Remarketing: qual a importância de utilizar essa estratégia?

Imagem de equipe de marketing com diversos relatórios na mesa

O marketing digital é repleto de ferramentas que podem trazer melhores resultados para os mais diferentes tipos de segmentos. Mas, uma das que merece um destaque especial é o remarketing.

Muitas empresas já entenderam que, em tempos de internet, de tecnologia e do aumento do número de concorrentes, é fundamental encontrar meios de ação que sejam capazes de melhorar a performance da companhia.

De fato, é cada vez mais comum encontrar outras empresas que desejam atuar no mesmo setor, por isso, trazem inovações que conquistam os clientes. Isso exige que todas as demais concorrentes também invistam em formas de se diferenciar no mercado. 

Mas, além de um bom produto, como pode ser o caso de uma empresa que vende kit masculino personalizado, é também necessário desenvolver estratégias que sejam efetivas e que possam trazer resultados práticos. 

O marketing digital surge nesse cenário como um recurso indispensável, sem o qual muitas empresas estariam com sérios problemas para se manter acessível e presente na vida dos seus potenciais clientes. 

Uma das maneiras mais efetivas de conseguir ser visto pelos seus clientes, marcando presença de forma constante na vida deles, é apostando em estratégias como a do remarketing.

Apesar de haver muitas dúvidas a respeito dessa ferramenta, não é preciso dizer que boa parte das companhias hoje utilizam o remarketing como um dos recursos que possibilita aumentar a visibilidade da marca de forma especial. 

Por isso, entender o que é o remarketing, como ele funciona e qual a importância dele é indispensável para qualquer empresa hoje em dia. 

Portanto, para conhecer melhor esse assunto, basta seguir na leitura deste artigo até o fim. 

O que é remarketing?

Os usuários que utilizam a internet com frequência já foram, inúmeras vezes, surpreendidos por alguma ação de remarketing, seja ao pesquisar sobre limpeza de carpete residencial ou durante a busca por um curso de inglês online. 

Isso acontece pois boa parte das empresas hoje já utilizam o recurso do remarketing como uma estratégia para garantir que o seu público-alvo tenha um contato maior com a sua marca. 

Mas, afinal, do que se trata o remarketing? De forma direta, remarketing significa fazer marketing novamente para o mesmo usuário. 

Na prática, isso quer dizer que uma pessoa que foi impactada por um anúncio, por exemplo, o verá novamente em algum momento. 

A principal meta do remarketing é fazer com que o impacto de ver novamente um mesmo material possa trazer algum retorno, uma vez que ele despertou interesse de alguma forma no usuário. 

O remarketing pode ser feito em diferentes plataformas, podendo ser uma ferramenta de amplo alcance e de alto poder de retorno. 

Por isso, costuma ser usado em:

  • Redes sociais;
  • Sites;
  • Blogs;
  • E-mails.

É muito comum que empresas que atuam nas redes sociais de modo ativo façam remarketing, justamente para que um seguidor ou usuário interessado veja, mais de uma vez, um post ou anúncio de manutenção de celular Samsung.

Mas, essa estratégia pode ser também aplicada em sites e blogs, de modo que o potencial cliente da companhia tenha contato com ela mais de uma vez. 

No e-mail, o remarketing também é comum, um exemplo disso é o de quando um visitante de um site de vendas adiciona produtos no carrinho e sai da página sem fazer a finalização do seu pedido. 

Algum período depois, ele recebe na caixa de entrada de e-mail uma mensagem lembrando-o de que o carrinho de compras dele permanece aberto, e que ele pode retornar ao site para enfim concluir a sua compra. 

Dessa forma, é possível perceber que utilizar o remarketing, seja para vender produtos ou para divulgar serviços como o de instalação de ar condicionado cassete é fundamental para o sucesso de uma marca.

Como funciona o remarketing?

Quem deseja aplicar o remarketing em suas ações comerciais precisa, de modo urgente, entender como ele funciona. 

O primeiro passo para começar a usá-lo é criando um planejamento, que facilite o mapeamento dos leads que serão encontrados. 

Os leads são os potenciais clientes de um negócio. Por isso, uma campanha de remarketing será exibida para eles. O planejamento ajuda no mapeamento deles, que podem estar em diferentes etapas do processo de compra. 

