para que cibercriminosos tenham acesso aos seus dados. Por isso, é necessário ter uma atenção redobrada com eles. Antes de clicar em qualquer endereço, certifique-se da origem da mensagem. Além disso, desconfie de solicitações de preenchimento de cadastros, ofertas promocionais com produtos com descontos extraordinários e de páginas sem nenhum tipo de Certificação de Segurança.

Não forneça dados pessoais

Em contatos legítimos, empresas não costumam solicitar nenhum tipo de informação pessoal dos seus clientes via e-mail ou mensagens em canais online. Se você se deparar com esse tipo de solicitação, o mais indicado é não passar nenhum tipo de dado pessoal, pois existe um grande risco de que se trate de uma fraude.

Como evitar os ataques phishing

Como dito, os criminosos estão cada vez mais ardilosos, o que dificulta a identificação das fraudes. No entanto, a segurança digital tem avançado muito nos últimos anos, oferecendo soluções bastante efetivas para que empresas e usuários comuns protejam seus dados em todo tipo de transação realizada em ambientes digitais.

Hoje, sem dúvida, uma das formas mais confiáveis e efetivas de evitar os ataques de phishing é a partir da utilização da Certificação Digital. Essa tecnologia está presente em diferentes tipos de proteção, seja para sites, softwares e para a comunicação segura entre usuários e servidores de páginas na internet. A exemplo, podemos citar os seguintes Certificados:

  • SSL: bastante utilizado na atualidade, esse modelo de Certificado Digital é uma ferramenta que garante a autenticidade de páginas na internet, além de oferecer uma troca de informações segura entre o usuário e os servidores dessas páginas, a partir do uso de criptografia;
  • Code Signing: esse modelo de Certificado é utilizado para garantir a integridade de softwares e programas disponibilizados para download via internet. Uma vez utilizado, o usuário tem a certeza da autenticidade da fonte do arquivo e de que o código-fonte do software não foi alterado, o que poderia acarretar que vírus e outras pragas virtuais fossem instalados no seu dispositivo.

Atualmente, as aplicações da Certificação Digital no contexto da segurança da informação são bastante amplas. A Soluti, empresa líder no segmento e especializada nesse tipo de tecnologia, por exemplo, oferece a diferentes perfis de usuários uma gama completa de soluções para proteger a integridade de páginas na internet, dados de clientes e a transmissão online de documentos e outras informações de caráter sensível.

Com o apoio dessa tecnologia e os diferenciais da Soluti, os riscos de ataque phishing são atenuados de forma considerável, já que o Certificado Digital é, hoje, uma das ferramentas mais eficientes na proteção contra esse tipo de incidente, que tanto pode causar prejuízos a empresas e pessoas físicas. Portanto, investir nesse tipo de solução é, sem dúvida, uma das ações mais estratégicas no combate ao cibercrime, sobretudo em um cenário em que os dados são tidos como ativos cada vez mais valiosos.

Fonte: Soluti

Posts Relacionados

Leave a Comment