Como o armazenamento em nuvem tem mudado o mundo

 

Muito além de guardar fotos, músicas e vídeos  o  armazenamento em nuvem também tem outras utilidades. Confira.

Até poucos tempo atrás, guardar qualquer tipo de arquivo “na nuvem” era visto como algo excêntrico e pouco usado, principalmente quanto a segurança. Afinal de contas, ninguém sabia como esse “tal” de armazenamento em nuvem guardava nossos documentos e, principalmente, onde eles, de fato, estavam, já que os servidores das empresas que prestam esse tipo de serviço ficavam espalhados mundo afora. Logo, o mais comum era que tanto pessoas, quanto empresas, preferissem guardar seus dados em dispositivos físicos locais, como um servidor, um HD externo ou até mesmo um prosaico pen drive.

Armazenamento em nuvem

Mas, poucos anos depois, não demorou muito para quase todas as empresas e pessoas notarem como o armazenamento em nuvem possuía muito mais vantagens do que desvantagens. No caso das empresas, elas eliminam uma série de custos, como redução com gastos de servidores e HDs ; conseguem acessar suas informações de qualquer lugar, a partir de notebooks, smartphones e tablets e, ainda fazem isso com mais rapidez e facilidade.

No caso das “pessoas físicas”, as vantagens são praticamente as mesmas. Com um bônus de que os serviços de armazenamento em nuvem mais usados são gratuitos (Google Drive, OneDrive, Dropbox, etc) e, mesmo quando é necessário pagar por algum espaço extra, o custo é bastante acessível, com tarifas anuais bastante módicas.

Para além do armazenamento de dados

O armazenamento em nuvem não serve apenas para guardar dados. Hoje, boa parte das empresas que utilizam o cloud computing, o fazem para uma série de outras funcionalidades. Serviços amplamente usados pelo mundo inteiro, como Netflix, Spotify, Steam, entre tantos outros, usam nuvem como sua “casa”, já que todos eles estão armazenados ali.

A computação em nuvem é o veículo vital para a inovação digital. Sistemas (SaaS – Software as a Service), Plataformas (PaaS – Platform as a Service) e infraestruturas de TI (IaaS – Infrastructure as a Service) em nuvem estão apoiando a transformação digital e impulsionando uma série de inovações que prometem mudar radicalmente a forma como fazemos negócios, trabalhamos, estudamos e realizamos muitas outras atividades.

Sites, canais digitais, carros autônomos, sistemas de blockchain, sistemas avançados de análise e muitas outras tecnologias já dependem da hospedagem em nuvem para terem seus processos otimizados. Sem a flexibilidade, confiabilidade, segurança, capacidade de escalabilidade e mobilidade oferecida na Cloud Computing, dificilmente esses recursos seriam tão úteis como são hoje.

Estratégia digital bem-sucedida

Tudo isso faz da nuvem o componente essencial para uma estratégia digital bem-sucedida. A Cloud Computing é o começo de tudo quando uma empresa pretende promover a tão falada transformação digital em sua cultura.

Certificado Digital na nuvem

O novo Certificado Digital na nuvem da Certisign (inserir texto 3 vantagens do armazenamento em nuvem), mostra como a nuvem mudou o mundo para as empresas e pessoas.  Ele tem todas as qualidades da versão física, mas com uma diferença: fica armazenado em um servidor. Uma de suas característica é a mobilidade, já que ele pode ser utilizado em qualquer dispositivo que esteja conectado à internet. Com isso, você pode, por exemplo, assinar documentos com validade jurídica a partir do seu smartphone, tablet ou notebook, é claro.  Basta ter acesso à internet.

Outra grande vantagem do certificado na nuvem é a dispensa de dispositivos físicos como o token ou cartões criptográficos que, eventualmente, podem apresentar problemas de compatibilidade com navegadores, sistemas operacionais ou drives de instalação.

Clique aqui para saber em detalhes todas as vantagens do remoteID e como comprar o produto.

Você também pode gostar: Armazenamento de dados na nuvem: 5 cuidados necessários

Fonte: Certisign

Posts Relacionados

Leave a Comment