A estrutura do remarketing, nesse sentido, é bastante semelhante ao do e-mail marketing, uma vez que possui um sistema de criação de listas, as quais são importantes para dividir os leads de acordo com o tipo de ação que ele tomou na página.

Para exemplificar, basta imaginar potenciais clientes que desejam ter um varal de teto individual. Há quem tenha apenas pesquisado pelo item, assim como quem visualizou o valor da peça em um site.

Mas, também existe quem adicionou o produto na cesta de compra e abandonou o carrinho durante o processo por qualquer motivo que seja. E, outra possibilidade, é a de quem concluiu o pedido com sucesso.

Assim, ao dividir o público em diferentes listas, é possível realizar ações de remarketing mais especializadas, desenvolvendo materiais de acordo com a etapa do funil de vendas de cada grupo de pessoas.

O uso de uma ferramenta de automação de e-mails pode ser importante nesse sentido, pois ela tem como função auxiliar na escala do processo, juntando e organizando informações diversas.

Ou seja, para fazer uma ação de remarketing com o objetivo de promover uma palestra de segurança do trabalho, o uso das listas pode ser o caminho mais efetivo para trazer alunos, de modo a conquistar uma maior platéia levando em conta o processo de compra. 

A importância de utilizar o remarketing

Há vários motivos que comprovam o quanto o uso do remarketing é importante para qualquer empresa do mercado. De fato, ele pode ser uma estratégia eficiente em diferentes cenários e, por isso, é necessário saber utilizá-lo.

1. Estar visível no momento certo

Uma das principais razões pelas quais é necessário fazer remarketing é justamente o fato de que uma empresa estará visível para a pessoa certa, no momento certo. 

Isso se deve ao fato de que as listas coletadas são utilizadas conforme a necessidade, e o material confeccionado para ser exibido aos leads costuma ser assertivo por ter sido feito para aquele momento específico da compra.

Portanto, é indispensável para empresas que trabalham com fachada com janela de vidro, da mesma forma que é necessário para lojas que vendem peças de roupas femininas. 

2. Alcançar um público maior

Outra funcionalidade do remarketing é fazer com que uma marca seja vista por um maior número de pessoas. Isso acontece de acordo com as estratégias que estão inseridas no marketing digital e que agem de forma direta no remarketing. 

Por isso, o raio de alcance da campanha de uma empresa se torna mais abrangente, o que é importante para que ela possa ser vista por cada vez mais pessoas em diferentes momentos. 

3. Aumentar a conversão

Levando em consideração que o remarketing é uma ação direcionada para o estágio do funil de vendas de cada lista de leads, não é difícil imaginar que uma das ações mais práticas que ele é capaz de oferecer é o aumento da conversão de clientes.

Ou seja, o cliente que adicionou uma bateria de gel estacionária no carrinho de compras de um site, mas teve um imprevisto e não conseguiu concluir a compra, pode acabar se esquecendo de retornar à página. Mas, o remarketing estará lá para lembrá-la. 

Por isso, ao receber o e-mail indicando que a compra não foi concluída, o cliente pode rapidamente retomar o seu pedido, realizando o pagamento e finalizando a compra com sucesso. 

Dessa forma, é possível dizer que o remarketing ajuda em diferentes necessidades de uma empresa, tanto na visibilidade da marca no mercado, quanto no alcance que ela precisa para se manter presente na vida do público e, mais ainda, para aumentar a conversão dele.

Sendo assim, planejar as ações de marketing e apostar no remarketing como um dos caminhos mais efetivos para otimizar a performance de uma companhia é, de fato, indispensável e urgente para qualquer negócio do mercado. 

Considerações finais

O remarketing é um recurso que trouxe uma série de novas possibilidades para ampliar os resultados do uso do marketing digital. 

Diante disso, se torna uma ferramenta que precisa ser utilizada, independentemente do setor em que se atua no mercado. 

Há várias possibilidades para utilizar o remarketing e obter retornos positivos. Entre elas, atingir o público na hora certa, o que é uma das ações mais efetivas para conquistar novos clientes ou mesmo fidelizar os atuais. 

Por isso, apostar nessa estratégia dentro de um conjunto de ações do marketing digital para conquistar a performance desejada é um modo perfeito de atrair e conquistar novos resultados.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 

 

http://Execução foto criado por ijeab – br.freepik.com

Posts Relacionados

Deixe um comentário