Quanto custa legalizar a sua empresa?

Foto de Mikhail Nilov no Pexels

Quer abrir e legalizar a sua empresa, mas ainda não sabe quanto custa esse processo? Para iniciar com o pé direito e legalizar a sua empresa, o ideal é que você entenda como funciona esse passo a passo. 

Como você deve saber, legalizar uma empresa no Brasil pode ser um processo confuso e com inúmeros obstáculos. Ao abrir uma empresa muitos empreendedores não sabem como legalizá-la, não só por questões burocráticas mas também pela ideia de alto custo e falta de informações para essa legalização.

Entretanto, uma assessoria contábil eficiente pode agilizar e facilitar esse processo. Sendo assim, confira neste artigo como legalizar uma empresa e quanto custa todo esse trâmite. 

O que significa legalização de uma empresa?

A legalização de uma empresa corresponde a uma série de etapas em processos que precisam ser cumpridos para sua regularização.

No entanto, os trâmites para essa legalização podem mudar conforme o local e a atividade que se quer abrir uma empresa. Além dos registros normais, o empreendedor deve estar atento às exigências, como permissões de órgãos e alvarás, entre outras.

Quais são as etapas?

Trabalhar na ilegalidade é um risco que você não deve correr. No entanto, também sabemos que o processo de legalização é burocrático, não é mesmo? Por esse motivo entenda abaixo, de maneira simples, o que é necessário realizar para abrir sua empresa e legalizá-la. Confira alguns passos:

  • escolha o segmento do seu negócio e o nome da empresa;
  • contrate uma assessoria contábil;
  • escolha o modelo de empresa que você deseja abrir (MEI, ME, EPP, entre outras);
  • defina o regime jurídico da empresa: EI, SLU ou LTDA;
  • quais as atividades (CNAEs) do negócio;
  • defina o regime tributário;
  • elabore um contrato social;
  • em algumas situações, providencie alvará de funcionamento e localização;
  • cadastro de Inscrição Estadual.

Por que legalizar a sua empresa?

Com a legalização da sua empresa, é possível aproveitar inúmeros benefícios, entre eles:

  • captação de recursos;
  • venda e prestação de serviços para órgãos públicos por meio de licitações;
  • e muito mais.

Para usufruir de todos esses benefícios, você pode contratar profissionais capacitados para providenciar essa legalização conforme a legislação vigente.

Quanto custa legalizar a sua empresa?

Como vimos neste artigo, apesar de muitas obrigações serem válidas em todo o território nacional, a documentação para legalizar a sua empresa muda conforme o porte do seu negócio, natureza jurídica, legislação municipal e estadual, não é mesmo?

Sendo assim, o mesmo acontece com os custos para essa legalização, que diferem bastante de um local para outro.

Apesar dessa divergência de preços, que muda de estado para estado, vamos relacionar abaixo os principais gastos para que você possa consultar sua contabilidade e descobrir os valores praticados na sua região:

  • DARE (Documento de Arrecadação de Receitas Estaduais);
  • DARF (Documento de Arrecadação de Receitas Federais);
  • Junta Comercial do Estado;
  • Alvarás, registros, inscrições, licenças;
  • Cópia autenticada de documentos;
  • Capital Social;
  • Certificado Digital;
  • Taxas Relativas ao modelo de negócio;
  • entre outros.

Quanto tempo leva para abrir uma empresa?

Antigamente uma contabilidade demorava em média seis meses para realizar todos os processos para abertura de uma empresa, considerando idas ao cartório, Junta Comercial, Receita Federal e outros órgãos, conforme a necessidade de cada negócio.

Atualmente o processo é simples e ágil, e pode ser iniciado de maneira online por meio de sistemas responsáveis pela integração de dados de consulta do pedido de abertura, além de registro, inscrições, alterações e licenciamento do seu negócio.

Por meio da contabilidade digital é possível realizar a troca de informações com órgãos e entidades federais, estaduais e municipais responsáveis por esse processo.

Microempreendedor Individual (MEI)

Uma das exceções para abertura de empresa é o MEI. Essa opção funciona de maneira simplificada, desde a sua abertura, sendo teoricamente sem custos, até o enquadramento no Regime tributário do Simples Nacional. Dessa forma, ele trabalha geralmente com valores fixos.

Com o aumento do salário mínimo, reajustado em 1º de janeiro de 2022 de R $1.100 para R$1.212, as contribuições mensais de Microempreendedores Individuais (MEI) também sofrerão reajuste. O valor do Documento de Arrecadação Simplificada do MEI (DAS MEI) vai subir para R $60,60, um aumento de 10,18% em relação aos R$55,00 vigentes. 

Como vimos neste artigo não dá para afirmar quanto é necessário para abrir um CNPJ, entretanto, no Brasil esse valor gira em torno de R$1,5 mil, lembrando que os valores mudam de cidade para cidade. 

Por essa razão, para saber quanto custa abrir uma empresa é necessário entender que, mesmo que haja uma média, os valores são alterados conforme a modalidade, região, regime tributário, e até o ramo de atividade. O ideal é realizar um levantamento pontual e exclusivo conforme as suas necessidades.

Para legalizar a sua empresa com agilidade e segurança você pode optar por uma assessoria contábil com valores acessíveis e justos, que fazem uso da tecnologia em processos contábeis e com uma equipe exclusiva que atenda à sua demanda com segurança e eficiência.

Entre em contato com nossa equipe e saiba como legalizar a sua empresa o quanto antes!

Fonte: Consultoria RR

Posts Relacionados

Deixe um comentário