FGTS poderá ser utilizado para comprar ações em capitalização

imagem de linhas de transmissão de energia elétrica

Com a privatização da Eletrobras (ELET3,) os trabalhadores poderão optar por comprar as ações da estatal durante o seu processo de capitalização com dinheiro do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, o FGTS. Trabalhadores com carteira assinada que tenham dinheiro em conta no FGTS e queiram investir nas ações poderão acessar o aplicativo FGTS ou ir a uma agência da Caixa. Segundo o regramento, poderá seu utilizado de R$ 200 a até 50% do valor total do FGTS para compra de ações da Eletrobras. O governo ‘facilitaria’ a operação…

continuar lendo ...

Saúde mental no ambiente corporativo: quais ações serão capazes de atrair e reter talentos pós-pandemia

imagem de duas mulheres sentadas conversando

Desde o início da pandemia de COVID-19, muitos temas passaram a ter mais relevância na pauta dos profissionais de RH e gestão de pessoas. Um desses temas é o cuidado com saúde mental e bem-estar emocional no ambiente corporativo. O impacto do isolamento social, da perda de vidas e da insegurança gerada pela pandemia afetaram significativamente a qualidade de vida de uma grande parcela da população. Segundo a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, só em 2020, aproximadamente 300 mil pessoas foram afastadas do trabalho no Brasil por motivos de…

continuar lendo ...

Você sabia que é possível realizar a penhora de bens do cônjuge do executado?

imagem de juiz batendo martelo de em uma sentença

O artigo 1.658, do Código Civil, prevê que o regime de comunhão parcial permite a comunicação dos bens adquiridos na constância da união, de modo que é possível a realização de busca de patrimônio em nome do cônjuge que não faça parte dos atos expropriatórios, desde que, respeitada a meação, e todas as exceções previstas nos art. 1.659 e 1.661 do Código Civil. Ademais, o artigo 1.667, do Código Civil, possui a previsão de que no regime de comunhão universal, todo o patrimônio do casal terá comunicação, isso quer dizer…

continuar lendo ...

Atuo no ramo empresarial, posso ter uma sociedade unipessoal?

homem sentado sorrindo segurando um notebook

O momento de abertura de um novo negócio pode causar inúmeras dúvidas até mesmo para quem já atua no ramo empresarial. Uma delas é se um profissional que já atua nesse ramo pode ter uma sociedade unipessoal. Sendo assim, confira neste artigo se isso é possível. Acompanhe! Antigamente, empresários individuais não tinham muitos modelos de negócio à disposição  para escolha no Brasil. Esse cenário começou a mudar a partir do ano de 2019, passando a contar com uma realidade bem diferente. Entre as opções de modelo de negócio que encontramos…

continuar lendo ...

STJ: ICMS-Antecipação gera créditos de PIS e Cofins

Imagem de João Geraldo Borges Júnior por Pixabay

STJ decidiu recentemente que o ICMS-Antecipação gera créditos de PIS e Cofins, apurados pelo sistema não cumulativo. Segundo a decisão o valor referente ao ICMS-Substituição Tributária, assim como o valor do ICMS-Adiantamento integram o custo de aquisição dos produtos e mercadorias, para fins de base de cálculo dos créditos do PIS e da COFINS, no âmbito do regime não – cumulativo. Certo é que a Primeira Turma do STJ entende que o contribuinte tem direito de apurar créditos da Contribuição ao PIS e da COFINS, no regime não cumulativo, incidentes…

continuar lendo ...

Tecnologia para humanizar: o que esperar do novo RH

imagem de equipe sentada a mesa em frente a notebooks

*Por Robson Campos, diretor de produtos RH da TOTVS Ser mais humano em meio a um mundo cada vez mais digital – esse é o grande desafio das organizações no Brasil e em todo o mundo. O equilíbrio entre home office e escritório, em um modelo híbrido de trabalho, deve ser a tendência para os próximos anos. Um levantamento recente da Talenses Group e da Fundação Dom Cabral revelou que 73% dos entrevistados apontam o modelo híbrido como o mais adequado para a nova realidade do mercado de trabalho. E…

continuar lendo ...

É isento o ganho de capital na alienação de criptomoedas até R$35.000,00

Moedas Redondas De Prata E Ouro

A alienação de criptomoedas para a aquisição de outras moedas é classificada como alienação de bens ou direito, e, portanto, submetida à incidência do Imposto sobre a  Renda a título de Ganho de Capital. O ganho de capital obtido na venda de criptomoedas, mesmo quando utilizado na aquisição de outra moeda que não seja o real ou outra moeda fiduciária, é tributado pelo imposto sobre a renda da pessoa física, sujeito a alíquotas progressivas, nos termos do art. 21 da Lei nº 8.981, de 20 de janeiro de 1995, devendo…

continuar lendo ...

Benefícios corporativos: panorama atual e o que está por vir

Foto de Thirdman no Pexels

Algumas décadas atrás, seria difícil convencer um gestor da importância estratégica do departamento de recursos humanos. Em tempos nos quais a experiência do colaborador tinha pouca ou nenhuma importância, o RH limitava-se à execução de tarefas burocráticas e até repetitivas. Como você bem sabe, isso mudou radicalmente. O papel estratégico do RH contemporâneo engloba muitos elementos e varia de empresa para empresa. Em todos os casos, uma peça não muda: a carteira de benefícios corporativos. Os benefícios oferecidos aos colaboradores impactam diretamente na sua experiência e produtividade, além de atuarem…

continuar lendo ...

Qual o melhor regime tributário para os infoprodutores?

imagem de mulher se maquiando ante de iniciar live

Se você atua no mercado digital como infoprodutor, provavelmente já se deparou com diversas dúvidas relacionadas à contabilidade e qual o melhor regime tributário para o seu modelo de negócio ao lidar com obrigações tributárias, entre outras burocracias que envolvem esse cenário. Sendo assim, é necessário compreender a importância de uma contabilidade especializada para os infoprodutores. Uma boa contabilidade ajuda a sua empresa a seguir em conformidade com as leis, visando obter mais segurança e com um crescimento saudável. Confira neste artigo como a contabilidade para infoprodutores pode ajudar na…

continuar lendo ...

Mudanças de valor no INSS pró-labore 2022

imagme das mãos de uma pessoa digitando no notebook

O salário mínimo teve um aumento em 2022, passando de R$1.100,00 para R$1.212,00, o que implicou diretamente no valor do INSS pró-labore, que teve seu reajuste, assim a quantia devida mensalmente para fins previdenciários segue o mesmo percentual, mas acaba tendo seu valor final um pouco maior. Sempre que houver reajuste no salário mínimo, isso implicará no pró-labore!  A relação entre o salário mínimo e o pró-labore é da compreensão de como funciona essa remuneração, é como se fosse um salário fixo a ser pago todo mês aos colaboradores que…

continuar lendo ...