Vantagens em exercer a Contabilidade na terceira idade

Enquanto profissão, a Contabilidade oferece uma série de vantagens a quem opta por atuar nela. Uma delas é a possibilidade de continuar trabalhando mesmo na terceira idade; inclusive com a vantagem de utilizar o conhecimento adquirido ao longo dos anos, para diminuir o ritmo e aumentar a sua rentabilidade.  Ainda que seja um trabalho desgastante intelectualmente, atuar no setor contábil não exige esforço físico, tampouco implica em riscos diretos à saúde, como ocorre em outras profissões. Até por isso a categoria não figura no rol das que se enquadram na aposentadoria especial.

Contabilidade na terceira Idade

Uma realidade já existente

Assim, se desejar, o Contador pode continuar trabalhando mesmo após os 60 anos. O que é bastante comum, inclusive. Basta ver a média de idade dos representantes da classe contábil que atuam em sindicatos, conselhos e federações. Isso porque o conhecimento adquirido por estes profissionais, ao longo de sua carreira, os referenda a atuar em prol da Contabilidade e dos seus integrantes.

Essa longevidade profissional é ainda mais comum entre aqueles que optaram por abrir seu próprio escritório contábil, independente do porte da empresa. Isso porque, em dado momento, seus sucessores poderão assumir a parte mais desgastante do trabalho. Assim, o profissional sênior terá a função de conselheiro dentro da organização.

Migrando sua atuação

É comum que pessoas que atuaram a maior parte da vida em um determinado segmento contábil, após alguns anos de carreira, migrem para a função de consultor. Deste modo, elas podem usar o conhecimento adquirido para auxiliar seus clientes nas tomadas de decisão. Mas há também aqueles que preferem adquirir novas experiências e, em razão disso, mudam de área, ainda que dentro da Contabilidade.

Estes profissionais seniores costumam se voltar às áreas de Perícia e Compliance, por exemplo. Isso porque ambas as atividades exigem tanto conhecimento teórico quanto prático, a fim de que o trabalho seja desempenhado da maneira adequada. Porém, independente da área escolhida, o profissional precisa se manter atualizado para continuar exercendo suas atividades plenamente.

Educação Profissional Constante

Este talvez seja o principal desafio para quem opta por continuar trabalhando na terceira idade: a necessidade de se atualizar, inclusive, no tocante à tecnologia. Pare para pensar no seguinte: muita coisa mudou no período de 1850 a 1950, mas a atuação da Contabilidade em si não sofreu tantas alterações.  Mas se consideramos os últimos 50 anos, de 1969 a 2019, a forma de trabalhar se alterou completamente– inclusive na Contabilidade. Há 50 anos era impossível prever a chegada do Sistema Público de Escrituração Digital – Sped, por exemplo.

Com isso, a relação com os fiscos tornou-se completamente nova, assim como a precisão e rapidez da fiscalização sobre as empresas.  A necessidade de atualização destes profissionais não permeia apenas assuntos diretamente ligados à Contabilidade. Esta passa também pela tecnologia e novos modelos de trabalho.

Opcional

Vale lembrar que essa continuidade no trabalho, mesmo após a época prevista para a aposentadoria é opcional. Há quem deseja simplesmente parar suas atividades profissionais e descansar, viajar ou aproveitar a vida com a família. Por outro lado, quem desejar continuar trabalhando por amar o que faz, ou por não querer ficar em casa, poderá fazê-lo também.

Isto variará de profissional para profissional. E é justamente esta a vantagem de ser Contador: poder escolher como conduzir sua vida na terceira idade.

E falando em escolher, uma boa opção é participar do Clube do Contador Certisign.  Essa escolhe reforçar a sua renda através da venda de Certificados Digitais. Além de oferecer inúmeras vantagens. Faça parte agora.

Você pode gostar de: Profissionais liberais pedem fim da anuidade dos conselhos de classe

Fonte: Certisign

Posts Relacionados

Leave a Comment